Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56190
Title in Portuguese: Contenção e possiblidade de emancipação social do indivíduo na proposta de Herbert Marcuse
Title: Containment and possibility of social emancipation of the individual in the proposal of Herbert Marcuse
Author: Pereira, Djibril Ernesto
Advisor(s): Leal, Ivanhoé Albuquerque
Co-advisor(s): Gadanha, Alberto Dias
Keywords: Contenção social do indivíduo
Emancipação social do indivíduo
Herbert Marcuse
Noção de novo homem
Noção de indivíduo integrado
Notion d’homme nouveau
Retenue sociale de l’individu
Émancipation sociale de l’individu
Notion d’homme integre
Issue Date: 2020
Citation: PEREIRA, Djibril Ernesto. Contenção e possiblidade de emancipação social do indivíduo na proposta de Herbert Marcuse. 2020. 87 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Esta dissertação, cujo título se inscreve no universo temático da filosofia política, tem como objetivo abordar, a partir da teoria crítica de Marcuse, alguns nós centrais sobre a invalidação social dos elementos subversivos da individualidade que conduzem à acomodação. Para tal, assumimos como base os escritos: Eros e Civilização (1955) e Homem Unidimensional (1964), nos quais o autor apresenta a profundidade e extensão da dominação que a sociedade industrial do capitalismo avançado exerce sobre o indivíduo: uma dominação que ultrapassa as questões morais e materiais, alcançando, igualmente, a dimensão pulsional. Nesse sentido, tendo em vista a pergunta norteadora da investigação [a de saber se, conforme Marcuse, haveria ainda alguma possiblidade do sujeito radicalmente integrado (como está) ao status quoquerer mudar a realidade que o mutila e o limita, ou se a transformação social seria inviável devido o desinteresse daqueles que poderiam transformar a realidade, mas não querem (?)] a presente dissertação adota duas orientações metodológicas: a primeira é hermenêutica, mediante a qual explicitamos o contexto que deu origem a preocupação com a individualidade e o procedimento da nossa investigação, e a outra, epistemológica e centrada especialmente no diagnóstico de Marcuse. Encontrando a sua relevância no esforço de contribuir com o debate sobre a subjetividade da teoria marxista, esta investigação se encerra afirmando estar a possibilidade de mudança social na transformação total, isto é: transformação econômica, psíquica (consciente e inconsciente) e biológica, no interior do qual emerge um homem sensível e moralmente renovado.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56190
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_depereira.pdf795,86 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.