Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6092
Título: Abertura de capital e os impactos da crise financeira nos setores Banco, Construção Civil, e Serviços Médicos do Brasil: uma abordagem via avaliação por múltiplos de mercado no período 2006-2009
Autor(es): Cavalcante Junior, José Artur
Orientador(es): Simonassi, Andrei Gomes
Palavras-chave: Crise Financeira
Data do documento: 2009
Citação: CAVALCANTE JUNIOR, José Artur (2009)
Resumo: Considerando os impactos da crise financeira internacional de 2008 sobre a economia brasileira, o estudo combina técnica econométrica e de avaliação de empresas para explicitar como a crise atingiu o mercado financeiro nacional. Em um primeiro momento, testes para detectar mudanças estruturais na atividade do mercado financeiro nacional, medidos através do valor das empresas, indicaram três trajetórias distintas: uma trajetória ascendente de 03/01/2005 a meados de maio de 2008; um período de declínio de meados de maio a meados de outubro de 2008 e um período de recuperação iniciado entre 15 e 20 de outubro deste ano a setembro de 2009. Constata-se ainda a fragilidade de empresas novas que abriram capital, quando atingidas por choque adverso exógeno como foi a crise do subprime de 2008. Em um segundo momento, nos três setores analisados: banco, construção civil e serviços médicos, selecionados de acordo com o possível maior ou menor impacto da crise, as empresas entrantes apresentaram uma redução de valor bem superior à das empresas consolidadas. Dos setores analisados, constata-se que construção civil foi o mais afetado pela crise, o que justifica ser neste o foco das políticas governamentais de estímulo ao crédito no Brasil.
Abstract: Regarding the impact of 2008’s financial crisis on Brazilian economy, this essay combines econometric and valuation techniques to explain how that crisis hit Brazilian economy. Tests for structural changes applied to financial indicators show three different trends: a growing trend between 03/01/2005 and mid-May 2008; a period of decline in the value of companies started in mid-May until the mid of October and a period of recovery from October to September of 2009. It verifies also the fragility of companies that made IPO when hit by an exogenous adverse shock as the subprime crisis of 2008. In all three sectors analyzed, the reduction on the enterprises values was higher for the younger. Among the selected sectors, housing was the most affected by the crisis, which justifies this as the focus of government policies to stimulate credit in Brazil.
Descrição: CAVALCANTE JÚNIOR, José Artur. Abertura de capital e os impactos da crise financeira nos setores banco, construção civil e serviços médicos do Brasil: uma abordagem via avaliação por múltiplos de mercado no período 2006-2009. 2009. 53f. Dissertação (mestrado profissional em economia do setor público) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6092
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dissert_jacavalcantejunior.pdf458,55 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.