Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/60112
Title in Portuguese: Efeito da fibrina rica em plaquetas sobre dor, cicatrização de tecido mole, condição periodontal e reparo ósseo em alvéolos de terceiros molares mandibulares: ensaio clínico randomizado triplo-cego
Author: Moraes, Raissa Pinheiro
Advisor(s): Soares, Eduardo Costa Studart
Co-advisor(s): Costa, Fábio Wildson Gurgel
Keywords: Fibrina Rica em Plaquetas
Dente Serotino
Dor
Cicatrização
Ensaio Clínico
Issue Date: 2-Aug-2021
Citation: MORAES, R. P. Efeito da fibrina rica em plaquetas sobre dor, cicatrização de tecido mole, condição periodontal e reparo ósseo em alvéolos de terceiros molares mandibulares: ensaio clínico randomizado triplo-cego. 2021. 90 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.
Abstract in Portuguese: A cirurgia para remoção de terceiros molares constitui procedimento rotineiramente realizado na Odontologia, o qual se encontra associado a eventos inflamatórios e possíveis complicações. Desta forma, estudos têm sido desenvolvidos com objetivo de reduzir tais efeitos, além de acelerar e melhorar o processo cicatricial, proporcionando menor morbidade e, consequentemente, maior conforto pós-operatório. A Fibrina Rica em Plaquetas (L-FRP) é um concentrado plaquetário autólogo, obtido por meio de centrifugação, que propõe estimular e acelerar o processo natural de reparo, além de auxiliar na correção de tecidos moles e duros. Apesar de haver muitas pesquisas nessa área envolvendo a utilização da L-FRP em alvéolos, após exodontia de terceiros molares inferiores, faltam ainda ensaios clínicos bem delineados. Assim, o objetivo do presente trabalho consistiu em avaliar os efeitos da L-FRP sobre a dor, a cicatrização de tecido mole, a condição periodontal e o reparo ósseo pós-exodontia de terceiros molares inferiores. Realizou-se ensaio clínico randomizado, prospectivo, triplo-cego, de boca-dividida, com 28 pacientes (56 exodontias) voluntários que necessitavam da remoção de terceiros molares mandibulares, com padrões similares de inclusão óssea e dificuldade cirúrgica, entre os lados direito e esquerdo. Os pacientes elegíveis foram randomicamente alocados em dois grupos: G1 (sem aditivo), G2 (alvéolo preenchido por L-FRP), e a remoção dos dois elementos dentários foi feita no mesmo momento cirúrgico. Utilizaram-se das seguintes metodologias de avaliação: dor por meio da Escala Visual Analógica (EVA) e tecido mole mediante os escores modificados de Landry (1988) e da sondagem periodontal em região distal do segundo molar inferior. O reparo ósseo foi determinado por meio da análise volumétrica pelo software ITK-SNAP e pela avaliação da qualidade óssea determinada pela análise fractal no software ImageJ. Essas análises foram feitas por um examinador calibrado. O uso da L-FRP reduziu a dor no acompanhamento de sete dias pós-operatório (p=0,019), melhorou a cicatrização de tecido mole em um mês de acompanhamento (p=0,021) e a profundidade de sondagem (face distal) em três meses pós-operatório (p=0,011). Quanto ao volume, houve redução significativa alveolar três meses após a cirurgia (p<0,01) em ambos os grupos, porém mais significativa no controle. Apesar dos resultados sugerirem que a L-FRP influencia, de forma positiva, o início do reparo ósseo, não houve diferenças estatísticas em relação à dimensão fractal entre os grupos (p>0,05). Logo, o presente estudo demonstrou que o uso da L-FRP melhora os parâmetros clínicos pós-operatórios de dor, cicatrização de tecido mole e condição periodontal e sugere que apresenta efeito benéfico na preservação da crista alveolar e aceleração do processo inicial de reparo.
Abstract: Surgical removal of third molars is a procedure routinely performed in dentistry often associated with inflammatory events which result in complications. Thus, several studies have attempted to find alternatives to not only reduce these effects but also to accelerate and improve the healing process, providing less morbidity and greater postoperative comfort. The platelet-rich fibrin (L-PRF) is an autologous platelet concentrate obtained through centrifugation which stimulates and accelerates the natural tissue repair process. It also helps the regeneration of soft and hard tissues. The literature still lacks well-designed clinical trials investigating the use of L-PRF in alveoli after lower third molar extraction. Therefore, the aim of this study was to evaluate the effects of L-PRF on pain, soft tissue healing, periodontal condition, and post-extraction bone repair of lower third molars. A randomized, prospective, triple-blind, split-mouth clinical trial was carried out with 28 volunteers (56 extractions) who needed the removal of mandibular third molars with similar patterns of bone impaction and surgical difficulty. Eligible patients were randomly allocated into two groups: G1 (without L-PRF), G2 (alveoli filled with L-PRF), whereby the removal of the two dental elements was performed at the same surgical time. Pain was evaluated through the visual analogue scale (VAS), whereas soft tissue healing was evaluated according to the scoring system proposed by Landry et al. (1988) and the periodontal probing of the lower second molar. Bone repair was determined through volumetric analysis using the ITK-SNAP software and through bone quality determined by fractal analysis using the ImageJ software. These analyses were performed by a calibrated examiner. The use of L-PRF reduced pain in the 7-day postoperative follow- up (p=0.019) and improved soft tissue healing after 1 month of follow-up (p=0.021) as well as probing depth (distal face) in 3 months postoperatively (p=0.011). There was a significant alveolar reduction 3 months after surgery (p<0.01) in both groups, although it was more significant in G1. Despite the suggestive results that L-PRF positively affects the initial bone healing process, there were no statistical differences related to the fractal dimension (p>0.05). Therefore, the present study demonstrated that the use of L-PRF improves postoperative clinical parameters of pain, soft tissue healing, and periodontal condition, suggesting that L-PRF has a beneficial effect in preserving the alveolar ridge and accelerating the initial repair process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/60112
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_dis_rpmoraes.pdfPARCIAL-2023146,38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.