Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5363
Título: A importância da discriminação nas diferenças salarias: uma análise para o Brasil e suas regiões para os anos de 2002, 2006 e 2009
Autor(es): Souza, Paola Faria Lucas de
Orientador(es): França, João Mário Santos de
Palavras-chave: Discriminação Salarial
Gênero
Salários
Regressão quantílica
Data do documento: 2011
Citação: SOUZA, Paola F. L. de (2011)
Resumo: A discriminação de raça e sexo no mercado de trabalho é um fator marcante e importante na determinação das desigualdades de rendimentos brasileira. Esta desigualdade tem alguns determinantes, entre eles estão características que indicam produtividade dos indivíduos como escolaridade e experiência, e outras características que são meramente discriminatórias como gênero e raça. A desigualdade causada pelas diferenças de produtividade é identificada, neste trabalho, como efeito dotação e a causada por fatores discriminatórios de efeito discriminação. O objetivo é medir quanto da desigualdade de renda entre os grupos de raça/gênero é explicada pela discriminação e pela diferença de habilidades dos trabalhadores, analisando ainda como estes efeitos se comportam em diferentes quintis salariais. Para isto foram utilizadas as seguintes metodologias: curvas de probabilidade, decomposição de Oaxaca-Blinder (1973) e decomposição de Machado e Mata (2005). A análise foi realizada para o Brasil e para as cinco regiões brasileiras, a partir dos dados das PNADs de 2002, 2006 e 2009. Os principais resultados são: i) o grupo mais discriminado é o de mulheres não brancas, seguido de mulheres brancas e homens não brancos; ii) pelas curvas de probabilidade a discriminação de raça e de gênero tem um formato de “U”, sendo a maior discriminação no primeiro e último quintil exceto para o Sul e Sudeste onde a discriminação é crescente nos quintis salariais; iii) queda da diferença salarial entre os grupos entre 2002 e 2009; iv) toda a diferença salarial entre gêneros é explicada pela discriminação, efeito dotação contribui para a queda da diferença salarial; v) quanto maior o quintil de renda maior é representatividade discriminação na explicação da diferença entre os gêneros; vi) na discriminação racial, ambos os fatores, discriminação e dotação agem para aumentar a diferença salarial; vii) fator mais importante para determinar a diferença salarial entre grupos raciais: dotação; viii) a diferença salarial racial é crescente quanto maior o quintil; ix) a discriminação racial é menos importante para determinar a diferença de renda quanto maior o quintil no Brasil, o inverso é encontrado para as regiões.
Abstract: Race and sex discrimination in the labor market is a poignant and important factor in determining income inequality in Brazil. This inequality has several determinants; among them are features that indicate the productivity of individuals, such as education and experience, and other features that are merely discriminatory, such as gender and race. The inequality caused by differences in productivity is identified in this work, the effect caused by endowment and the discriminatory effect of discrimination. The goal is to measure how much income inequality between race / gender groups can be explained by discrimination and difference in workers' skills, analyzing how these effects behave in different wage quintiles. For that purpose, the following methodology was used: probability curves, Oaxaca-Blinder decomposition (1973) and Machado and Mata decomposition (2005). The analysis was performed for Brazil as a whole and for the five Brazilian regions, using PNAD data for 2002, 2006 and 2009. The main results are: i) the most discriminated against group is nonwhite women, followed by white women and non-white men, ii) the probability curves for race and gender discrimination is shaped like a "U", and greater levels of discrimination are found in the first and last quintile, except for the South and Southeast regions, where discrimination grows with wage quintiles iii) a decrease in the wage gap is observed between groups in the 2002 to 2009 period; iv) the entire gender wage gap can be explained by discrimination, and effect endowment contributes to the wage gap decreasing, v) the higher the income quintile implies in discrimination having a larger role in gender differences, vi) on racial discrimination, both factors, discrimination and endowment act to increase the wage gap, vii ) the most important factor in determining the wage gap between racial groups is endowment; viii) the racial wage gap increases with the higher the quintile; ix) the higher the income, racial discrimination becomes less important in determining income differences considering Brazil as a whole, while the opposite is found in a regional level.
Descrição: SOUZA, Paola Faria Lucas de. Importância da discriminação nas diferenças salariais: uma análise para o Brasil e suas regiões para os anos de 2002, 2006 e 2009. 2011. 97 f. Dissertação (mestrado) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5363
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dissert_pflsouza.pdf9,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.