Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6273
Título: Análise da modernização agrícola cearense no período de 1996 e 2006
Autor(es): Madeira, Soraia Araujo
Orientador(es): Khan, Ahmad Saeed
Palavras-chave: Modernização agrícola
Índice de modernização agrícola
Ceará
Data do documento: 2012
Citação: MADEIRA, S. A. (2012)
Resumo: O termo Modernização Agrícola tem sido bastante discutido desde os anos de 1960 até os dias atuais. Autores discorrem acerca deste tema tomando por base o processo de modernização agrícola intitulado “Revolução Verde”, que consistia basicamente na utilização de técnicas modernas, sendo essas técnicas adotadas tanto nos Estados Unidos quanto no Japão, e que passaram a ser amplamente difundidas por todo o mundo. No âmbito nacional a temática bastante discutida e difundida em meados dos anos de 1970 engloba modificações na base técnica, ou seja, considera-se modernizada a produção agrícola que faz uso intensivo de equipamentos e técnicas, tais como máquinas e insumos modernos, que permite obtenção de maiores rendimentos na produção, então, modernização da agricultura seria sinônimo de mecanização e uso de técnicas na agricultura. A modernização agrícola no Ceará tornou-se intensa nos anos de 1970, com a construção de grandes perímetros irrigados públicos, que associava a irrigação pública em projetos de assentamento, elevação da produção de alimentos além da colonização e incentivos à agricultura familiar. Portanto o objetivo geral desse trabalho é descrever o grau de modernização da agricultura entre os 184 municípios do estado do Ceará no período de 1996 e 2006. Especificamente, pretendeu-se determinar os fatores representativos do processo de modernização agrícola nos municípios cearenses no período analisado, elaborar um mapeamento da modernização da agricultura no Ceará no período analisado e caracterizar os municípios cearenses segundo o nível de modernização da agricultura nos anos de 1996 e 2006. No que se refere à fonte dos dados sobre indicadores de modernização para os municípios cearenses, foram coletados a partir do Censo Agropecuário do estado do Ceará, nos anos 1996 e 2006, publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para tanto se utilizou como métodos: Análise Fatorial para extração dos principais fatores representativos do processo de modernização no período estudado, além da construção de um índice agregado por meio da análise de clusters que pôde estabelecer os municípios que tem uma menor ou maior propensão à modernização agrícola cearense. Os resultados apontam quanto à caracterização dos municípios cearenses tomando como base o nível de modernização agrícola no estado nos anos de 1996 pode-se perceber que o cluster 1 formado por 144 municípios possuem como fatores que mais contribuíram para formação do mesmo: F2 e F3.Para composição do cluster 2, os fatores que mais contribuíram para formação do mesmo foram: F3 e F5, contemplando 31 municípios cearenses. Já os clusters 3 e 4 apresentaram como fatores representativos dos mesmos: F3, F4 e F2, F4 e F5 respectivamente. Portanto, conclui-se a partir de dados do Censo Agropecuário de 1995- 1996 que predomina no estado do Ceará uma agricultura rudimentar de baixo nível tecnológico para a maioria dos municípios em destaque. Ao analisar os 4 clusters formados para o ano de 2006, constatou-se que o cluster 1 formado pelos 99 municípios com menor IMA, possuem como fatores que mais contribuem: F1 e F4. Para composição do cluster 2 os fatores são: F1, F2 e F3 e para formação dos clusters 3 e 4, que totalizam 4 municípios, os fatores mais representativos do processo são F1 respectivamente. Conclui-se através do Censo Agropecuário de 2006 que a grande parte dos municípios estudados possui uma propensão à modernização muito aquém do desejado.
Abstract: The term Agricultural Modernization has been widely discussed since the 1960 until today. Authors discuss about this theme having as basis the process of agricultural modernization entitled "Green Revolution", which basically consisted in the use of modern techniques, those techniques being adopted both in the U.S. and in Japan, and have become widespread all over the world. Nationally the theme much discussed and circulated in mid 1970 includes changes in technical basis, ie, it is modernized agricultural production that makes intensive use of equipment and techniques, such as machinery and modern inputs, which allows obtaining highest yield in production, so modernization of agriculture would be synonymous of mechanization and use of techniques in agriculture. The agricultural modernization in Ceará became intense in the 1970, with the construction of large public irrigated perimeters, that linked public irrigation settlement projects, increased food production beyond colonization and incentives to family agriculture. So the general objective of this work is to describe the level of modernization of agriculture between the 184 municipalities of the state of Ceará from 1996 to 2006. Specifically, we sought to determine the factors representing the process of agricultural modernization in the municipalities of Ceará in the analyzed period, produce a mapping of agricultural modernization in Ceará in the analyzed period and characterize the municipalities in Ceará according to level of agricultural modernization in 1996 and 2006. As regards the source of data on indicators of modernization for municipalities in Ceará, were collected from the Census of Agriculture of the state of Ceará, in the years 1996 and 2006, published by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). For both methods was used as: Factor analysis for extraction of the main factors representative of the modernization process in the period studied, besides construction of an aggregate index by analyzing clusters of municipalities could establish that they had a greater or lesser propensity for modernization agricultural state of Ceará. The results show how the characterization of the municipalities in Ceará building on the level of agricultural modernization in the state in the years 1996 can perceive that the cluster 1 consists of 144 municipalities as factors that have contributed most to the formation of the same: F2 and F3. For composition of cluster 2, the factors that contributed most to the formation of the same were: F3 and F5, comprising 31 municipalities in Ceará. Already clusters 3 and 4 presented as representative of the same factors: F3, F4 and F2, F4 and F5 respectively. So, it is concluded from data of Agricultural Census 1995 - 1996 that predominates in the state of Ceará an agriculture rudimentary low technological level for most of the municipalities Featured. When analyzing the 4 clusters formed for the year 2006, we found that the first cluster formed by 99 municipalities with lower IMA, have as major contributors: F1 and F4. For composition of the cluster are two factors: F1, F2 and F3 and formation of clusters 3 and 4, totaling 4 municipalities, the factors most representative of the process are F1 respectively. It is concluded through the 2006 Agricultural Census that most of the cities studied have a propensity for modernization far below that desired.
Descrição: MADEIRA, Soraia Araujo. Análise da modernização agrícola cearense no período de 1996 e 2006. 2012. 92f.: Dissertação (Mestrado em Economia Rural) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Economia Agrícola,Programa de Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6273
Aparece nas coleções:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_samadeira.pdf2,31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.