Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/682
Título: Politicas publicas e o desenvolvimento rural sustentavel no estado do Ceará: Estudo de caso
Autor(es): Barreto, Ricardo Candéa Sá
Orientador(es): Khan, Ahmad Saeed
Coorientador(es): Martins, Espedito Cezário
Lima, Patricia Verônica Pinheiro Sales
Mayorga, Ruben Dario
Palavras-chave: Políticas públicas
Desenvolvimento rural
Data do documento: 16-Jan-2004
Citação: BARRETO, R. C. (2004)
Resumo: O presente estudo analisou e verificou a importância da sustentabilidade em três assentamentos beneficiados no Município de Caucaia pelos programas de reforma agrária tanto no plano federal como estadual no Ceará.Apesar das ações desenvolvidas,visando a implementar a reforma agrária, a pobreza continua,pelo que é pertinente mensurar a insustentabilidade dos assentamentos beneficiados pelos programas.Assim,é importante conhecer os benefícios que os recursos alocados nos programas trouxeram para o bem-estar das famílias.Este estudo se propõe mensurar a sustentabilidade dos assentamentos beneficiados pelos projetos de reforma agrária pelas políticas de Governo federal e estadual no Estado do Ceará, considerando aspectos econômico-sociais, ambientais e a mobilização do capital social dentro dos programas, com o intuito de contribuir para diagnosticar possíveis entraves que possam ser superados para a promoção do desenvolvimento rural sustentável.Os assentamentos federais (INCRA)de Angicos e Boqueirão dos Cunhas e o assentamento estadual de Buíque/Poço Verde(PRAS)foram selecionados para alcançar tal finalidade.Elaborou-se um questionário, contendo uma lista de variáveis,considerando aspecto econômico-sociais,ambientais e de capital social para a mensuração da sustentabilidade,e uma amostra representativa de 12 beneficiários tomados aleatoriamente para cada assentamento,totalizando 36 questionários.Para tanto, foi criado neste estudo um índice de sustentabilidade (IS), que é a média aritmética de três indicadores também criados aqui, ou seja, um indicador de desenvolvimento econômico-social,um indicador ambiental e um indicador de capital social.O indicador ambiental, indicador econômico-social e capital social tiveram o seguinte desempenho,respectivamente 0,1727,0,1789 e 0,2493.Os valores do Índice de Sustentabilidade sugerem o médio nível de desenvolvimento para os três assentamentos. Este estudo mostrou que os beneficiários apresentam baixo nível de educação, sendo a maioria de analfabetos ou semi-analfabetos. A maioria dos assentados é atendida por agentes de saúde.Para os serviços médicos, porém, os beneficiários são obrigados a se deslocar para a sede do Município ou para Fortaleza-CE. Existe nos três assentamentos uma demanda reprimida de serviços de ensino médio. A maioria dos imóveis é confortável e dispõe de energia elétrica.A maioria dos beneficiários utiliza algum tipo de tratamento na água e fossas sépticas; joga o lixo a céu aberto ou enterra. Além disso, os assentados entrevistados não têm nenhuma infra-estrutura de lazer para aliviar suas tensões.
Descrição: BARRETO,Ricardo Candéa Sá; KHAN,Ahmad Saeed; MARTINS,Espedito Cezário; LIMA,Patricia Verônica Pinheiro Sales; MAYORGA,Ruben Dario. Politicas publicas e o desenvolvimento rural sustentavel no estado do Ceará: Estudo de caso. 2004. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará,Departamento de economia agricola.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/682
Aparece nas coleções:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_dis_rcbarreto.pdf976,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.