Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56366
Title in Portuguese: Análise da correlação entre resistência à compressão axial e à tração na flexão em pavimentos rígidos
Other Titles: Análisis de la correlación entre resistencia a la compresión axial y a la tracción en la flexión en suelos rígidos
Analyse de corrélation entre la résistance à la compression axiale et la résistance à la traction en flexion dans les chaussées rigides
Title: Analysis of correlation between axial compression resistance and three-point flexural resistance in rigid pavements
Author: Brito, Luciana Rabelo de
Almeida, Antônia Fabiana Marques
Oliveira, Francisco Heber Lacerda de
Keywords: Pavimento
Concreto
Resistência a compressão (simples)
Resistência mecânica (de concreto)
Cimento Portland
Issue Date: 2019
Citation: BRITO, Luciana Rabelo de; ALMEIDA, Antônia Fabiana Marques; OLIVEIRA, Francisco Heber Lacerda de. Análise da correlação entre resistência à compressão axial e à tração na flexão em pavimentos rígidos. Rev. Tecnol. Fortaleza, v. 40, n. 2, p. 1-18, dez. 2019.
Abstract in Portuguese: O concreto de cimento Portland é um material compósito que tem como principal característica a resistência mecânica à compressão. Porém, quando se trata de pavimento rígido de concreto simples, outra propriedade mecânica que assume destaque é a resistência à tração na flexão. Essa propriedade é uma forma indireta de obter a tração direta, pois o seu ensaio não é muito empregado devido ao dispositivo que prende o corpo de prova ao equipamento inserir cargas que afetam no resultado obtido. Essa obtenção indireta é normalizada e considera que a tração direta equivale a 70% do valor obtido da tração na flexão. Como ensaios de resistência à compressão são mais realizados, a mesma norma prevê a possibilidade de obter o valor da tração direta através do fck. Como o concreto é influenciado por vários fatores externos e internos, que muitas vezes não há como mensurar, tem-se a premissa que essa equação não é válida para todos os conjuntos de dados. Nesse sentido, este trabalho buscou, com um conjunto de dados obtidos do controle tecnológico da execução de placas de concreto simples do Quarto Anel Rodoviário, em Fortaleza, avaliar a correlação existente entre esses parâmetros. Os resultados analisados encontraram uma equação que difere da prevista em norma. Contudo os erros calculados com a aplicação das duas equações são próximos, fazendo com que a equação ora existente possa ser aplicada.
Abstract: Portland cement concrete is a composite material whose main characteristic for structures is mechanical resistance to compression. However, when it comes to concrete pavement, another mechanical property that stands out is the flexural resistance. This property is an indirect way of obtaining direct tensile the strength, because its test is not much used due to the device that holds the test body to the equipment to insert loads that affect the result obtained. This indirect gain is normalized, and it considers the pure tensile equals to 70% of the obtained value of the flexural test. As tests of compressive strength are more accomplished, the same norm predicts the possibility of obtaining the value of the pure tensile through fck. As concrete is influenced by several external and internal factors, which one often does not have to measure, one assumes that this equation is not valid for all datasets. In this sense, this paper sought, with a set of data obtained from the technological control of the execution of simple concrete slabs of the Fourth Ring Road in Fortaleza, to evaluate the correlation between these parameters. The analyzed results found an equation that differs from that predicted in standard. However, the errors calculated with the application of the two equations are close, so that the existing equation can be applied.
Abstract in Spanish: El hormigón de cemento Portland es un material compuesto que tiene como principal característica la resistencia mecánica a la compresión. Sin embargo, cuando se trata de suelo rígido de hormigón simple, otra propiedad mecánica que adquiere enfoque es la resistencia a la tracción en la flexión. Esta propiedad es una forma indirecta de obtener la tracción directa, porque su ensayo no es muy empleado debido al dispositivo que sujeta el cuerpo de prueba al equipo introducir cargas que afectan en el resultado obtenido. Esta obtención indirecta es normalizada y considerada que la tracción directa equivale a 70% del valor obtenido de la tracción en la flexión. Como ensayos de resistencia a la compresión son realizados con más frecuencia, la misma norma prevé la posibilidad de obtener el valor de la tracción directa por medio del fck. Como el hormigón sufre distintas influencias de factores internos y externos, que muchas veces no hay como mensurar, se tiene la premisa que esta ecuación no es válida para todo el conjunto de datos. En este sentido, este trabajo busco, con un conjunto de datos obtenidos del control tecnológico de la ejecución de placas de hormigón simple del Cuarto Anel de Carretera, en Fortaleza, evaluar la correlación existente entre estos parámetros. Los resultados analizados encontraron una ecuación que es diferente de la prevista en norma. Pero los errores calculados con la aplicación de las dos ecuaciones son próximos, haciendo con que la ecuación ora existente pueda ser aplicada.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56366
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2318-0730
Appears in Collections:DET - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_lrbrito.pdf715 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.