Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6680
Título: A política de formação profissional dos agentes comunitários de saúde: limites e possibilidades de construção de sujeitos críticos
Título em inglês: The policy of training community health workers: limitations and possibilities of buildingcritical subjects
Autor(es): MONTEIRO, Maria Alcina Gomes de Sousa
PREVITALI, Fabiane Santana
Palavras-chave: Agente Comunitário de Saúde
Formação profissional
Condições de trabalho
Community Health Agent
Training
Working conditions
Data do documento: 2011
Editor: http://www.revistalabor.ufc.br/index.php
Citação: MONTEIRO, M. A. G. S. ; PREVITALI, F. S. (2011)
Resumo: Apresentam-se, neste estudo, algumas considerações sobre o trabalho do Agente Comunitário de Saúde - ACS na da Estratégia Saúde da Família – ESF, eixo estruturante da atenção básica no Sistema Único de Saúde - SUS, cuja prioridade é a prevenção e a promoção da saúde, cabendo-lhe a responsabilidade pelo elo entre o serviço de saúde e a comunidade e o papel de educador, articulador e mobilizador social. Apontam-se elementos históricos e legais de construção dessa categoria profissional diante dos impactos das transformações capitalistas contemporâneas e dos desafios da Política de Saúde no contexto de reestruturação produtiva do capital. Reflete-se, ainda, sobre as propostas de formação profissional para esses trabalhadores, vislumbrando-se os limites e possibilidades de construção de sujeitos críticos a partir desse processo educativo.
Abstract: Are presented in this study, some considerations about the work of the Community Health Agent - ACS on the Family Health Strategy - ESF, structuring axis of Primary Care in Health System - SUS, whose priority is prevention and health promotion , leaving him the responsibility for the link between the health service and community and the role of educator, coordinating and mobilizing society. They point to historical evidence and legal construction of occupational category on the impacts of contemporary capitalist transformations and challenges of Health Policy in the context of productive restructuring of capital. It is reflected also on the proposals for training for these workers, seeing the limits and possibilities of building critical subjects from this educational process.
Descrição: MONTEIRO, Maria Alcina Gomes de Sousa; PREVITALI, Fabiane Santana. A política de formação profissional dos agentes comunitários de saúde: limites e possibilidades de construção de sujeitos críticos. Revista do LABOR, Fortaleza, v. 1 , n. 5, p. 141- 163, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6680
ISSN: 1983-5000
Aparece nas coleções:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_aRT_MAGSMonteiro; FSPrevitali.pdf258,35 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.