Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53508
Title in Portuguese: Estratégia comercial em um ambiente de oligopólio entre Brasil e Estados Unidos: Estudo do setor siderúrgico
Author: Costa, Edward Martins
Advisor(s): Maia, Sinézio Fernandes
Keywords: Setor Siderúrgico
Vetores Auto-regressivos
Função de Impulso Respostas
Issue Date: 2006
Citation: COSTA, E. M. Estratégia comercial em um ambiente de oligopólio entre Brasil e Estados Unidos: Estudo do setor siderúrgico. 80 f. 2006. Dissertação (Mestrado em Economia) – Programa de Pós-Graduação em Economia – PPGE/UFPB, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2006
Abstract in Portuguese: O objeto deste trabalho é estudar o comportamento do mercado siderúrgico internacional entre Brasil e Estados Unidos no período de 1996 a 2003. Este estudo teve como base teórica o modelo de Brander e Spencer, que trata da competição imperfeita incorporando a intervenção comercial unilateral. O mercado escolhido para analise foi o siderúrgico. O setor siderúrgico brasileiro é composto por indústrias de alta qualidade produtiva. Na outra mão, o setor siderúrgico dos EUA possui indústrias obsoletas sem tecnologia suficiente para aumentar sua capacidade produtiva. Foi utilizado o modelo de vetores auto-regressivos (VAR) para captar os movimentos dinâmicos e estocásticos do setor analisado, através da Função de Impulso Resposta (FIR). Os resultados mostram que a política comercial estratégica adotada pelos EUA é a melhor possível, confirmando o modelo teórico, indicando um deslocamento da função de reação do setor siderúrgico deste país para um nível mais alto.
Abstract: The object of this work is to study the behavior of the international siderurgical market between Brazil and United States in the period from 1996 to 2003. This study had as theoretical grounding the Brander and Spencer model, which deals with imperfect competition incorporating the unilateral trade intervention. siderurgical was the market chosen for analysis. The Brazilian siderurgical sector is composed of high quality, industries with respect to production. On the other hand, the American’s siderurgical sector possesses obsolete industries without enough technology to increase its productive capacity. The autoregressive vectors model was used to catch the dynamic and stochastic movements of the analyzed sector, through Response Impulse Function. The results show that the strategic trade policy adopted by the USA is the best possible, confirming the theorical model and indicating a displacement of the function of reaction of the siderurgical sector’s of this country for a higher level.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53508
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas em outras instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_dis_emcosta.pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.