Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6040
Título: Autobiografização e formação de juventudes : uma reflexão sobre a produção da vida na periferia
Título em inglês: Autobiografphization and formation of youths: a reflection on the production life in periphery
Autor(es): BRAGA, Osmar Rufino
Orientador(es): LINHARES, Ângela Maria Bessa
Palavras-chave: Youth formation
Life stories
Jovens pobres - educação - Pici (Fortaleza, CE)
Jovens pobres – condições sociais - Pici (Fortaleza, CE)
Periferias - aspectos sociais - Pici (Fortaleza, CE)
Educação - Métodos biográficos
Data do documento: 2013
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: BRAGA, O. R.; LINHARES, Â. M. B. (2013)
Resumo: Este trabalho trata de uma reflexão sobre autobiografização e formação de juventudes na periferia da cidade de Fortaleza (CE) e visa analisar e refletir sobre os processos (auto) formativos de produção de si vividos nos grupos juvenis e sobre a produção da vida pessoal e coletiva no contexto da periferia Parte pois do contexto socioespacial em que vivem os jovens e as jovens co-pesquisadores e co-pesquisadoras da pesquisa abordando a condição juvenil trazendo à tona o imaginário social contemporâneo e o campo das juventudes populares destacando as significações sociais em torno desses segmentos no mundo atual Essas reflexões apoiam-se em estudos de Henri Lefebvre José de Souza Martins Ana Fani Carlos J Habermas Hannah Arendt Karl Mannheim Pierre Bourdieu Giusepper Cocco Machado Pais Juarez Dayrell Antonio Negri dentre outros e outras É resultado de uma pesquisa qualitativa com base epistemológica no campo da educação com fundamentação nos elementos teórico-metodológicos da Pesquisa-ação e da Biografização acionando um dispositivo de pesquisa autobiográfica nomeado de “Museu das Juventudes: construção e movimento” Três instrumentos deste dispositivo são utilizados para produzir e analisar os dados da pesquisa os “Círculos de Contação de Si” as “Cenas Fulgores” e o “Projeto-futuro” O trabalho parte das histórias de vida dos jovens e das jovens integrantes de grupos artístico-culturais que atuam no Pici locus da pesquisa: Bando Oco do Mundo Maria das Vassouras Soltando a Voz Coletivo Muquifo de Teatro Subvercine Grafiticidade Casa da Mãe Joana e a ONG Escuta Todos esses grupos estão organizados em torno do Coletivo de Culturas Juvenis (CCJ-Fortaleza) articulação que agrega os referidos grupos e tem o apoio técnico e político da ONG Diaconia instituição também integrante da pesquisa Autores como Jorge Larossa Michel Foucault Delory-Momberger Christine Josso Jacques Ardoino Martín-Barbero Jean Piaget Edgar Morin Maria Sposito dentre outros e outras foram fundamentais nesta parte da pesquisa Os processos (auto) formativos juvenis na periferia também são analisados a partir de cenas fulgores recurso cênico utilizado para trazer à tona dimensões do vivido juvenil favorecendo reflexões de aspectos da subjetividade dos sujeitos donde o corpo é considerando como material biográfico As cenas fulgores favoreceram uma abordagem da condição juvenil com recorte de gênero O construto utilizado na produção de dados culmina com a construção dos projetos-futuro instrumental a partir do qual os sujeitos constroem ações que apontam para a continuidade de sua (auto) formação considerando o conceito de formabilidade Pretende-se que os achados da pesquisa contribuam para pensar os processos de formação no campo formal não-formal e informal na periferia na área da educação, podendo também serem úteis como corpus de conhecimento para a sociologia da juventude
Abstract: This work is a reflection about autobiographization and outh formation on the outskirts of Fortaleza (CE). The research aims to analyse and reflect on self production (auto) formative processes lived by youth groups and it is about the personal and collective life production in the context of the suburbs. Therefore, it comes from the sociospatial context where live the young people, co-researchers of this work, dealing with the youth condition, and showing the contemporaneous social imaginary and the popular youth field, highlighting the social signification around these segments in the world today. These reflections rely on studies of Henri Lefebvre, José de Souza Martins, Ana Fani Carlos, J. Habermas, Hannah Arendt, Karl Mannheim, Pierre Bourdieu, Giusepper Cocco, Machado Pais, Juarez Dayrell, Antonio Negri, among others. The work is a result of a qualitative research on epistemological base in education field, with groundwork in theoretical-methodological elements of the research-action and of the biographization, activating a device of autobiographical research, created by the author, named of “youth museum”: construction and movement. Three instruments of this device are used to produce and analyse the research data: the “self-telling stories”, “ the bright scenes”, and the “future-project”. The work starts with the life stories of young people components of artistic-cultural groups that act in Pici, place of the research: “Bando Oco do Mundo”, “Maria das Vassouras”, “Soltando a Voz”, “Coletivo Muquifo de Teatro”, “Subvercine”, “Grafiticidade”, “Casa da Mãe Joana” and the “Escuta” NGO. All these groups are organized around the “Coletivo de Culturas Juvenis” (CCJ – Fortaleza), articulation that joins the mentioned groups and has the technical and political support of Diaconia NGO, institution also component of the research. Authors as Jorge Larossa, Michel Foucault, Delory-Momberger, Christine Josso, Jacques Ardoino, Martin-Barbero, Jean Piaget, Edgar Morin, Maria Sposito, among others, were essential to this part of the research. The youth (auto) formative processes in the suburbs are also analysed from “bright scenes”, scenic resource used to come to surface dimensions of the youth lived, facilitating reflections of the aspects of the subjectivity of the subjects where the body is considered biographical material. The bright scenes favored a youth condition approach with gender cutting. The construct used in the data production culminates with the construction of the future-projects, instrument from which the subjects build actions that points to a continuity of their (auto) formation, considering the concept of formability. It intends that the research findings contribute to think the formation processes in the formal, non-formal and informal field in the suburbs in the education area. it can also be useful as corpus of knowledge to the youth sociology.
Descrição: BRAGA, Osmar Rufino. Autobiografização e formação de juventudes : uma reflexão sobre a produção da vida na periferia. 2013. 371f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6040
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013-TESE-ORBRAGA.pdf4,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.