Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6642
Título: A Gestão Para a Inclusão: Uma Pesquisa-Ação Colaborativa no Meio Escolar
Título em inglês: The Management for the Inclusion: A Pesquisa-Ação Colaborativa in the half Pertaining to School
Autor(es): SILVEIRA, Selene Maria Penaforte
Orientador(es): FIGUEIREDO, Rita Vieira de
Palavras-chave: Educaçao Especial
Gestão Escolar
Educação Inclusiva
Pesquisa Colaborativa
Educação Inclusiva – Fortaleza(CE)
Escolas Públicas – Organização e administração – Fortaleza(CE)
Professores – Participação na Administração
Democratização da Educação
Management Schools
Inclusive Education
Collaborative Research
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: SILVEIRA, S. M. P.; FIGUEIREDO, R. V. (2009)
Resumo: As demandas educacionais atuais apontam para a necessidade de mudanças na escola para o atendimento aos alunos, levando em conta suas singularidades e necessidades individuais. Para essas mudanças, o papel do diretor é identificado como fundamental na constituição de escolas inclusivas requerendo novas habilidades, conhecimentos e formação que atenda o desafio de gerir essas escolas. Este trabalho se constituiu em uma experiência de pesquisa desenvolvida em parceria com uma escola, buscando construir elementos de referência para a organização e gestão da escola na diversidade. Para a realização desse estudo, empreendemos uma revisão bibliográfica contemplando eixos teóricos e pesquisas realizadas acerca da discussão sobre a escola, a inclusão e as novas formas de organização frente à diferença e a diversidade além dos estudos que discutem sobre a cultura, educação e diferença e os pressupostos implicados na teoria da mudança e nos fundamentos de uma gestão para a escola inclusiva. A pesquisa teve por objetivo desenvolver, em parceria com uma escola publica municipal, uma experiência de intervenção que considerasse a gestão da aprendizagem na diversidade, tendo como ponto de partida à constituição de uma gestão co-participativa. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação colaborativa que se caracteriza pelo compartilhamento do saber na qual todos os participantes do processo, juntos, promovem ações para transformar uma situação inicial num estado desejado. O estudo teve duração de dois anos e meio e os resultados mostraram que a gestão compartilhada é benéfica à constituição da escola inclusiva sendo fundamental que os membros da escola aprendam a trabalhar junto e busquem, cada vez mais, o aperfeiçoamento de práticas de colaboração. Na escola pesquisada, consideramos como ponto fundamental para a mudança na gestão, à forma como foi desenvolvido o acompanhamento das ações cotidianas. Esse acompanhamento permitiu o avanço em alguns pontos que destacamos na seqüência: a interiorização da cultura de cooperação entre a gestão da escola e os professores, especialmente aqueles que foram acompanhados por membros da pesquisa Gestão da Aprendizagem na Diversidade; a criação da cultura do acolhimento a todos os alunos por parte da gestão da escola; a reorganização das ações de planejamento; reforço das ações no âmbito da gestão participativa; investimento na diversificação dos equipamentos pedagógicos e na infra-estrutura da escola; a sistematização das ações da direção através da partilha e reciprocidade na tomada de decisões; e investimento na formação dos professores e membros a equipe de gestão. As mudanças acontecidas ao longo da pesquisa nos impulsionam a dizer que o modelo de administração adotado na escola não foi suficiente para provocar a mudança da cultura pedagógica tradicional ainda prevalecente. As transformações ocorridas não romperam totalmente com os padrões de ensino homogêneos e nem garantiram e corresponderam a um movimento efetivo na constituição de uma identidade inclusiva própria bem como na melhoria dos padrões de ensino ao alcance de todos os alunos
Abstract: The recent educational demands point to the need of change in schools concerning the care of students, taking into account their individual needs and singularities. Regarding this change, the role of the principal is identified as a fundamental role in the upcoming of inclusive schools, requiring new abilities, knowledge and development in order to face the challenge of managing those schools. This work encompasses a research experience developed throughout a partnership with a school, striving to build up elements of reference to the management of the school regarding the diversity issue. In order to accomplish this study we have done a comprehensive bibliographical account involving theoretical axis and researches on the themes of school, inclusion and the new kinds of school organization facing diversity. Moreover, studies on culture, diversity, difference, and the principles implied in change theory and the foundations of management towards an inclusive school were added in the bibliographical research. The research itself aimed to develop, in partnership with a city public school, an intervention program considering the school management regarding diversity issues, having as a starting point the constitution of a co-participative management. The methodology used was the collaborative action-research which is featured by the sharing of the knowledge among all participants of the process, so that, together, they can change an initial situation into a better one. The study lasted two years and a half and the results showed that a shared management may be beneficial to the constitution of an inclusive school. It is fundamental, though, that the school members learn to work together and seek, increasingly, the improvement of collaborative practices. In the specific school researched, we have considered as a key issue, the changing of management practices, specifically the way the guidance of daily actions was developed. This guidance allowed the improvement of some changing issues: the introduction of a collaborative action between the coordination and the teachers, mainly those teachers who were coached by members of the research “Learning Management in Diversity” team; the reorganization of planning actions; the reinforcement of actions in the issue of participative management; investment in the diversification of pedagogical equipment and in school facilities; the systematization of the actions of the director’s board throughout the sharing of the decision taking process; and the investment in the development of teachers and coordinators. The changes occurred along the research process lead us to say that the management model adopted in the school did not suffice the need for change from a traditional cultural pedagogical practice still prevalent. The changes occurred did not diverge from homogenous teaching practice neither guaranteed nor corresponded with a model that moved towards the constitution of an inclusive identity that devised the improvement of teaching patterns offered to the students
Descrição: SILVEIRA, Selene Maria Penaforte. A gestão para a inclusão: uma pesquisa-ação colaborativa no meio escolar. 2009. 280 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6642
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_smpsilveira.pdf1,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.