Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56193
Title in Portuguese: A importância das campanhas de rastreio dos principais fatores de risco para prevenção da doença renal crônica como um serviço de promoção da saúde para comunidades de cidades cearenses
Author: Praciano, Debora Mota Cordeiro
Santos, Jayne Maria Bernardo dos
Guedes, Karísia Santos
Macedo, Carolina Teles de
Silva Filho, João Amarildo Rodrigues da
Daher, Elizabeth de Francesco
Keywords: Doença renal crônica
Medicina preventiva
Promoção da saúde
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: PRACIANO, Debora Mota Cordeiro; SANTOS, Jayne Maria Bernardo dos; GUEDES, Karísia Santos; MACEDO, Carolina Teles de; SILVA FILHO, João Amarildo Rodrigues da; DAHER, Elizabeth de Francesco. A importância das campanhas de rastreio dos principais fatores de risco para prevenção da doença renal crônica como um serviço de promoção da saúde para comunidades de cidades cearenses. Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n. 1, 2016. (Encontro de Extensão, 25)
Abstract in Portuguese: Introdução: A Doença Renal Crônica (DRC) tem se destacado no cenário mundial de saúde como um importante fator de morbidade e mortalidade na população, fazendo-se necessárias grandes quantidades de investimentos para seu tratamento, sobrecarregando o sistema de saúde. A Liga de Prevenção da Doença Renal atua há 6 anos na prevenção da DRC por meio de campanhas educativas em diferentes comunidades do estado do Ceará. Objetivos: Identificar a prevalência de DRC, seus fatores de risco e comorbidades em populações de cidades no estado do Ceará, difundindo a prevenção de doença renal e promovendo a troca de experiências entre estudantes e comunidade. Métodos: na ocasião são feitos questionários que seguem as diretrizes da Sociedade Brasileira de Nefrologia. São registrados: histórico médico, histórico familiar, hábitos e dados antropométricos, peso e altura. Além disso, são medidos os valores de pressão arterial e glicemia capilar. Após os testes de triagem simples para fatores de risco para DRC, as pessoas foram informadas sobre a doença e sobre como evitá-la. Os indivíduos cujos testes mostraram fatores de risco foram encaminhados para acompanhamento clínico nas unidades de saúde nas proximidades, depois de serem informados sobre a importância de monitorar suas comorbidades. Resultados: Nos 6 anos de trabalho, 3368 pessoas foram observados em mais de 8 cidades. Nesta população, 626 (18,58%) e 33 (1,09%) de indivíduos que afirmaram ser saudáveis eram realmente possíveis portadores de Hipertensão e Diabetes Mellitus, respectivamente. Os dados também mostram que a hipertensão é pouco diagnosticada e mal controlada em muitos pacientes. Conclusão: Por meio das campanhas, a interação entre os estudantes e a população foi encorajador, superando as fronteiras da universidade, alertando essas pessoas sobre seus possíveis riscos de ter DM, HAS ou DRC em favor da promoção da saúde e de uma relação aluno-comunidade, com benefícios para ambas as partes.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56193
metadata.dc.type: Resumo
Appears in Collections:ENEX - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_dmcpraciano.pdf76,4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.