Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6859
Title in Portuguese: Pobreza e saúde mental: uma análise psicossocial a partir da perspectiva dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)
Title: Poverty e Mental Health: a psychosocial analysis from the perspective of the users of Psychosocial Attention Center (CAPS)
Author: Nepomuceno, Bárbara Barbosa
Advisor(s): Ximenes, Verônica Morais
Keywords: Mental health
Social psychology
Saúde mental - Bom Jardim(Fortaleza,CE)
Pobreza - Bom Jardim(Fortaleza,CE) - Aspectos psicológicos
Psicologia social - Bom Jardim(Fortaleza,CE)
Centros de atenção psicossocial
Issue Date: 2013
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Nepomuceno, B. B.; Ximenes, V. M. (2013)
Abstract in Portuguese: O presente estudo se dedica a analisar a relação entre dois fenômenos complexos, pobreza e saúde mental. Considerando que a maioria dos usuários das políticas públicas de saúde mental advém de contextos sociais marcados pela baixa escolaridade, más condições de moradia, desemprego e baixa renda, a referente pesquisa faz-se relevante. A pobreza é um fenômeno multidimensional, que não se restringe à esfera da privação material, alcançando dimensões psicossociais, repercutindo na produção de subjetividades e de modos singulares de vida. A saúde mental, por sua vez, é um fenômeno complexo e multideterminado, que sofre influências de ordem biológicas, psicológicas, sociais, culturais, econômicas e morais, sendo necessário, portanto, na compreensão do processo saúde-doença considerar o contexto sociocultural e econômico em que este transcorre e sua vivência singular. Diante disto, é objetivo geral do estudo analisar as implicações dos aspectos psicossociais da pobreza no processo saúde-doença mental de usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Os objetivos específicos são: identificar aspectos psicossociais da pobreza na vida de usuários do CAPS; analisar o processo saúde-doença mental de usuários pobres do CAPS; e compreender a relação entre pobreza e o processo saúde-doença mental. A pesquisa é de natureza qualitativa, desenvolvida junto a cinco usuários do CAPS Comunitário do Bom Jardim. Como instrumentos de construção e análise dos dados foram utilizados Questionário Multidimensional da Pobreza e Entrevista Individual. Para análise de dados foi realizado a Análise de Conteúdo, realizada com o auxílio do software ATLAS.ti 5.2. Como resultados percebe-se que há uma relação de circularidade entre pobreza e sofrimento psíquico. São frequentes na vivência da pobreza sentimentos de opressão, culpa, vergonha, humilhação e incerteza frente ao futuro, estresse continuado, sofrimento ético-político, entre outras implicações produtoras de sofrimento psíquico. Por outro lado, o não acesso a um cuidado em saúde efetivo pode contribuir à cronificação da doença e uma consequente limitação na capacidade de auferir renda do sujeito. A espiritualidade e a rede apoio social são potentes ao enfrentamento da pobreza e trazem impactos positivos na proteção e recuperação da saúde do sujeito.
Abstract: The present study is dedicated to analyze the relation between two complex phenomena, poverty and mental health. Considering that the majority of users of the public mental health comes from social contexts marked by low education, poor living conditions, unemployment and low income, the referring research is relevant. Poverty is a multidimensional phenomenon that is not restricted to the sphere of material privation, reaching psychosocial dimensions, resulting in the production of subjectivities and unique ways of life. Mental health, in turn, is a complex and multidetermined phenomenon, which is influenced by the biological, psychological, social, cultural, economic, and moral order being, therefore, necessary to an understanding of the health-disease process consider the sociocultural and economic context in which this takes place and their individual experiences. Given this, the general objective of the study is to analyze the implications of the psychosocial aspects of poverty in the health-mental disease users of Psychosocial Attention Center (CAPS). The specific objectives are: identify psychosocial aspects of poverty in the life of users of CAPS; analyze the health-mental disease process of poor users of CAPS; and comprehend the relation between poverty and the health-mental disease process. The research is qualitative in nature, developed with five users of Community CAPS of Bom Jardim. As instruments for the construction and analysis of data were used Multidimensional Poverty and Individual Interview Questionnaire. For data analysis was conducted the analysis of content, performed with the help of the software ATLAS.ti 5.2. As a result realizes that there is a circularity relationship between poverty and psychic suffering. There are frequent in the experience of poverty feelings of oppression, guilt, shame, humiliation and uncertainty of the future, continued stress, ethical-political suffering, among other implications producers of psychic suffering. On the other hand, no access to health care can effectively contribute to disease chronification and a consequent limitation in the ability to earn income from subject. Spirituality and social support net are potent to fight poverty and bring positive impacts on protection and recovery of health of the subject.
Description: NEPOMUCENO, Bárbara Barbosa. Pobreza e saúde mental: uma análise psicossocial a partir da perspectiva dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). 2013. 152f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6859
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013-DIS-BBNEPOMUCENO.pdf2,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.