Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5317
Título: Concordância entre o aspirado traqueal e o lavado broncoalveolar no diagnóstico das pneumonias associadas à ventilação mecânica
Título em inglês: Concordance between the tracheal aspirate and bronchoalveolar lavage in the diagnosis of ventilator-associated pneumonia
Autor(es): Carvalho, Maria Verônica Costa Freire de
Winkeler, Geórgia Freire Paiva
Costa, Fabrício André Martins
Bandeira, Tereza de Jesus Gomes
Holanda, Marcelo Alcantara
Pereira, Eanes Delgado Barros
Palavras-chave: Lavagem Broncoalveolar
Respiração Artificial
Estudos Prospectivos
Data do documento: Fev-2004
Editor: Jornal Brasileiro de Pneumologia
Citação: CARVALHO, M. V. C. . ; WINKELER, G. F. P. ; COSTA, F. A. M. ; BANDEIRA, T. J. G. ; PEREIRA, E. D. B. ; HOLANDA, M. A. (2004)
Resumo: INTRODUÇÃO: Os exames de cultura e o exame bacterioscópico pelo método de coloração de Gram (GRAM) do aspirado traqueal ainda são objeto de controvérsias com relação ao diagnóstico etiológico na pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV). OBJETIVO: Avaliar a concordância entre os resultados do GRAM e da cultura quantitativa do aspirado traqueal e do lavado broncoalveolar nos pacientes com PAV. MÉTODO: Foram estudados de modo prospectivo os pacientes internados no período de outubro de 2001 a agosto de 2002, que estavam há mais de 48hs sob ventilação mecânica, e que apresentavam suspeita clínica de PAV. No momento da suspeita clínica foi realizado o aspirado traqueal seguido do lavado broncoalveolar. O diagnóstico de PAV foi confirmado com a suspeita clínica associada à cultura quantitativa do lavado broncoalveolar 104ufc/ml. RESULTADOS: Dos 119 pacientes sob ventilação mecânica, 32 (26,8%) tiveram suspeita clínica de PAV, com confirmação diagnóstica em 25 (78%) deles. A comparação entre o GRAM do aspirado traqueal e a cultura do lavado broncoalveolar mostrou uma moderada concordância (coeficiente de Kappa de 0,56). Houve concordância entre a cultura quantitativa do aspirado traqueal e do lavado broncoalveolar em 22/25 (88%) e discordância em 3/25 (12%) casos (coeficiente de Kappa de 0,71). A sensibilidade e a especificidade do aspirado traqueal para o diagnóstico de PAV com o ponto de corte 10 6 ufc/ml foram de 71% e 72%, respectivamente. CONCLUSÃO: A combinação do GRAM com a cultura quantitativa do aspirado traqueal pode contribuir para a avaliação diagnóstica da PAV.
Descrição: CARVALHO, Maria Verônica Costa Freire de; WINKELER, Geórgia Freire Paiva; COSTA, Fabrício André Martins; BANDEIRA, Tereza de Jesus Gomes; PEREIRA, Eanes Delgado Barros; HOLANDA, Marcelo Alcantara. Concordância entre o aspirado traqueal e o lavado broncoalveolar no diagnóstico das pneumonias associadas à ventilação mecânica. Jornal Brasileiro de Pneumologia, Brasília, v. 30, n. 1, p. 26-38, fev. 2004.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5317
ISSN: 1806-3713
Aparece nas coleções:DMC - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_art_tjpgbandeira1.pdf278,21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.