Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6764
Título: Estudo sobre a influência do índice de desenvolvimento humano, investimentos públicos e carga tributária sobre a extinção de empresas no Brasil
Autor(es): Fernandes, Múcio Amaral
Orientador(es): DeSouza, Sérgio Aquino
Palavras-chave: Indice de Desenvolvimento Humano
Tributos
Investimentos
Data do documento: 2008
Citação: FERNANDES, Múcio A. (2008)
Resumo: A extinção de empreendimentos apresenta uma infinidade de conseqüências paraas economias, dentre elas o custo social, ocasionado pelo desemprego, comotambém a perca de dinâmica econômica, gerando expectativas não otimistas no mercado, principalmente quando se verifica uma elevada quantidade de empresasfechando suas portas, cenário que enfatiza o clima recessivo ou de crise. As causas apontadas pela literatura especializada indicam que a falta de habilidadeempresarial, além dos fatores de mercado (conjunturais) são elementos queexplicam o insucesso de muitos empresários. Saindo do lado da oferta e verificandoa perspectiva da demanda, variáveis como Índice de Desenvolvimento Humano –IDH, receitas de tributos e investimentos públicos também podem explicar a extinção destas atividades. O objetivo deste estudo é buscar relacionar a extinção deempresas com estas variáveis mencionadas. Como metodologia desta pesquisaefetuou-se um modelo econométrico, direcionando IDH, receitas de tributos einvestimentos públicos como variáveisindependentes deste fenômeno, portanto,explicativas. A partir de uma regressão múltipla conclui-se que existe uma relação,do IDH em maior amplitude com a extinção de empresas, sendo que há uma relaçãoinversamente proporcional destes fatores congruentes, na maioria dos Estadosidentificados. Percebeu-se também uma inclinação explicativa das variáveis apontadas, porém com pouca significância estatística.
Abstract: The extinction of enterprises presents a multitude of consequences for the economies, including the social cost, caused by unemployment, as well as the loss of economic momentum, generating expectations not optimistic on the market, especially when there is a high number of businesses closing their doors , which emphasizes the climate scenario recessive or crisis. The reasons given by the specialist literature indicate that the lack of entrepreneurial skills, in addition to the factors of the market (cyclical) are factors that explain the failure of many entrepreneurs. Exiting from the supply side and checking the prospect of demand, variables such as Human Development Index - HDI, income from taxes and public investment may also explain the extinction of these activities. The objective of this study is to relate the extinction of companies with these variables mentioned. As methodology of this research performed is a econometric model, directing HDI, income from tributs and public investment as independent variables of this phenomenon, therefore explanatory. From a multiple regression concluded that there is a relationship, the HDI in larger scale with the extinction of enterprises, and that there is an inversely proportional relationship of these factors congruent, in most states identified. It was noticed also an inclination of the explanatory variables identified, but with little statistical significance. Keywords: extinction, companies, HDI, revenue, taxes
Descrição: FERNANDES, Múcio Amaral. Estudo sobre a influência do índice de desenvolvimento humano, investimentos públicos e carga tributária sobre a extinção de empresas no Brasil. 2008. 39f. Dissertação (mestrado profissional)- Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6764
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dissert_mafernandes.pdf190,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.