Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/58241
Title in Portuguese: Resistência à corrosão dos aços inoxidáveis austenítico e super austenítico em água de poço sintética medida por potencial escalonado
Title: Corrosion resistance of austenitic and superaustenitic stainless steel in synthetic oil field formation water measured by step potential
Author: Sousa, João Matheus Batista Amaro de
Cardoso, Jorge Luiz
Lima Neto, Pedro de
Silva, Marcelo José Gomes da
Keywords: Potencial escalonado
Corrosão por píte
Aços inoxidáveis austeníticos
Issue Date: 2019
Publisher: ABM Week - https://abmproceedings.com.br/; Editora Blucher
Citation: SOUSA, João Matheus Batista Amaro de; CARDOSO, Jorge Luiz; LIMA NETO, Pedro de; SILVA, Marcelo José Gomes da. Resistência à corrosão dos aços inoxidáveis austenítico e super austenítico em água de poço sintética medida por potencial escalonado. In: CONGRESSO ANUAL DA ABM – INTERNACIONAL, 74º., 01 a 03 out. 2019, São Paulo, SP, Brasil. Anais[…], v. 74, n.74, p. 1665-1675, São Paulo, 2019.
Abstract in Portuguese: A região do pré-sal é bastante agressiva para os materiais utilizados em tal ambiente devido a alguns fatores encontrados abaixo da camada pré-sal como : gases corrosivos, água de poço de petróleo, altas pressões, etc. Com o intuito de avaliar apenas os efeitos da água de poço de petróleo na resistência à corrosão dos aços inoxidáveis austeníticos em tal ambiente, dois aços inoxidáveis austeníticos e dois aços inoxidáveis super austeníticos foram testados em água artificial de poço de petróleo utilizando-se a técnica eletroquímica chamada Potencial Escalonado. Nesta técnica, valores de potencial (vs Ag/AgCl ) são aplicados em escalonamento de 50 mV a cada 1 h até que a corrente de 1 mA seja atingida. Os resultados mostraram que os aços inoxidáveis austeníticos comuns não são adequados para o uso em ambientes contendo íons cloreto, como os encontrados na região do pré-sal. Eles mostraram corrosão por pite. Os aços inoxidáveis superausteníticos testados exibiram boa resistência à corrosão nesse meio e isso pode ser uma solução para aplicações na região do pré-sal.
Abstract: The pre-salt region is very hostile to the materials used in such environment due to some factors found under the pre-salt layer such as: corrosive gases, oil formation water, high pressures and so on. In order to evaluate only the effect of the oil field formation water on the corrosion resistance of austenitic stainless steels in such environment, two austenitic and two superaustenitic stainless steels were tested in synthetic oil field formation water using the electrochemical technique called step potential. In this technique, potential values (vs Ag/AgCl ) is applied in steps of 50 mV every 1 h until a current of 1 mA was achieved. The results showed that the common austenitic stainless steels are not suitable for the use in chloride-containing environment as the one found in the pre-salt region. They exhibited pitting corrosion. The superaustenitic stainless steels tested exhibited a good corrosion resistance in this medium and can be a solution for the use under some pre-salt conditions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/58241
metadata.dc.type: Artigo de Evento
ISSN: 2594-5327
Appears in Collections:DEMM - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_eve_jmbadesousa.pdf1,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.