Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6216
Título: Avaliação do desenvolvimento motor de crianças de zero a dezoito meses de vida
Título em inglês: Assessment of motor development in children from birth to eighteen months
Autor(es): Silva, Larissa Paiva
Orientador(es): Cardoso , Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Palavras-chave: Desenvolvimento Infantil
Avaliação de Desempenho
Data do documento: 2013
Citação: SILVA, L. P (2013)
Resumo: O acompanhamento do desenvolvimento infantil é configurado como uma das ações mais importantes para o alcance de melhor qualidade de vida. Objetivou-se avaliar o desenvolvimento motor de crianças com idade entre zero e 18 meses. Estudo descritivo, transversal, avaliativo, realizado nos Centros de Saúde da Família (CSF) dos municípios de Fortaleza e Sobral, Ceará (CE), Brasil. A amostra foi composta por 330 crianças, sendo 165 de cada município estudado. A coleta de dados ocorreu em Fevereiro-Maio/2012, foi utilizado um formulário pré-estruturado contendo variáveis da criança e da família, a escala Alberta Infant Motor Scale (AIMS), versão em português, e o Instrumento de Vigilância do Desenvolvimento do Ministério da Saúde contido na Caderneta de Saúde da Criança (CSC), após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Observaram-se nos resultados que no município de Fortaleza, a maioria das crianças é do sexo feminino, nascida de parto cesáreo; em Sobral prevaleceu o gênero masculino e o parto vaginal. Em Fortaleza, 7,2% das crianças eram prematuras, 6,6% baixo peso ao nascer; em Sobral 8,5% de prematuros e 8,5% com baixo peso ao nascer. Em relação ao perfil socioeconômico e educacional dos pais/responsáveis pelas crianças, prevaleceu, em ambos os municípios, 11 a 13 anos de estudo, idade entre 22 e 35 anos e não ter ocupação rentável. Em relação ao perfil sócio demográfico, a maioria tinha rede de esgoto, coleta de lixo e chão com cerâmica. O desenvolvimento motor das crianças avaliado pela escala AIMS, em ambos os municípios foi classificado como normal para a maioria das crianças (307), conforme ocorreu em relação ao avaliado segundo o Instrumento de Vigilância do Ministério da Saúde (CSC) (302 crianças). Ao correlacionar os dois instrumentos utilizados, encontrou-se concordância entre os mesmos, porém pobre (k=0,096; 0,077). Analisando as classificações dos instrumentos em separado, observando-se maior poder de concordância entre as que detectam déficit no desenvolvimento, então, foram agrupadas as classificações em “Com Déficit” e “Sem Déficit”, resultando em concordância quase perfeita (k=0,879; 0,910) entre os instrumentos. Evidenciou-se associação significativa entre idade gestacional (p=0,012; 0,000) e peso ao nascer (p=0,000; 0,000), considerando a amostra completa, para ambos os instrumentos. Encontrou-se associação significativa entre o desenvolvimento motor quando considerada a amostra total, e os fatores de risco ao nascimento internação hospitalar, oxigenoterapia e fototerapia. A idade materna mostrou associação significante em Fortaleza (p=0,001; 0,004) e quando considerada a amostra completa (p=0,017; 0,016), o estado civil (p=0,054; 0,049) e a ocupação rentável em Sobral (p=0,003; 0,013), ao serem associados com as classificações das escalas. Em relação aos dados sociodemográficos não foram evidenciados associações estatisticamente significantes com o desenvolvimento segundo os instrumentos de avaliação. Concluiu-se que não existiu diferença entre o desempenho motor das crianças residentes nos municípios estudados, os instrumentos utilizados possuem alto poder de concordância entre si para detecção de déficit, e apresentaram correlação significante com o desenvolvimento infantil com as variáveis: idade gestacional, peso ao nascer, internação hospitalar, oxigenoterapia, fototerapia, idade materna, estado civil e ocupação rentável da mãe.
Abstract: The accompaniment of infant development is considered one of the most important initiatives to reach a better quality of life. We sought to evaluate motor development in babies aged zero to 18 months. This is a descriptive, transversal and evaluative study performed in Health Family Centers (CSF) of the municipalities of Fortaleza and Sobral CE), Brazil. The sample was composed of 330 children, 165 from each studied municipality. Data collection took place between February/March 2012 through a predetermined form with child and family variables using the Alberta Infant Motor Scale (AIMS), Portuguese version and the Ministry of Health Control Protocol included in the Child Health Booklet (CSC), after approval granted by the Research Ethics Committee. According to results, in the Fortaleza municipality, most children were females born through cesarean section whereas in Sobral there was a predominance of males and natural births. In Fortaleza, 7.2% of children were premature and 6.6% had lower weight at birth while in Sobral, 8.5% were premature and 8.5% were born with low weight. As for the socioeconomic and educational profile of children’s parents/tutors, we found that in both municipalities the majority of them had 11 to 13 years of study, were aged 22 to 35 and did not have a paid occupation. With regards to their socio-demographic profile, most of them had basic sanitation, garbage collection service and ceramic floors. Child motor development was evaluated through the AIMS scale in both municipalities and it was considered normal for most children (307). This was corroborated by the second evaluation, made by the Ministry of Health Control Protocol (CSC) (302 children). The analysis of both documents showed agreement between them, however weak (k=0096; 0.077). When analyzing both results separately, we noticed more concordance among development deficit items. Different evaluation items were identified as “With deficit” or Without Deficit”, resulting in an almost perfect concordance (k=0.879; 0.910) between both instruments. There was also an important connection between the gestational age (p=0.012; 0.000) and the weight at birth (p=0.000; 0.000), considering the complete sample for both documents. We also found a relevant concordance between motor development when considering the full sample and risks factors associated to hospitalization, oxygen therapy and phototherapy. The maternal age showed a significant correlation in Fortaleza (p=0.001; 0.004). The analysis of the full sample (p=0.017; 0.016), the marital status (p=0.054; 0.049) and paid occupations in Sobral (p=0.003; 0.013), also resulted to be closely related to the scale qualifications. As for socio-demographic data, no statistically significant associations were found with regards to development levels according to the evaluation instruments. There was no difference between the children’s motor performance in the two studied municipalities. Both instruments presented high concordance levels in deficit detection and a significant correlation with infant mobility considering the following variables: gestational age, weight at birth, hospitalization, oxygen therapy, phototherapy, maternal age, marital status and mother paid occupation.
Descrição: SILVA, Larissa Paiva. Avaliação do desenvolvimento motor de crianças de zero a dezoito meses de vida. 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6216
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_lpsilva.pdf3,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.