Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55946
Title in Portuguese: Doença renal crônica: avaliando os fatores de risco em escolares de Fortaleza
Author: Oliveira Filho, Antônio Mendes Ponte de
Nogueira, Isadora Sales
Alencar, Rodrigo da Nóbrega de
Menezes, Fernanda Holanda
Rolim, Victor de Matos
Daher, Elizabeth de Francesco
Keywords: Rins - Doenças
Medicina preventiva
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: OLIVEIRA FILHO, Antônio Mendes Ponte de; NOGUEIRA, Isadora Sales; ALENCAR, Rodrigo da Nóbrega de; MENEZES, Fernanda Holanda; ROLIM, Victor de Matos; DAHER, Elizabeth de Francesco. Doença renal crônica: avaliando os fatores de risco em escolares de Fortaleza. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Extensão, 25)
Abstract in Portuguese: OBJETIVOS: Seguindo o foco da campanha do Dia Mundial do Rim de 2016 – A Prevenção da Doença Renal começa na infância – membros da Liga de Nefrologia – UFC viram a necessidade de atuar na detecção precoce desses fatores de risco para prevenir e/ou detectar precocemente a doença renal crônica(DRC) e conscientizar os pais e crianças sobre hábitos de vida saudáveis. MÉTODOS:O projeto foi feito em 3 fases:inicialmente,distribuição de solicitação de permissão dos pais para participação do aluno,junto com questionários acerca de:identificação,co-morbidades(diabetes melitus (DM),hipertensão arterial sistêmica(HAS),cardiopatias e nefropatias),histórico familiar(HF),dieta,hábitos do sono e exercícios físicos.Depois,foram feitas visitas nas escolas para coletas de dados como:pressão arterial(PA),medidas antropométricas e glicemia.Finalmente,foi produzido um feedback de cada criança para os pais,com recomendações específicas para a promoção de hábitos saudáveis e prevenção da DRC.Foram abordados 197 estudantes de escolas públicas e privadas da cidade de Fortaleza,CE. RESULTADOS:Dos avaliados, 89 (45,2%) eram da rede pública e 108 (54,8%) da rede particular de ensino; 99 (50,5%) do sexo feminino e 97 (49,5%) do sexo masculino. A média das idades foi de 9,161 anos. 13 (6,9%) tinham HF de doença renal, 32 (16,7%) tinham HF de HAS e 32 (16,7%) tinham HF de DM.Apenas 96 (49,5%) praticavam atividades físicas regulares.) 9 crianças (4,6%) apresentaram PA Sistólica > 130mmHg, e 2 tinham PA diastólica > 85mmHg.37 alunos estavam com glicemia acima de 100mg/dL, mas nenhuma acima de 140mg/dL.42 (21,3%) tinham IMC acima de 22kg/m². CONCLUSÃO:Os dados desse estudo despertam preocupação,pois foi visto que muitas crianças não estão em condições ideais de saúde,o que pode trazer graves consequências no futuro.Dessa forma,observa-se que é de fundamental importância o estímulo de hábitos de vida saudáveis e o acompanhamento médico regular desde a infância.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/55946
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:ENEX - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_ampofilho.pdf76,76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.