Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6189
Title in Portuguese: Crescimento econômico e decomposição da desigualdade de renda do Estado do Piauí
Author: Cavalcanti, Maria Alina Martins Granja
Advisor(s): Arraes, Ronaldo de Albuquerque e
Keywords: Crescimento Econômico
Desigualdade de Renda
Issue Date: 2009
Citation: CAVALCANTI, Maria Alina Martins Granja. Crescimento econômico e decomposição da desigualdade de renda no Estado do Piauí. 2009. 74f. Dissertação (mestrado profissional em economia do setor público - Piauí) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE, 2009.
Abstract in Portuguese: Esse trabalho teve por objetivo analisar a desigualdade de renda entre os municípios do estado do Piauí no período compreendido entre 1995 e 2007, no qual se testou, inicialmente, a validade da hipótese da curva de Kuznets e da convergência da renda per capita. Em seguida fez-se uma análise da desigualdade de renda a partir da decomposição do índice de Theil, considerando-se os fatores renda, gênero, raça, educação e nível de desenvolvimento. Concluiu-se que as condições necessárias e suficientes de convergência são atendidas, bem como a hipótese do U-invertido da curva de Kuznets. Estima-se que o Piauí necessitaria de 27 anos para reduzir a desigualdade à metade entre seus municípios, a uma velocidade de convergência de 0,2889. A desigualdade de gênero declinou ao longo do período e a educação é a variável que mais influencia a desigualdade no estado, seguida pela variável inter-racial. O efeito da educação sobre a desigualdade é significantemente realçada quando a decomposição distingue os municípios mais e menos desenvolvidos.
Abstract: This dissertation aimed to analyze income inequality amongst the municipalities of the state of Piaui in the period 1995 – 2007 by testing, initially, the validity of the Kuznets’ curve hypothesis and convergence of per capita income. Besides, it was analyzed a decomposition of Theil index based upon the factors: income, gender, race, education and development stage. It was concluded that the necessary and sufficient conditions of convergence are met, as well as the hypothesis of U-inverted of Kuznets’ curve. It is estimated that the state of Piaui would need 27 years to reduce inequality in half between its municipalities, at a speed of convergence of 0.2889. Inequality due to gender declined along the period and education is the variable that most influences the income difference in the state, followed by the factor race. The effect of education on the inequality is significantly enhanced as municipalities are distinguished between those more and less developed.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6189
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_dissert_mamgcavalcanti.pdf905,13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.