Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6270
Title in Portuguese: O uso de práticas amigáveis aos polinizadores e a rentabilidade da cajucultura Nordestina
Title: The use of pollinator-friendly practices and profitability of cashew culture nordestina
Author: Maia, Ana Cristina Nogueira
Advisor(s): Lima, Patrícia Verônica Pinheiro Sales
Keywords: Práticas amigáveis aos polinizadores
Polinizadores
Caju
Rentabilidade
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: MAIA, Ana Cristina Nogueira. O uso de práticas amigáveis aos polinizadores e a rentabilidade da cajucultura Nordestina. 2013. 126f. : Dissertação (Mestrado em Economia Rural) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Economia Agrícola, Programa de Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Práticas amigáveis aos polinizadores consistem em ações que favorecem a atração e permanência de polinizadores em áreas de plantio, e em consequência contribuem para o desenvolvimento das culturas. No contexto do semiárido, onde o manejo inadequado dos recursos naturais na prática da agricultura tem provocado danos ambientais e perda na produtividade agrícola em grandes extensões de terras, tais práticas são vistas como uma alternativa adicional na redução dos riscos às espécies nativas, o que justifica a realização de estudos exploratórios sobre o tema. Nessa perspectiva, esta pesquisa teve como principal objetivo analisar a relação entre o uso das práticas amigáveis aos polinizadores e a rentabilidade da cajucultura nordestina. O recorte dado foi a produção de caju nos estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. Foram aplicados 162 questionários junto aos cajucultores. Os dados coletados foram tabulados e a análise quantitativa se deu com o auxílio de estatísticas descritivas, construção de índice agregado de adoção de práticas amigáveis aos polinizadores, análise de agrupamento, análise de rentabilidade da cajucultura, análise de correlação e análise de regressão. Os principais resultados apontaram que a maioria dos produtores apresenta baixa escolaridade e não realiza um manejo adequado do pomar. Por conseguinte, não consegue obter maiores ganhos com a cajucultura, fato este observado pela baixa renda média mensal. Foi constatada a presença de práticas amigáveis aos polinizadores na produção de caju dos três estados pesquisados, porém em pequeno grau. Os cajucultores percebem os impactos positivos do uso de tais práticas, mas empregam-nas de modo inconsciente, sem o objetivo direto de beneficiar os agentes polinizadores. A cajucultura nordestina mostrou-se rentável, mas como a adoção de práticas amigáveis é muito baixa entre os cajucultores, não foi observada uma contribuição significativa entre esta variável e a rentabilidade da atividade. Os resultados apontaram, contudo, que maiores níveis de adoção de práticas amigáveis aos polinizadores poderão melhorar a rentabilidade da cajucultura nordestina, o que permite inferências positivas sobre o valor da polinização para a atividade e sobre a importância de implementação desses procedimentos na cajucultura nordestina.
Abstract: Pollinator-friendly practices consist of actions that favor the attraction and permanence of pollinators in plantation areas, and consequently contribute to the development of cultures. In the context of semi-arid, where the mishandling of natural resources in the practice of agriculture has provoked environmental harm and loss of agricultural productivity in large expanses of land, those practices are seen as an additional alternative in reducing risks to native species, which justifies the realization of exploratory studies on the theme. In this perspective, this research has as main objective analyze the relationship between the use of pollinator-friendly practices and profitability of cashew culture Northeastern. The clipping was taken to cashew production in the states of Ceará, Piauí and Rio Grande do Norte. Were applied 162 questionnaires together cashew planters. The collected data were tabulated and quantitative analysis was made with the aid of descriptive statistics, construction aggregate index of adoption of practices friendly to pollinators, cluster analysis, profitability analysis of cashew culture, correlation analysis and regression analysis. The main results indicate that the majority of producers has low education and does not perform a proper handling of the orchard. Consequently, it can not get bigger gains from cashew culture, a fact observed by low average monthly income. Confirmed the presence of pollinator-friendly practices in cashew production of the three states surveyed, but to a small degree. Planters Cashew perceive the positive impacts of using such practices, but employ unconsciously, without the goal of direct benefit pollinators. The cashew culture northeastern showed to be profitable, but as adopting friendly practices is very low among growers of cashews was not observed a significant contribution between this variable and profitability. The results showed, however, that higher levels of adoption of practices friendly to pollinators can improve the profitability of cashew culture Northeastern, which allows inferences about the positive value of pollination to the activity and the importance of implementing these procedures in northeastern cashew culture.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6270
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_acnmaia.pdf2,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.