Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53238
Title in Portuguese: Perdão conjugal: uma explicação a partir dos valores humanos
Other Titles: Perdón civil: una explicación a partir de los valores humanos
Title: Marital forgiveness: an explanation based on human values
Author: Fonsêca, Patrícia Nunes da
Lopes, Bruna de Jesus
Gusmão, Estefânia Élida da Silva
Pessoa, Viviany Silva Araújo
Couto, Ricardo Neves
Keywords: Perdão
Valores humanos
Conjugalidade
Issue Date: 2017
Publisher: Temas em Psicologia
Citation: FONSÊCA, Patrícia Nunes da; LOPES, Bruna de Jesus; GUSMÃO, Estefánia Élida da Silva; PESSOA, Viviany Silva Araújo; COUTO, Ricardo Neves. Perdão Conjugal: uma explicação a partir dos valores humanos. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto (SP), v. 25, n. 4, p. 1913-1926, dez. 2017.
Abstract in Portuguese: Teve-se como objetivo conhecer a relação entre o perdão conjugal e os valores humanos, bem como verifi car o poder deste último em predizer a remissão marital. Para isso, contou-se com 313 pessoas, casadas ou em união estável, do estado da Paraíba (70%) e do Piauí (30%). As idades variaram de 18 a 70 anos (M = 35,00; DP = 11,41), sendo a maioria do sexo feminino (67,7%). Estes responderam os instrumentos: Escala de Perdão Conjugal, Questionário de Valores Básicos e um Questionário Sociodemográfi co. Foram executadas duas Análises de Regressão Linear Múltipla (método Stepwise). Na primeira, tendo como variáveis previsoras as subfunções valorativas, constatou-se que a subfunção interativa explica o perdão conjugal. Contribuindo de forma direta na explicação da concessão do perdão entre casais. Na segunda, fi xaram-se como variáveis explicativas os tipos de orientação. Esta revelou que os valores sociais explicam a remissão matrimonial, contribuindo de forma direta. Diante destes resultados, conclui-se que os indivíduos que priorizam valores sociais encontram-se mais predispostos a conceder o perdão dentro do casamento.
Abstract: This study aimed to understand the relationship between marital forgiveness and human values and to discover the latter’s power to predict whether a marriage will recover. The study included 313 participants who were married or in a long-term relationship, 70% from the state of Paraíba and 30% from the state of Piauí. The participants’ ages ranged from 18 to 70 years (M = 35.0; SD = 11.41), the majority being female (67.7%). The participants answered three questionnaires: the Marital Offence-Specifi c Forgiveness Scale, the Basic Values Questionnaire, and a sociodemographic questionnaire. Two stepwise multiple linear regression analyses were conducted. The fi rst, which took the value subfunctions as the predictive variables, found that the interactive subfunction explains marital forgiveness, directly contributing to the explanation of whether forgiveness is granted between couples. The second analysis took the type of orientation as explanatory variables. It found that social values directly contribute to explaining whether the marriage recovers. In light of these results, one may conclude that individuals who prioritize social values are more disposed to grant forgiveness within a marriage.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53238
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1913-389X
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_pnfonsecabjlopes.pdf544,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.