Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6091
Título: Os efeitos da renda e da desigualdade na redução da extrema indigência no Brasil
Autor(es): Coelho, José Alves
Orientador(es): Barreto, Flávio Ataliba Flexa Daltro
Palavras-chave: Desigualdade de Renda
Pobreza
Extrema Indigência
Crescimento
Data do documento: 2009
Citação: COELHO, José A. (2009)
Resumo: A redução da pobreza está intimamente relacionada com que ocorre com a desigualdade e a renda média, sendo a grande questão identificar quais políticas de crescimento econômico têm mais efetividade para reverter tal situação de forma mais acelerada: se políticas que estimulem o crescimento da renda média da economia ou políticas que estimulem a redução da desigualdade entre os indivíduos. Esta pesquisa estima as elasticidades-renda e desigualdade para o segmento da população brasileira em situação de extrema indigência, com base nos da PNAD do período 1995 a 2007. As elasticidades estimadas evidenciam que, para o Brasil, as políticas de combate à extrema indigência através da redução da desigualdade exercem um impacto mais significativo do que o aumento da renda. Por outro lado, tomando por base o efeito sob as regiões brasileiras, verifica-se que para regiões Norte e Nordeste a elasticidade-desigualdade é bem mais sensível do que a elasticidade-renda, enquanto para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste verifica-se o aumento da elasticidade renda e a diminuição da elasticidade-desigualdade em comparação com o Brasil e com as regiões Norte e Nordeste. Mesmo assim, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste o efeito desigualdade ainda é superior ao efeito renda, a exemplo dos resultados encontrados para o Brasil e para as regiões Norte e Nordeste. Ademais, estimaram outros modelos considerando uma dummy para captar o efeito entre os Governos FHC e Lula, o resultado sugere um efeito negativo sobre a indigência e, isto representa que o período de 2003 a 2007 a pobreza caiu. De uma maneira geral, os resultados sugerem que a redução da desigualdade tem um impacto muito mais expressivo do que o aumento da renda na camada da população em situação de extrema indigência.
Abstract: Poverty reduction is closely related to what happens to income inequality and average, and the big question to identify which policies of economic growth are more effective to reverse this situation most quickly, if policies that encourage the growth of average income of the economy or policies that encourage the reduction of inequality among individuals. This study estimates the income elasticity and inequality for the segment of the Brazilian population in extreme poverty based on PNAD the period 1995 to 2007. The elasticities show that, for Brazil, policies to combat extreme poverty through the reduction of inequality have a greater impact than the increase in income. Furthermore, based on the effect in the regions of Brazil, it appears that for the North and Northeast elasticity inequality is much more sensitive than the income elasticity, while in the South, Southeast and Midwest notes the increase in income elasticity and declining inequality elasticity compared with Brazil and the North and Northeast. Still, in the South, Southeast and Midwest have the effect of inequality is higher than the income effect, the example of the results found for Brazil and the North and Northeast. In addition, other models estimated considering a dummy to capture the effect of the FHC and Lula governments, the result suggests a negative effect on poverty, and this represents the period from 2003 to 2007 poverty fell. In general, the results suggest that the reduction of inequality has a much more significant than the increase in the income section of the population in extreme poverty.
Descrição: COELHO, José Alves. Os efeitos da renda e da desigualdade na redução da extrema indigência no Brasil. 2009. 40f. Dissertação (mestrado profissional em economia do setor público) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6091
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dissert_jacoelho.pdf175,44 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.