Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5947
Título: Memórias e Histórias de Quilombo no Ceará
Título em inglês: Memories and Stories of Quilombos in Ceará
Autor(es): DANTAS, Simone Maria Silva
Orientador(es): CUNHA JÚNIOR, Henrique Antunes
Palavras-chave: Fundamentos da Educaçao
História Oral
Quilombos
Memórias
Negros - Bom Sucesso(Novo Oriente,CE) - Identidade Racial
Negros - Bom Sucesso(Novo Oriente,CE) - Usos e Costumes
Negros - Minador(Novo Oriente,CE) - Identidade racial
Negros - Minador(Novo Oriente,CE) - Identidade Racial
Negros - Minador(Novo Oriente,CE) - Usos e Costumes
Negros - Cumbe(Aracati,CE) - Identidade Racial
Negros - Cumbe(Aracati,CE) - Usos e Costumes
Oral History
Quilombos
Memories
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: DANTAS, S. M. S.; CUNHA JÚNIOR, H. A. (2009)
Resumo: Nesta pesquisa, Memórias e Histórias de Quilombos no Ceará analisamos inicialmente as condições de entrar nos espaços quilombolas de maneira íntima, isto foi possível a partir da valorização da empiria, assim conseguimos entrar nos territórios podendo contar com o patrimônio cultural e as subjetividades. Utilizando os objetos-instrumentos da memória, oralidade e fotografia no campo específico das comunidades remanescentes de quilombos do Minador, Bom Sucesso e Cumbe, fomos descobrindo especificidades e ousamos penetrar em fatores que são silenciados ou negados na historiografia cearense, vimos o quanto isto tem custado aos atores histórico-sociais afrodescendentes no Ceará. Estes merecem e devem a partir de seus próprios olhares contar suas histórias. É importante conhecer sobre o que eles próprios teorizam, sobre o que significam as remanescências e reminiscências quilombolas, e como estes atores histórico sociais se encontram nos diversos contextos que os inclui ou, poderíamos dizer, exclui. Negro no Ceará não é sinônimo de descendente de ex-escravizados. A essência da idéia da escravização perdura nas peles dos pretos e pardos cearenses trazendo sérios prejuízos na vida cotidiana destes. Há necessidade de uma revisão de pontos e lacunas na historiografia cearense a fim de que a exclusão histórica dos negros no Ceará perca seu espaço nos registros historiográficos. Os estudos realizados nestas três comunidades remanescentes de quilombos evidenciam pontos e lacunas que negam, ou marginalizam os pretos e pardos em sua relevância no processo histórico da construção deste estado. A necessidade de incluir estes atores de forma responsável e com justiça histórica e social é visível para quem não fechar os olhos para o social, o econômico e o cultural cearenses
Abstract: In this research, Memories and stories of quilombos in Ceará, we first analyze the means to enter the quilombo areas in an intimate manner, which was possible due to the value given to empiric data. Therefore, it was possible to enter the territories and to rely on the cultural heritage and the subjectivities. In order to achieve that goal, we specifically used memories, talks, and photographs as tools in the remaining quilombo communities in Minador, Bom Sucesso and Cumbe. We managed to unearth specificities and we were challenged to gain access to factors which are silenced or denied in Ceará historiography, and were thus able to witness the disturbing impact for the social-historical African descendants in Ceará. These actors deserve to and must give a detailed account of their stories from their own perspective. It is important to acknowledge their own theories about what is the meaning of the quilombo remains and reminiscences and how these social historical actors gather in the various contexts where they are included or, if we may say, excluded. Although being a negro in Ceará is not synonymous with being a descendant of an ex-slave, the essence of the idea of slavery remains in the skin of the Blacks and Pardos from that state, which brings serious harm to their quotidian life. There is a necessity to revisit the points of view and the gaps in the historiography of Ceará in order for the historical exclusion of the Blacks to lose their space in the historiography records. The studies conducted in these three remaining quilombo communities highlight points of view and gaps which deny or marginalize the Blacks and Pardos in their relevance in constructing the historical process of this state. The need to include Blacks and Pardos in a responsible manner and with social and historical justice is visible for those who do not intend to close their eyes to the social, economic and cultural way of life in Ceará
Descrição: DANTAS, Simone Maria Silva. Memórias e histórias de quilombo no Ceará. 2009. 269 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5947
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_TESE_SMSDANTAS.pdf10,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.