Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56144
Title in Portuguese: O rio comanda a vida: uma análise geoecológica das paisagens do Arquipélago do Januário (município de Itacoatiara-AM)
Title: The river commands life: the geoecological landscape analysis of the January Archipelago (Itacoatiara municipality-AM)
Author: Louzada, Camila de Oliveira
Advisor(s): Silva, Edson Vicente da
Co-advisor(s): Brandão, Jesuéte Pachêco
Keywords: Dinâmica fluvial
Arquipélago do Januário
Unidades de paisagem
Diagnóstico geoecológico
Zoneamento ambiental ribeirinho
Issue Date: 2020
Citation: LOUZADA, Camila de Oliveira. O rio comanda a vida: uma análise geoecológica das paisagens do Arquipélago do Januário (município de Itacoatiara-AM). 2020. 264 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Os rios são as principais vias de circulação de pessoas e mercadorias na Amazônia, todavia, também apresentam dinâmicas sistêmicas próprias com destaque para três processos principais, a erosão fluvial/terras caídas, transporte de sedimentos e deposição, que são expressivos nos rios de água branca da região, atuando principalmente nas áreas de várzea, que são fortemente ocupadas pelas populações ribeirinhas. O presente estudo teve como objetivo geral, analisar de que forma o conjunto articulado, entre os processos da dinâmica fluvial do rio Amazonas e o modo de vida da população ribeirinha, se conectam e se explicam na geoecologia da paisagem do Arquipélago do Januário. A metodologia utilizada, consistiu da revisão bibliográfica das principais obras sobre dinâmica fluvial do rio Amazonas, assim como o mapeamento dos processos dinâmicos atuantes no arquipélago, e a evolução temporal do mesmo. Posteriormente foram entrevistados os moradores mais antigos, para identificar às alterações na paisagem e representa-las em forma de croqui seguido de quadros sínteses dos processos históricos. E foi produzido um diagnóstico geoecológico das paisagens insulares e hídricas mapeadas. Os principais resultados levantados, é que o processo dinâmico fluvial do rio Amazonas é o principal modelador da paisagem das ilhas do arquipélago do Januário, que somadas tem área de 332,945 km², tendo expandido 2.000km² somente nos últimos 50 anos (1969-2019). A sazonalidade natural do rio Amazonas, esculpe a paisagem da várzea, criando furos naturais na sua várzea alta e acelerando o processo de deposição na mesma, por sua vez, o homem também tem papel atuante nessas “terras anfíbias”, seja construindo furos artificias e acelerando o processo de deposição que pode ser descrito como paisagens antropogênicas na várzea. Ora concentrando suas atividades econômicas de base familiar voltada para a produção de policulturas de ciclos curtos e a criação bovina e bubalina, exclusivamente na várzea alta do arquipélago do Januário, mantendo as áreas de várzea baixa e as áreas de deposição recente preservadas. Diante disso é possível afirmar que os ribeirinhos da área de estudo realizam sua própria forma de Zoneamento Ambiental do Arquipélago do Januário, destinando quais áreas devem ser utilizados e quais devem ser mantidos preservados, fruto de seu etconhecimento construído a muitas gerações.
Abstract: Rivers are the main routes for the circulation of people and products in the Amazon, however, they also have their own systemic dynamics, with emphasis on three main processes, river erosion / fallen lands, sediment transport and deposition, which are expressive in white water rivers. from the region, acting mainly in the floodplain areas, which are heavily occupied by riverside populations. The present study iams to analyze the form of the articulated set, between the processes of the fluvial dynamics of the Amazon River and the way of life of the riverside population, they connect and are explained throu the landscape geoecology at the Januário Archipelago. The methodology used consisted of a bibliographic review of the main works on the Amazon River fluvial dynamics, as well as the mapping of the dynamic processes operating in the archipelago, and its temporal evolution. Later, older residents were interviewed to identify changes in the landscape and represent them in the form of a sketch followed by summary tables of historical processes. And a geoecological diagnosis of the mapped island and water landscapes was produced. The main results raised, is that the dynamic fluvial process of the Amazon River is the main shaper of the landscape of the islands of the Januário archipelago, which together has an area of 332,945 km², having expanded 2,000 km² only in the last 50 years (1969-2019). The natural seasonality of the Amazon River, sculpt the floodplain landscape, creating natural holes in its high floodplain and accelerating the deposition process in it, in turn, man also has an active role in these “amphibious lands”, either by building artificial holes and accelerating the deposition process that can be described as anthropogenic landscapes in the floodplain. Now, concentrating its activities, honoring the family base focused on the production of short-cycle polycultures and the bovine and buffalo breeding, exclusively in the high floodplain of the Januário archipelago, maintained as areas of low floodplain and as areas of recent preservation. In view of this, it is possible to affirm that the riverside inhabitants of the study area carry out their own form of Environmental Zoning of the Januário Archipelago, assigning which areas should be used and which should be collected preserved, the result of their knowledge built for many generations.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56144
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DGR - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_colouzada.pdf11,58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.