Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/58677
Title in Portuguese: Uso de índices radiomorfométricos mandibulares na avaliação do dimorfismo sexual em indivíduos edêntulos totais
Author: Ribeiro, Esther Carneiro
Advisor(s): Costa, Fábio Wildson Gurgel
Co-advisor(s): Aguiar, Andréa Sílvia Walter de
Keywords: Radiografia Panorâmica
Análise para Determinação do Sexo
Antropologia Forense
Issue Date: 7-Apr-2021
Citation: RIBEIRO, E.C. Uso de índices radiomorfométricos mandibulares na avaliação do dimorfismo sexual em indivíduos edêntulos totais. 2021. 52 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia). - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.
Abstract in Portuguese: No processo de identificação humana, estudos sugerem o uso de mensurações mandibulares, por meio de radiografias panorâmicas (RP), para a avaliação do dimorfismo sexual. Desse modo, este estudo buscou avaliar se os índices panorâmicos mandibular superior (PMS) e inferior (PMI), e o índice de reabsorção óssea alveolar (ROA) mandibular podem ser medidas preditoras do sexo. A partir de tais índices, também se buscou realizar e validar uma fórmula para análise do dimorfismo sexual em indivíduos edêntulos brasileiros. Foram incluídas no estudo 300 radiografias panorâmicas (RP) de pacientes edêntulos totais, divididas nas faixas etárias: 51-60, 61-70 e 71-80 anos. As medições foram realizadas por um único avaliador cego e previamente treinado, utilizando o software Inkscape®. Todas as análises estatísticas foram realizadas no software IBM® SPSS® Statistics for Windows, versão 20.0, adotando uma confiança de 95%. Foram construídas curvas Receiver Operating Characteristic (ROC) para estimar os pontos de corte na análise de dimorfismo sexual. Também foram calculadas as áreas sob a curva, sensibilidade, especificidade, valores preditivo positivo e negativo, acurácia e razão de verossimilhança. O índice Panorâmico Mandibular mostrou-se significativo em predizer o sexo na faixa etária de 71 a 80 anos, e, quando considerada a média dos lados, o índice PMS foi significativo (p=0,037). O Índice de ROA foi significantemente associado com o sexo. A partir dos índices mensurados no estudo, foi possível realizar uma fórmula para estimativa do sexo em pacientes edêntulos. Esta fórmula apresentou acurácia de 61%, com valores crescentes com o aumento da faixa etária (72,0% para 61- 70 e de 80,0% para 71-80). Para validação dessa fórmula, baseada numa sensibilidade de 66% em predizer o sexo masculino e uma razão de verossimilhança de 6.00 (IC95% = 3,64-9,88), estimado pela fórmula deste estudo, fez-se necessário avaliar 45 radiografias por sexo. Como resultado da validação, a capacidade preditiva da fórmula foi significativa (p<0,001), apresentando uma sensibilidade de 75,6% e uma especificidade de 73,3%. Com base nesses resultados, os índices radiomorfométricos mandibulares avaliados podem ser preditores do dimorfismo sexual por meio de uma fórmula para estimativa do sexo em indivíduos edêntulos brasileiros.
Abstract: In the process of human identification, studies suggest the use of mandibular measurements, by means of panoramic radiographs (PR), to assess sexual dimorphism. Thus, this study aimed to assess whether the upper mandibular panoramic (PMS) and lower (PMI) indexes, and the mandibular alveolar bone resorption index (ROA) can be sex predictive measures. From these indices, it was also sought to realize and validate a formula for the analysis of sexual dimorphism in edentulous brazilian individuals. The study included 300 panoramic radiographs (RP) of total edentulous individuals, divided into the age groups: 51-60, 61-70 and 71-80 years. The measurements were performed by a single blind and previously trained evaluator, using the Inkscape® software. All statistical analyzes were performed using the IBM® SPSS® Statistics for Windows software, version 20.0, adopting a 95% confidence interval. Receiver Operating Characteristic (ROC) curves were constructed to estimate the cutoff points in the analysis of sexual dimorphism. The areas under the curve were also calculated, sensitivity, specificity, positive and negative predictive values, accuracy and likelihood ratio. The Mandibular Panoramic Index proved to be significant in predicting sex in the 71 to 80 age group, and when considering the mean of the sides, the PMS index was significant (p = 0.037). The ROA Index was significantly associated with gender. From the indices measured in the study, it was possible to create a formula for estimating sex in edentulous patients. This formula showed an accuracy of 61%, with values increasing with increasing age (72.0% for 61-70 and 80.0% for 71-80). To validate this formula, based on a sensitivity of 66% in predicting the male gender and a likelihood ratio of 6.00 (95% CI = 3.64-9.88) estimated by the formula of this study, it was necessary to evaluate 45 radiographs by sex. As a result of the validation, the predictive capacity of the formula was significant (p <0.001), with a sensitivity of 75.6%, and a specificity of 73.3%. Based on these results, the evaluated mandibular radiomorphometric indices can be predictors of sexual dimorphism through a formula for estimating sex in edentulous brazilian individuals.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/58677
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_dis_ecribeiro.pdf4,69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.