Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56587
Title in Portuguese: Efeito de um protocolo de polimento mecânico contínuo na estabilidade de cor e rugosidade de superfície de uma resina acrílica para base de prótese dentária e dentes artificiais submetidos à fumaça de cigarro e ao café
Author: Assis, Ellen Lima de
Advisor(s): Regis, Rômulo Rocha
Keywords: Café
Fumar Cigarros
Pigmentação
Polimento Dentário
Cor
Resinas Acrílicas
Issue Date: 22-Dec-2020
Citation: ASSIS, E. L. Efeito de um protocolo de polimento mecânico contínuo na estabilidade de cor e rugosidade de superfície de uma resina acrílica para base de prótese dentária e dentes artificiais submetidos à fumaça de cigarro e ao café. 2020. 13 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Introdução: A resina acrílica utilizada na confecção de próteses dentárias está sujeita às alterações de suas propriedades como cor e rugosidade de superfície ao longo do tempo. Apesar do polimento das superfícies protéticas ter o potencial controlar essas alterações e aumentar a longevidade das próteses dentárias, estudos que avaliem os efeitos do polimento realizado de forma contínua nos materiais protéticos são escassos na literatura. Objetivo: Avaliar in vitro o efeito de um protocolo de polimento mecânico contínuo na estabilidade de cor e rugosidade de superfície de uma resina acrílica para base de prótese dentária e dentes artificiais de resina acrílica submetidos à imersão em café e exposição à fumaça de cigarro. Método: Para cada material, 70 espécimes foram divididos de acordo com as condições experimentais (n=10): AD – imersão em água destilada (controle); CG – apenas exposição à fumaça de cigarro; CG + Pol – exposição a fumaça de cigarro + polimento; CF – apenas imersão em solução de café; CF + Pol; CFCG – exposição à fumaça de cigarro associada à imersão ao café; CFCG + Pol. A imersão em café foi realizada durante 24 dias. A exposição à fumaça de cigarro foi realizada por meio de um dispositivo plástico conectado a um sugador portátil, utilizando-se 10 cigarros diários por um período de 24 dias. O polimento mecânico foi realizado por meio de uma pasta de polimento à base de óxido de alumínio e roda de feltro acoplada a um motor elétrico manual (3000 rpm), em intervalos de tempo quinzenais simulados. A rugosidade de superfície foi avaliada por meio de um rugosímetro digital, e a cor por meio de um espectrofotômetro portátil, antes (T0) e após 12 (T1) e 24 dias (T2) das condições experimentais descritas. Os dados foram analisados por meio de ANOVA mista a dois fatores seguido pelo teste de Bonferroni para múltiplas comparações (α=0,05). Resultados: Em ambos os materiais, o polimento associado reduziu significativamente as alterações de rugosidade causada pela maioria das condições experimentais (CF, CG, CFCG) já em T1, atingindo valores médios inferiores aos observados nos grupos imersos em água destilada. A associação do café com o cigarro promoveu maior impacto na estabilidade de cor quando comparada aos grupos isolados (CF, CG), gerando os maiores valores médios de ΔE00. O polimento reduziu significativamente a alteração de cor observada na maioria das condições experimentais, em ambos os materiais, mesmo em relação aos grupos CFCG. Conclusão: O protocolo de polimento testado foi capaz de controlar o aumento da rugosidade de superfície e a variação de cor provocados pelo café e fumaça de cigarro, isolados ou associados, em dentes artificiais de resina acrílica, bem como na resina acrílica de base de prótese.
Abstract: Introduction: The acrylic resin is widely used in the manufacture of dental prostheses. Despite its numerous advantages, it is subject to changes in its properties such as color and surface roughness over the period of use. The polishing of prosthetic surfaces is usually performed in a laboratory environment after they are polymerized, or by dentists during clinical visits. Studies evaluating the effects of continuous polishing on prosthetic materials are scarce in the literature. Objective: To evaluate in vitro the effect of a continuous mechanical polishing protocol on the color stainability and surface roughness of a denture base acrylic resin and acrylic resin artificial teeth after exposure to cigarette smoke and coffee immersion. Method: For each material, 70 specimens were divided according to the following experimental groups (n=10): DW - immersion in distilled water (control); CG - only exposure to cigarette smoke; CG + Pol - exposure to cigarette smoke + polishing; CF - only immersion in coffee solution; CF + Pol; CFCG - exposure to cigarette smoke associated with coffee immersion; CFCG + Pol. The immersion in coffee was performed for 24 days, simulating 2 years of coffee consumption. The exposure to the smoke of 10 cigarettes daily for a period of 24 days was performed using a plastic device connected to a portable suction machine. The mechanical polishing was performed by using an aluminum oxide-based polishing paste and felt wheel coupled to a manual electric motor (3000 rpm), at simulated biweekly time intervals. The surface roughness and color stainability were evaluated by using a digital contact profilometer and a portable spectrophotometer, respectively, before (T0), after 12 (T1) and 24 days (T2) of the experimental situations described. The data were analyzed by two-factor mixed ANOVA followed by the Bonferroni test for multiple comparisons (α=0.05). Results: In both materials, the associated polishing significantly reduced the changes in roughness caused by most of the experimental conditions (CF, CG, CFCG) already at T1, reaching mean values lower than those observed in the groups immersed in distilled water. The association of coffee with cigarette smoke promoted a greater impact on color stability when compared to the isolated groups (CF, CG), generating the highest mean values of ΔE00. Polishing significantly reduced the color change observed in most experimental conditions, in both materials, even for CFCG groups. Conclusion: The polishing protocol tested was able to control the color variation and the increase in surface roughness in both acrylic resin artificial teeth and denture base acrylic resin, caused by the contact with coffee and cigarette smoke, isolated or associated.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56587
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_elassis.pdf132,88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.