Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/59939
Title in Portuguese: A apropriação da leitura eletrônica por professores da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará
Author: Freitas, Munique de Souza
Advisor(s): Vasconcelos, José Gerardo
Keywords: Leitura eletrônica
Móbeis
Sentido
Saberes
Issue Date: 2021
Citation: FREITAS, Munique de Souza. A apropriação da leitura eletrônica por professores da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Gerardo Vasconcelos. 2021. 153 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.
Abstract in Portuguese: O objetivo desta tese é analisar a relação de alguns docentes da Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Ceará, com a apropriação da leitura eletrônica. Seguindo a escolha dos objetivos específicos, pretendeu-se descrever as principais características do processo de apropriação da leitura eletrônica enquanto saber objetivado pelos docentes; analisar a mobilização dos referidos docentes para tornar possível a apropriação da leitura eletrônica; e compreender os sentidos atribuídos pelos docentes à apropriação da leitura eletrônica. A fundamentação teórica partiu dos conceitos da Teoria da Relação com o Saber, de Bernard Charlot (2000). Noções como saberes, mobilização, móbeis, sentido e valor na apropriação do saber ajudaram na análise dos dados, os quais foram colhidos por meio de uma entrevista semiestruturada que tomou narrativas biográficas como fontes principais. Os sujeitos da pesquisa foram nove professores, todos com mais de quarenta anos de idade e integrantes do corpo docente da FACED. Tais profissionais foram alfabetizados, terminaram o ensino médio e ingressaram em cursos de licenciatura, sem o uso cotidiano das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação. Entretanto, eles se habituaram aos recursos disponibilizados pela popularização da Internet, na metade dos anos de 1990. Além disso, a escolha desses sujeitos, com base na limitação da faixa etária, considerou que eles tiveram acesso à Internet e à leitura eletrônica, realmente, somente enquanto adultos e, por isso, tiveram de se adaptar a essas tecnologias, para, então, apropriar-se delas e utilizá-las. Três etapas foram realizadas para a análise das entrevistas. A primeira foi a criação de um comparativo geral e quantitativo, mostrando pontos de convergência entre os sujeitos na relação com a leitura on-line. Na segunda, foram descritos os percursos individuais com os saberes, os móbeis e os sentidos que favoreceram a apropriação das tecnologias digitais e da leitura on-line. Na terceira, foram apresentadas e discutidas as categorias e subcategorias que surgiram após a análise. Por fim, foi possível concluir que os docentes que tiveram contato, na juventude, apresentavam maior interesse pela tecnologia digital e se entusiasmavam com as possibilidades disponibilizadas pelas ferramentas, apropriando-se melhor da leitura eletrônica e dos recursos tecnológicos digitais para comunicação e informação. Outros docentes incorporaram em suas práticas diárias a leitura eletrônica em suportes digitais mais pela necessidade imposta pela profissão, pois a tecnologia facilita a pesquisa, o acesso à informação e a comunicação com os alunos e com a própria universidade.
Abstract: The objective of this thesis was to analyze the relationship of professors at the Federal University of Ceará (UFC) with the appropriation of electronic reading. Among the specific objectives, it was intended to describe the knowledge already built on which the appropriation of electronic reading is supported; evaluate the process of mobilization of teachers for the appropriation of electronic reading and identify the meaning attributed by teachers to the appropriation of this reading. The theoretical foundation started from the concepts of Bernard Charlot's Theory of Relationship with Knowledge (2000). The notions of knowledge, mobilization, mobiles, meaning and value in the appropriation of knowledge helped to analyze the data that were collected, through a semi-structured interview, with biographical narratives being the main sources. The research subjects were nine professors, over 40, from the Faculty of Education, UFC. Teachers were literate, finished high school and entered undergraduate courses, without using TDIC in their daily lives. They got used to the resources made available by the popularization of the Internet, in the mid-1990s. In addition, the choice of subjects based on the age range considered that they had access to the Internet and to electronic reading, really, only as adults and that is why they had to take ownership of these technologies in order to use them. Three steps were taken to analyze the interviews. The first step was the creation of a general and quantitative comparison, showing points of convergence between the subjects in relation to online reading. In the second stage, the individual paths were described with the knowledge, mobiles, motives and meanings that led to the appropriation of digital technologies and online reading. In the third stage, the categories and subcategories that emerged after the analysis were presented and discussed. After this investigation, it was possible to conclude that professors, who had contact in their youth, were more interested in digital technology and were enthusiastic about the possibilities that the tools made available, appropriated more of electronic reading and digital technological resources for communication and information. Other teachers incorporated electronic reading into digital media in their daily practice, more because of the need imposed by the profession, as technology facilitates research, access to information and communication with students and with the university itself.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/59939
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_tese_msfreitas.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.