Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6637
Título: As palatais lateral e nasal no falar paraense: uma análise variacionista e fonológica
Título em inglês: The palatais lateral and nasal in paraense speech: a variacionista and fonológica analysis
Autor(es): Soares, Eliane Pereira Machado
Orientador(es): Aragão, Maria do Socorro Silva de
Palavras-chave: Linguistica
Lateral e Nasal Palatais
Sociolingüística
Variação Lingüística
Geometria de Traços
Língua portuguesa - Português falado - Pará
Língua portuguesa - Regionalismos - Pará
Lingua portuguesa - Fonologia
Língua portuguesa - Aspectos sociais - Pará
Língua portuguesa - Variação
Nasal and Lateral Palatals
Sociolinguistics
Linguistic Variations
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Soares, E. P. M.; Aragão, M. S. S. (2008)
Resumo: Neste trabalho, realizamos uma pesquisa sobre as variantes das consoantes palatais lateral e nasal, em seis cidades do Estado do Pará, a saber, Altamira, Belém, Bragança, Marabá, Soure, Santarém, cada uma delas localizada em uma mesorregião do estado. O corpus é constituído de fala espontânea, obtida em forma de narrativa de experiência pessoal junto a 24 informantes nascidos nessas cidades, totalizando 144 informantes, selecionados de acordo com os pressupostos teóricos da Sociolingüística Quantitativa. O tratamento dos dados leva em conta, além das variáveis sociais, variáveis lingüísticas consideradas condicionantes do fenômeno de variação em estudo, cuja análise estatística é feita pelo uso do pacote de programas VARBRUL (98), em rodadas ternárias, conforme a quantidade de variantes identificadas para cada variável lingüística. Além desta análise, propomos uma interpretação dos processos fonológicos envolvidos nas realizações fonéticas a partir dos pressupostos teóricos da Geometria de Traços. Os resultados obtidos demonstram que os fenômenos variáveis associados às palatais lateral e nasal nos falares estudados são condicionados tanto por fatores lingüísticos quanto sociais, e que podem ser interpretados à luz de uma teoria fonológica, no caso a Fonologia de Geometria de Traços. Por essa teoria, verificamos que os fenômenos relacionados às variantes desses segmentos podem ser compreendidos como resultantes de ligamento e desligamento de traços fonéticos, caracterizando diferentes variantes fonéticas, cujos usos, por sua vez, estão condicionados pelos valores que lhes são atribuídos em conseqüência de fatores sociais, como sexo, faixa etária, escolaridade e origem dos falantes.
Abstract: In this work we do a research about the variations of the lateral and nasal palatal consonants, in six cities of the state of Pará, as follows, Altamira, Belém, Bragança, Marabá, Soure, Santarém, each one of them located in a mesoregion of the state. The corpus of the research is constituted of spontaneous speech, obtained in form of narrative of personal experience among 24 informants born in these cities, totalizing 144 informants, selected using the theoretical dispositions of the Quantitative Sociolinguistic. The treating of the data takes into account, besides the social variables, linguistic variables considered as conditionings of the variation phenomenon in study, which statistic analysis is done using the package program VARBRUL (98) in ternary rounds, according the amount of identified variants for each linguistic variation. Besides this analysis, we propose an interpretation of the phonological process involved in the phonetical realization based on the theoretical conditionings of the Features Geometry. The results obtained show that the variable phenomenon associated to the nasal and lateral palatal speeches studied, are conditioned by linguistic as well as social factors, and that can be interpreted in the light of a phonological theory, in the case the Phonology of Features Geometry. In this theory, we can see that the phenomenon related to the variants of these segments can be understood as resultants of connected and disconnected of features, characterizing different phonetical variations, which uses, therefore, are conditioned by the values that are attributed in consequence of social factors, such as sex, age, school education and origin of the speakers.
Descrição: SOARES, Eliane Pereira Machado. As palatais lateral e nasal no falar paraense: uma análise variacionista e fonológica. 2008.187f.Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6637
Aparece nas coleções:PPGL - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_tese_epmsoares.pdf2,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.