Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/59962
Title in Portuguese: Insegurança hídrica domiciliar em Fortaleza/CE
Title: Household water insecurity in Fortaleza/CE
Author: Gomes, Whiliane da Silva Nascimento
Advisor(s): Santos, Jader de Oliveira
Co-advisor(s): Jepson, Wendy Elizabeth
Keywords: Insegurança hídrica domiciliar
Sistemas de abastecimento de água
Escala HWISE
Escala de insegurança hídrica domiciliar
Issue Date: 2020
Citation: GOMES, Whiliane da Silva Nascimento. Insegurança hídrica domiciliar em Fortaleza/CE. 2020. 93 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: A água tem se tornado alvo de preocupações em várias esferas sociais em todo o mundo. A situação física e quantitativa desse recurso natural influencia diretamente as condições de disponibilidade e acesso ao mesmo e também à qualidade de vida e bem-estar das famílias. Nessa perspectiva, a compreensão sobre a insegurança hídrica tem ganhado força em diferentes níveis de análise. A partir do conceito de insegurança hídrica a nível domiciliar, observa se que é imprescindível refletir sobre suas dimensões, as quais são: acesso, qualidade e estresse percebido. Os dados para esse nível de pesquisa também é diferenciada, pois tem como foco a compreensão da relação e experiência cotidiana dos agregados familiares com a água. Considerando esse contexto, objetiva se nesta pesquisa realizar a caracterização socioeconômica da população da área e d as fontes de água utilizadas; aplicar a escala de insegurança hídrica domiciliar avaliar a paisagem da água e o nível de insegurança do contexto do trabalho. Para tanto, utiliza se a metodologia quali quantitativa e o s seguintes processos metodológicos: pesquisa bibliográfica, documental e de levantamento; coleta de dados primários a partir da aplicação de questionários fundamentados na escala HWISE ; tabulação e processamento dos dados; elaboração de mapas temáticos; e testagem e validação da escala. Observa se com os resultados obtidos que as famílias possuem renda, em média, de até dois salários mínimos. Estas possuem acesso, no mínimo, a uma fonte de água que, em geral, é a fornecida pela rede geral de abastecimento (CAGECE), utilizada para as tarefas domésticas e higiene. Constata se ainda que a segunda fonte mais usual é proveniente de água engarrafada, usada para beber. A busca por fontes alternativas de água, no que se refere à engarrafada , é justificada pela sensação de qualidade e bem estar que oferece , segundo os participantes da pesquisa . Os usuários consideram que sua qualidade é superior a oferecida pela rede geral, esta caracterizada como imprópria para beber e, em alguns casos, cozinhar. Por fim, a escala de insegurança hídrica domiciliar constata que as famílias estão sob uma situação de seguridade hídrica devido a existência de um sistema complementar de água.
Abstract: Water has become a target of concern in various social spheres around the world. The physical and quantitative situation of this natural resource directly influences the conditions of availability and access to it and also the quality of life and well-being of families. In this perspective, the understanding of water insecurity has gained strength at different levels of analysis. From the concept of water insecurity at home, it is observed that it is essential to reflect on its dimensions, which are: access, quality and perceived stress. The data for this level of research is also differentiated, as it focuses on understanding the relationship and everyday experience of households with water. Considering this context, the objective of this research is to carry out the socioeconomic characterization of the population of the area and the sources of water used; apply the household water insecurity scale; assess the water landscape and the level of insecurity in the work context. For this, the qualitative and quantitative methodology and the following methodological processes are used: bibliographic, documentary and survey research; collection of primary data through the application of questionnaires based on the HWISE scale; tabulation and data processing; elaboration of thematic maps; and testing and validation of the scale. It can be seen from the results obtained that families have an average income of up to two minimum wages. These have access, at least, to a source of water that, in general, is provided by the general supply network - (CAGECE), used for domestic and hygiene tasks. It appears that the second most common source is from bottled water, used for drinking. The search for alternative sources of water, with regard to bottled water, is justified by the feeling of quality and well-being it offers, according to the research participants. Users consider that its quality is superior to that offered by the general chain, which is characterized as unsuitable for drinking and, in some cases, cooking. Finally, the household water insecurity scale shows that families are under a situation of water security due to the existence of a complementary water system.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/59962
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_wsngomes.pdf2,81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.