Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/60269
Title in Portuguese: Os "claros" e "escuros" do discurso ideológico : a ideologia subjacente aos textos de enfermagem em centro-cirúrgico
Author: Bottosso, Rosa Maria
Advisor(s): Passos, Elizete Silva
Keywords: Enfermagem
Centros Cirúrgicos
Enfermagem Perioperatória
Issue Date: 1997
Citation: BOTTOSSO, Rosa Maria. Os 'claros' e 'escuros' do discurso ideológico: a ideologia subjacente aos textos de enfermagem em centro-cirúrgico.1997. 196 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem, Universidade Federal da Bahia, Salvador,1997.
Abstract in Portuguese: Este estudo tem como objetivo geral analisar o discurso ideológico subjacente aos textos de enfermagem em centro cirúrgico, os quais foram utilizados pelas docentes das Escolas de Enfermagem no Brasil, no período de 1990 a 1996. Especificamente, ele se propôs a identificar o material bibliográfico utilizado no ensino de enfermagem em centro cirúrgico nas escolas brasileiras, verificar e analisar o discurso ideológico veiculado nos textos de enfermagem em centro cirúrgico. Foi utilizado como pressuposto metodológico o materialismo histórico, uma vez que este se articula com a análise do discurso, facilitando a interpretação no contexto histórico e social. Apresenta-se dividido em quatro capítulos. No primeiro — A ideologia e sua implicações na educação — desenvolveram-se conceitos de ideologia, relacionando-a com as práticas educativas, com os educadores, com os currículos e com a linguagem escrita. O segundo capitulo — A ideologia presente nas práticas cirúrgicas ao longo da história resgatou os aspectos importantes das práticas cirúrgicas que interferiram no modo de ser e pensar da enfermeira de centro cirúrgico. No terceiro — Implicações ideológicas na formação de enfermeira atuante em centro cirúrgico procurou-se identificar como este conteúdo foi sendo introduzido nas escolas através do currículo mínimo e traçou-se um panorama geral das escolas de enfermagem que fazem parte da amostra. O quarto capítulo Os textos de enfermagem em centro cirúrgico e seu sentido oculto — constituiu-se da análise do discurso ideológico dos textos selecionados. A partir deles, foram levantadas cinco categorias básicas: o saber da enfermeira de centro cirúrgico e sua articulação com o poder instituído na área da saúde; a posição da enfermeira na equipe cirúrgica; o espaço como expressão de poder; o perfil (atribuições) que a literatura define para a enfermeira e a ideológica veiculada através das imagens nos textos Na primeira concluiu-se que o conhecimento da enfermeira segue o modelo biomédico em decorrência da ideologia que valoriza o saber técnico a serviço da manutenção dos interesses das classes hegemônicas da sociedade capitalista Na segunda categoria, evidenciou-se a posição tradicional de enfermeira enquanto chefe administradora/fiscalizadora. que atende às necessidades da produção e coloca-se como auxiliar do cirurgião Na terceira categoria -- O espaço como expressão de poder — os textos demonstraram a ausência de um local especifico para a enfermeira, enquanto líder e participante de uma equipe. Na quarta categoria — O perfil (atribuições) que a literatura define para a enfermeira ficou evidente que as atribuições conferidas à profissional enfermeira seguem os modelos tradicionais de administração, não havendo, também, participação articulada, crítica e política. No que se refere à difusão ideológica através das imagens veiculadas nos textos utilizados para o ensino de enfermagem em centro cirúrgico, constatou-se, através de símbolos representativos na sociedade, imagens que conservam a profissional num fazer considerado menor e desfragmentado enquanto ciência. Finaliza se, recomendando que os livros e artigos utilizados no ensino, devem ser investigados, uma vez que estes abrigam a ideologia dominante, transmitindo-a através do discurso aparentemente científico. Nessa perspectiva, cabe à enfermeira, ao desenvolver o saber, buscar, nas diversas formas que a linguagem oferece, instrumentos que subsidiem o desenvolvimento do pensamento crítico a fim de, além de compreender o mundo que a cerca, agir sobre ele.
Abstract: This study has as general objective to analyze ideology discourse subjacent to the nursing texts in Operating Roon. what were used for Nursing Scool s teachers in Brazil, from 1990 until 1996 Specifically, it itself proposed to identify the bibliographic material used in nursing theaching in Operation Roon Nursing at Brazilian Scool; verify and to analyse the ideolgy discourse spreaded on nursing text in Operating Roon Nursing. It was used like methodological presupposed the historical materialism, once it’s articulated with the discourse analysis, turning the contextualizated interpretation easier historical and socielly. It is divided in four chapters. In the first —The ideology and its implications in education it was developed a concep of ideology. curriculum and the written language. In the second — The present ideology in the surgical practices along the history — it was rescued the important aspects of the surgical practices that interfered in the way of being and thing of the Operating Room s Nurse. In the third Ideology Implication in education of nurses that act in Operating Room it was tned to identify the way this content was being introduced at schools through minimum curriculun and it was made a general landscape of nursing Schools that are present in the sample. In the fourth Nursing texts in Operating Room and their occult sense it was builded up from an analysis of ideology discourse of the selected texts Starting from them, we ve got five basic categories: the operation room nurse’s knowledge and her articulation with instituted power in health area; the nurse’s position in the surgical group; the space as power expression; the roles attributed to the nurses; the ideology difusion through the spreaded images on the text In the first, we conclude nurse knowledge proceed along a biomedical model in running away of the ideology that value the techical knowledge for maintain Service of hegemonic classes’ interest of capitalist society In the second category, it was evidenced the nurse tradicional position while administrator/inspector boss who supplies the production needs and stands like surgeon s assistant In the third category The space as power expression the texts showed the absence of a specifc place to the nurse. while leader and participant of a group. In the fourth category — The roles attributed to the nurses it became evident the attribuitions made to the nurse as a prefessional proceed along the traditional models of adrninistration. and frorn non articulated participation criticai end political. Abouth the ideology diffusion through the spreaded images on the used text to the nurse teaching in operating room, it was inquired, through representative symbols in society, images that keep the professional in a making considered smaller end dismembered while Science. Finisches, recommending the books and articles used in teaching, must be investigated, once the ones shelter the ruling ideology, transmitting it through the dicourse apparently scientific In this perspective, the nurse must, when developing the knowledge, get in several forms language offers, instruments that subsidize the development of the criticai thinking with the purpose of, besides comprehending the world around it, to act on it.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/60269
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas em outras instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1997_dis_rmbottosso.pdf99,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.