Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6626
Título: Os forrozeiros e seu outro feminino: a constituição discursiva de estereótipos da mulher em canções de Luiz Gonzaga, Jakson do Pandeiro e Dominguinhos
Autor(es): Silva, Maria Neile Alves da
Orientador(es): Costa, Nelson Barros da
Palavras-chave: Linguistica
Discurso Literomusical
Estereótipos
Posicionamento
Discours Littéro-Musical
Stéréótypes
Positionnement
Gonzaga,Luiz,1912-1989 - Crítica e Interpretação
Jackson do Pandeiro,1919-1982 - Crítica e Interpretação
Dominguinhos,1941- - Crítica e Interpretação
Análise do Discurso
Mulheres na Música
Forró(Música) - História e Crítica
Canções - Brasil,Nordeste - História e Crítica
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Silva, M. N. A.; Costa, N. B. (2008)
Resumo: Este estudo tem como objeto principal as constituições estereotípicas femininas emergentes no posicionamento dos forrozeiros (especificamente em canções de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Dominguinhos). Seu objetivo é investigar as estratégias discursivas do sujeito para construir, no seu universo de sentido, imagens femininas valorizadas que, por sua vez, correspondem às disposições éticas dele no discurso. A justificativa decorre do argumento de que a análise ético-discursiva, na possibilidade dialética da relação entre sujeito e sociedade, especificamente na apreensão do feminino no posicionamento, proporciona uma melhor compreensão do que estamos considerando etos projetado, ou seja, projeção das imagens de si (sujeito discursivo) em imagens construídas e projetadas num terceiro (neste caso, em imagens femininas nas canções). Nesta pesquisa, estamos considerando etos projetado as imagens femininas valorizadas emergentes nas canções e que, por um lado, materializam-se em estereótipos do tipo mães-de-família, donas-de-casa, mulheres-honestas etc., por outro, antagonizam com imagens desvalorizadas como mulher-namoradeira, mulher-interesseira, mulher-fatal, mulher-macho, entre outras. Esses estereótipos são (assim como as imagens do sujeito) ancorados num mundo ético socialmente construído. Uma análise dos representantes selecionados acrescenta dados empíricos à hipótese sobre as pretensões (e efetivação) constituintes do discurso literomusical em nossa sociedade (COSTA, 2001), à perspectiva mangueneauniana dos discursos constituintes (MANGUENEAU e COSSUTA, 1995), além de corroborar, em termos mais gerais, com a eficácia de conceitos, como dialogismo, interdiscursividade, intertextualidade e, em termos mais específicos, posicionamento, investimentos cenográfico, lingüístico e ético (MAINGUENEAU, 1997, 2001, 2005; COSTA idem), escolhidos para embasamento teórico dessa pesquisa. Tendo este estudo natureza qualitativa, criamos um dispositivo teórico-analítico para traçar o perfil estereotípico feminino, cuja apreensão se deu a partir de três critérios: a) estereótipos construídos pela designação direta do referente (nome próprio); b) estereótipos construídos pela designação genérica feminina do co-enunciador; e c) estereótipos construídos pela designação indireta do referente (3ª pess). Utilizaremos alguns procedimentos intertextuais, como referência e alusão, imitação captativa e subversiva (COSTA, idem); e interdiscursivos, além dos já referidos anteriormente (etos, cenografia, etc.), ainda, cenografias validadas, gêneros, entre outros, numa reelaboração deste último autor. Estamos dividindo esta pesquisa nas seguintes partes: 1. Pressupostos Teóricos: em busca do discurso e do sentido; 2. Opções metodológicas; 3. Análise. 3.1 Os saberes do masculino construindo as representações do feminino; 3.2 O investimento topográfico e a construção do feminino; 4. Considerações finais
Descrição: SILVA, Maria Neile Alves. Os forrozeiros e seu outro feminino: a constituição discursiva de estereótipos da mulher em canções de Luiz Gonzaga, Jakson do Pandeiro e Dominguinhos. 2008. 233 f. Dissertação (Mestrado em Linguistica) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6626
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_mnasilva.pdf875,08 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.