Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6459
Título: Nível tecnológico, rentabilidade e cadeia produtiva da ovinocaprinocultura de corte no estado do Ceará
Autor(es): Costa, Andréia Damasceno
Orientador(es): Khan, Ahmad Saeed
Palavras-chave: Tecnologia
Lucratividade
Ovinos
Caprinos
Tauá
Quixadá
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal do Ceará
Citação: COSTA, A. D. (2007)
Resumo: Ovinos e caprinos são pequenos ruminantes criados em todo mundo, com as mais diferentes finalidades. Ao redor do mundo as duas espécies são exploradas através da sua pele, leite e pela carne de excelente qualidade. A proposta desta pesquisa consiste na caracterização socioeconômica, tecnológica, rentabilidade e caracterização da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura de corte no município de Quixadá e Tauá. Os indicadores primários foram levantados a partir de um único questionários com perguntas fechadas e abertas. Foram analisadas as caracterizações do perfil socioeconômico dos produtores através dos seguintes aspectos: local e distância da propriedade a sede do município; condição do produtor; disponibilidade de água e energia; perspectiva do criador quanto a atividade; destino do esgoto da residência; grau de escolaridade; meios de comunicação; participação em associação e administração e gerenciamento da propriedade. Na caracterização do perfil técnico dos produtores onde cada grupo de tecnologia foram compostos de variáveis as quais foram atribuídas uma escala de avaliação segundo o grau de importância de acordo com a opinião de técnicos e especialistas; análise de correlação com a finalidade de verificar o grau de relacionamento entre o lucro operacional e o nível tecnológico; análise da rentabilidade financeira para a determinação dos custos operacionais e custo total de produção, receitas e indicadores de rentabilidade e por último a análise da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura no Estado através de seus macro-segmentos assim como suas inter-relações. Mediante a metodologia proposta concluiu-se que: a maioria dos criadores não tem nenhum tipo de mecanismo de gerenciamento da sua propriedade; O percentual de adoção de tecnologias relacionadas à infra-estrutura, gerenciamento da propriedade e manejo da produção é ainda muito baixo entre os criadores de ovinos e caprinos no Ceará. A tecnologia de infra-estrutura do sistema de produção tem uma maior participação na composição do índice geral de tecnologia dos ovinocaprinocultores entrevistados; O nível tecnológico tem influência positiva sobre a lucratividade dos criadores; Quanto à cadeia produtiva nota-se que a estrutura do segmento de abate e processamento de animais está definida por abatedouros públicos, abatedouros privados com SIF que operam de acordo com os requisitos da economia formal.
Descrição: COSTA, Andréia Damasceno. Nível tecnológico, rentabilidade e cadeia produtiva da ovinocaprinocultura de corte no estado do Ceará. 2007. 82f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciência Agrárias, Departamento de Economia Agrícola, Programa de Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza, 2007
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6459
Aparece nas coleções:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_adcosta.pdf294,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.