Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53474
Title in Portuguese: Utilização da hemoglobina como novo marcador biológico do linfonodo sentinela em ratas wistar
Title: Use of hemoglobin as a new biomarker for sentinel lymph node in wistar rats
Author: Alves, Mayara Maia
Advisor(s): Rocha, Bruno Anderson Matias da
Keywords: Câncer de mama
Linfonodo sentinela
Marcador biológico
Issue Date: 2018
Citation: ALVES, Mayara Maia. Utilização da hemoglobina como novo marcador biológico do linfonodo sentinela em ratas wistar. 2018. 245 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Estudos epidemiológicos do câncer não fornecem evidências conclusivas que justifiquem a recomendação de estratégias específicas de prevenção da doença. Desta forma, os esforços para melhoria dos números relacionados ao câncer de mama são direcionados para antecipação do diagnóstico, tendo como consequências a diminuição da agressividade do tratamento administrativo e a redução da taxa de mortalidade. A biópsia do linfonodo sentinela (LS) no tratamento cirúrgico do câncer de mama com estadiamento inicial é atualmente empregada como parte do protocolo de rotina, evitando, na maioria dos casos, a linfadenectomia total. Para se tornar possível a biópsia do LS é necessária a utilização de marcadores que identifiquem o LS e facilite o ato cirúrgico. Entre os marcadores mais utilizados, estão o tecnécio e o azul patente. Os resultados das pesquisas de LS são animadores, porém, o uso dos seus marcadores possui desvantagens, como exemplo, o alto custo do tecnécio e as reações alérgicas causadas por azul patente. Durante o exame físico de duas pacientes submetidas a biópsia de mama, foi observado na pele das mesmas, o mapeamento dos vasos linfáticos com uma coloração avermelhada, em direção ao linfonodo axilar. Estudos prévios difundiram a teoria que um derivado de sangue (hemossiderina) foi capturado por macrófagos e acessado no ducto linfático em direção à axila. Na tentativa de replicar o que foi visto em pacientes, foi desenvolvido um protocolo experimental para a obtenção de um marcador derivado do sangue e testado em um modelo de cirurgia experimental em cães onde afirmou-se a existência de um novo marcador autólogo do sangue. Após vários estudos preliminares, foram realizadas aplicações em pacientes com câncer de mama no Hospital Maternidade de Fortaleza, sendo reconhecido o sucesso em todos os procedimentos de aplicação da “hemossiderina”. No entanto, a hipótese de que o marcador derivado do sangue seria a hemossiderina surgiu somente dos dados clínicos e de pesquisas científicas preliminares, assim, a afirmação possui suas discordâncias. Para tanto, este projeto avaliou as características do hemoderivado (hemossiderina), ao qual foi identificado como a principal substância responsável pela marcação do LS. Foi realizado um aperfeiçoamento do marcador biológico isolado avaliando seus efeitos nos ensaios pré-clínicos em ratas wistar através da purificação da substância responsável pela marcação e da padronização do seu tempo de drenagem, doseamento, concentração de metahemoglobina, e como as enzimas proteolíticas e a temperatura poderiam interferir sobre a marcação tecidual do LS. Após estudo, observou-se que a hemoglobina é a principal responsável pela marcação do LS e este processo de marcação pode ser otimizado através da padronização das condições homeostáticas do marcador biológico, aplicando-se ao concentrado de hemoglobina: nitrito a 3% por 48h e inibidores de proteases, respeitando o tempo de drenagem de 2h e mantendo a temperatura da amostra a 25 °C.
Abstract: Epidemiological studies do not provide conclusive evidence justifying the recommendation of specific prevention strategies. Thus, efforts to improve the numbers related to breast cancer are directed towards the early diagnosis, resulting in a decrease of administrative treatment aggressiveness and a mortality rate reduction. Sentinel lymph node (SLN) biopsy, in breast cancer surgical treatment as initial staging, has been currently employed as part of the routine protocol, avoiding in most cases the total lymphadenectomy. To make it possible to do SLN biopsy, it is necessary to use markers that identify the SLN and facilitate the surgical procedure. Among the most used markers are Technetium and Blue patent. The results of sentinel lymph node research are encouraging. However, the use of its markers has disadvantages, such as the high cost of technetium and allergic reactions caused by patent blue. During the physical examination of two patients submitted to breast biopsy, it was observed, in their skin, the mapping of the lymphatic vessels with a reddish coloration, towards the axillary lymph node. Previous studies have disseminated the theory that a blood derivative (Hemosiderin) can be captured by macrophages and accessed in the lymphatic duct towards the armpit. In an attempt to replicate what was seen in patients, an experimental protocol was developed to obtain a blood-derived marker and was tested in a dogs model of experimental surgery, where was proved the existence of a new autologous blood marker. After several preliminary studies, procedures were performed in patients with breast cancer at Hospital Maternidade Escola Assis Chateaubriand, localized in Fortaleza-CE. These procedures with Hemosiderin were a success. However, the hypothesis that the blood-derived marker was hemosiderin emerged only from clinical data and preliminary scientific research, so this assertion has its discord. This project studied the characteristics of the blood derived (Hemosiderin), leading to clarification of the main substance responsible for SLN marking and isolated biological marker improvement. It was analyzed in parallel with Pre-clinical studies in wistar rats, by purifying the substance responsible for marking and standardizing its drainage time, dosing, methemoglobin concentration, and how the proteolytic enzymes and temperature could interfere with. After study, it was observed that hemoglobin is the main responsible for SLN marking. This marking process could be optimized by standardizing the biological marker homeostatic conditions, applying to the hemoglobin concentrate 3% nitrite for 48 h and protease inhibitors, respecting the 2h drainage time and maintaining the sample temperature at 25 °C.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53474
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_mmalves.pdf6,61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.