Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6100
Título: A expressão da evidencialidade no discurso político: uma análise da oratória política da Assembléia Legislativa do Ceará
Título em inglês: The expression of evidentiality in political speech: an analysis of political speech of the State Legislature of Ceará.
Autor(es): Lucena, Izabel Larissa
Orientador(es): Nogueira, Márcia Teixeira
Palavras-chave: Linguistica
Gramática Funcional
Evidencialidade
Graus de (des)comprometimento
Discurso Político.
Funcionalismo(Linguística)
Análise linguística
Discursos parlamentares – Fortaleza(CE)
Functional Grammar
Evidentiality
Degrees of public speaker’s commitment Political Discourse.
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Lucena, I. L.; Nogueira, M. T. (2008)
Resumo: Este trabalho tem como objetivo investigar a expressão da evidencialidade e sua relação com os graus de comprometimento dos oradores com os conteúdos enunciados na construção da argumentação no discurso político. Para tal fim, analisamos trinta discursos (subdivididos em dois grupos temáticos: 1º grupo – a vinda da Refinaria de Petróleo para o Ceará; 2º grupo – a Transposição do Rio São Francisco), proferidos no Pequeno Expediente de Sessões Ordinárias na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, durante o período de 2005 e 2006. A evidencialidade é analisada, neste trabalho, quanto aos aspectos sintáticos (meio lingüístico, posição no enunciado), semânticos (tipo de fonte, estratégia de veiculação da informação no enunciado, o que está diretamente relacionado ao modo como o enunciador deseja demonstrar que obteve a informação por ele apresentada) e pragmáticos (graus de comprometimento do político com o conteúdo do seu discurso, imagens por ele suscitadas no processo argumentativo, papéis discursivos assumidos pelos itens evidenciais). Sustentamos a hipótese de que fatores de ordem conceptual, interacional e contextual, como os propósitos enunciativos do político, as condições de produção e a imagem que esse político deseja construir de si ante o auditório, condicionam a manifestação da evidencialidade, o tipo de qualificação evidencial, bem como os efeitos de sentido de (des)comprometimento do político com o seu discurso. Adotamos, principalmente, a base teórica funcionalista, em que o usuário assume papel central na investigação; a descrição lingüística inclui, portanto, referência ao falante, ao ouvinte e a seus papéis e estatutos definidos na interação verbal (DIK, 1989). Os resultados obtidos revelam que, na construção da argumentação no discurso político, predomina o uso de marcas evidenciais do tipo relatado de fonte definida, comprovando que o político prefere não se comprometer com a informação reportada, assegurando ao interlocutor a possibilidade de avaliar por si só a validade da informação, de acordo com a qualidade da fonte expressa. Com relação às marcas evidenciais que assumimos como atinentes ao eixo do enunciador (experienciais, inferenciais e subjetivas), verificamos que, embora em menor quantidade, constituem estratégias importantes na construção de imagens legitimadoras da ação política, já que o enunciador se mostra como alguém convicto de suas idéias e projetos. Quanto aos aspectos morfossintáticos da evidencialidade, observamos que o verbo é o meio de expressão mais freqüente dessa categoria, ocupando, majoritariamente, a posição intercalada (entre a fonte e o conteúdo enunciado).
Abstract: The present research aims at investigating the expression of evidentiality and its relation to the degrees of public speaker’s commitment with the contents uttered in political speech argumentation’s construction. Thirty speeches, subdivided in two thematic groups: 1) the arrival of a petrol refinery in the state of Ceará; and 2) the transposition of São Francisco River, and delivered in the Small Expedient of Ordinary Sessions in the State legislature of Ceará, from 2005 to 2006, consisted the corpus of analysis. In this work, evidentiality analysis is concerned with the syntactic aspects (linguistic contexts, position in the statement), semantic (type of source, strategy of information’s dissemination in the statement, what is directly related to the way as the speaker desires to demonstrate that he got the information presented by himself) and pragmatic (degrees of commitment of the politician with the content of his speech, elicited images in the argumentative process, discursive roles assumed by the items of evidence). We support the hypothesis that factors of conceptual, interacional and contextual order, as the communicative intentions of the politician, the conditions of production and the image that this politician desires to construct of himself before the audience, condition the evidentiality manifestation, the type of evidential qualification, as well as the (lack of) commitment’s effects of meaning from the politician with his speech. We adopted, mainly, the functionalist theoretical basis, in which the user assumes a central role in the inquiry; the linguistic description includes, therefore, reference to the speaker, to the listener and to their roles and statutes defined in the verbal interaction (DIK, 1989). The results reveal that, in political speech argumentation’s construction, the use of evidences marks from the cited defined type of source prevails, proving that the politician prefers not to commit himself to the reported information, assuring to the interlocutor this responsibility to evaluate the validity of the information, in accordance with the quality of the expressed source. With regard to the evidential marks that we assume as referents of the speaker’s axis (inferential and subjective experiences), we verify that, although in lesser amount, they constitute important strategies in the construction of political action’s legitimating images, since the speaker shows confidence in his ideas and projects. Concerning the morphosyntatic aspects of the evidentiality, we observe that the verb is the way of more frequent expression of this category, occupying, mainly, the intercalated position (between the source and the declared content).
Descrição: LUCENA, Izabel Larissa. A expressão da evidencialidade no discurso político: uma análise da oratória política da Assembléia Legislativa do Ceará. 2008, 224f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6100
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_illucena.pdf1,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.