Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6061
Título: A educação ambiental e a sustentabilidade: abordagem ecorrelacional no assentamento da Fazenda Angico
Título em inglês: Environmental education and sustainability: eco-relational approach in the settlement of Finance angico
Autor(es): SILVA, Manoel Sampaio da
Orientador(es): FIGUEIREDO, João Batista de Albuquerque
Palavras-chave: Sustainability
Environmental education
Prática de educação ambiental
Sustentabilidade ambiental
Assentamentos rurais
Data do documento: 2013
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: SILVA, M. S.; FIGUEIREDO, J. B. A. (2013)
Resumo: O reconhecimento da Educação Ambiental como um importante mecanismo de interação político-social e econômica e fator essencial à melhoria da qualidade de vida das pessoas do meio rural, incentivou a intenção de desenvolver esta pesquisa com as famílias assentadas da Fazenda Angico, no sentido de assegurar a sustentabilidade local em uma perspectiva ecorrelacional. Nesse sentido, realizou-se uma pesquisa qualitativa, fundamentada numa pesquisa bibliográfica e de campo, do tipo estudo de caso, das percepções dos assentados em relação aos aspectos ecológicos e à utilização dos recursos naturais existentes na área, de forma a assegurar a sustentabilidade do meio. Nessa perspectiva, procurou-se um estudo das implicações e contradições das práticas educativas dos assentados no nível de consciência ecologicoambiental; adotou-se uma metodologia com a aplicação de entrevistas com 17 autores sociais vistos como referências no assentamento, contando com a contribuição da Perspectiva Ecorrelacional-PER sobre as práticas socioambientais responsáveis, executadas pelo coletivo das famílias; que possam auxiliar na elaboração de uma proposição interventiva; O objetivo geral do estudo é analisar as práticas socioambientais das famílias assentadas como dispositivo colaborativo na formação de uma consciência ecorrelacional; as práticas ambientais ancestrais, que ainda são executadas pelo coletivo dos assentados relacionados ao solo, terra, água, agricultura, criação dos animais, o lixo, agrotóxicos. Foram constatadas práticas socioambientais no cotidiano dos assentados do Angico no trato com as sementes, no cuidado diário para o não desperdício da água, bem como no relacionamento com os recursos do solo, da fauna e da flora, destacando, principalmente, a convivência harmoniosa entre si.
Abstract: The recognition of environmental of education as an important mechanism of politico-social and economic interaction, and essential factor to the improvement of people life quality in rural areas encouraged in me the desire to develop this research with families settled in Angico Farm, aiming to ensure the local sustainability in an ecorelational perspective. Accordingly,a qualitative study based on a bibliographic and local research was carried out, a case study of settled people perception relating to the ecological aspects and to the use of the natural resources of the place, aiming to ensure the place sustainability. In this perspective, it was sought to study the implications and contradictions of educational practices of settled people in the ecological environmental consciousness level. It was used a methodology with interviews with 17 social authors who were references into the settlement, with input of Eco-relational Perspective-PER on the responsible socio environmental practices executed by the group of families, which can help in the construction of an interventional proposition. The general objective of the study is to analyze the socio environmental practices of the settled families as a collaborative device in the building of an ecorelational consciousness; ancestor environmental practices, which are still performed by the group of settled families relating to the soil, land, water, agriculture, livestock, garbage, pesticides. Socio environmental practices were found in the daily of Angico settled families relating to the feeds treatment, to the daily water care to avoid water wastage, as well as to the soil, fauna and flora resources relationship, highlighting, mainly, the harmonious coexistence.
Descrição: SILVA, Manoel Sampaio da. A educação ambiental e a sustentabilidade: abordagem ecorrelacional no assentamento da Fazenda Angico. 2013. 190f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6061
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013-TESE-MSSILVA.pdf1,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.