Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6883
Título: Avaliação das glomerulopatias em pacientes acompanhados no serviço de nefrologia do Hospital Geral de Fortaleza
Título em inglês: Glomerular diseases pattern in a General Hospital of Fortaleza
Autor(es): Queiroz, Anaiara Lucena
Orientador(es): Almeida, Paulo Roberto Carvalho de
Palavras-chave: Glomerulonefrite
Síndrome Nefrótica
Biópsia
Data do documento: 2012
Citação: QUEIROZ, A. L. (2012)
Resumo: INTRODUÇÃO: as glomerulopatias ainda são uma das principais causas de insuficiência renal crônica no mundo. É crescente o surgimento de registros de glomerulopatias em diversos países, inclusive no Brasil. Os dados sobre incidência e prevalência das glomerulopatias no Brasil são escassos. As conseqüências da lesão glomerular são basicamente: proteinúria, hematúria, queda de filtração glomerular, podendo evoluir para oligo-anúria e hipertensão arterial decorrente da retenção de sódio. OBJETIVOS: determinar o perfil clínico, patológico e epidemiológico dos pacientes em acompanhamento no ambulatório de glomerulopatias do Serviço de Nefrologia do Hospital Geral de Fortaleza. MÉTODOS: a população do estudo consistiu de pacientes portadores de doença glomerular, submetidos à biópsia renal que foram atendidos no ambulatório do serviço de Nefrologia do Hospital Geral de Fortaleza, Ceará, durante o período de fevereiro de 2010 e setembro de 2011. RESULTADOS: foram incluídos no estudo um total de 168 pacientes. A idade média foi de 37 ± 14 anos, variando de 14-77 anos. Desse total 84 pacientes (50%) eram do sexo feminino. Na avaliação dos resultados das amostras biopsiadas obteve-se uma média de 20 ± 12 glomérulos por amostra. Um total de 154 biópsias (92,2%) apresentaram um número maior ou igual a 8 glomérulos por amostra. Síndrome nefrótica, foi a principal apresentação clínica, correspondendo a um total de 113 pacientes (67,3%). As glomerulopatias mais prevalentes foram a GESF (19,6%), a Lesão Mínima (17,9%), a Glomerulopatia Membranosa (16,7%) e a Glomerulonefrite Lúpica (11,9%). As glomerulopatias primárias foram mais prevalentes, total de 124 casos (74,7%). Em relação a resposta ao tratamento medicamentoso instituído, 81 pacientes (68,6%) responderam ao tratamento.CONCLUSÃO: a GESF foi a glomerulopatia primária mais freqüente e síndrome nefrótica a forma clínica de apresentação mais comum na admissão. As amostras das biópsias renais colhidas foram satisfatórias em 92,2% dos casos.
Abstract: INTRODUCTION: glomerulonephritis still are one of the main causes of Chronic Renal Failure (CRF). The number of cases is increasing, especially in Brazil. There are few data regarding the incidence and prevalence of glomerulonephritis in our country. Glomerular damage results in proteinuria, hematuria, decrease in glomerular filtration rate (GFR), oliguria, anuria and hypertension due to sodium overload. OBJECTIVES: the aim of this study is to determine the clinical, pathological and epidemiological features of the patients with glomerular diseases followed at the General Hospital of Fortaleza. METHODS: the study population consisted of patients with biopsy proven glomerular disease followed at the Nephrology Department of the General Hospital of Fortaleza, Ceará, in the period between February 2010 and July 2011. RESULTS: a total of 168 patients were included. The mean age was 37 ± 14 years. The mean number of glomeruli in each renal biopsy was 20 ± 12. A total of 154 biopsies (92,2%) had at least 8 glomeruli per sample. Half of them were women, 84 patients (50%). The most common clinical presentation at admission was nephrotic syndrome, observed in 113 patients (67,3%). The most prevalent glomerulonephritis were Focal Segmental Glomerulosclerosis (FSGS) (19,6%), Minimal Change Disease (17,9%), Membranous Nephropathy (16,7%), and Lupus Nephritis (11,9%). Primary glomerulopathies were more common, 124 cases (74,7%). A total of 81 patients (68.6%) presented a good response to therapy, and 37 patients (31,4%) did not respond well to treatment. CONCLUSION: FSGS was the most frequent glomerulonephritis in the present study, and nephrotic syndrome was the most common clinical presentation at admission. Renal biopsies had an adequate sample size in 92,2%.
Descrição: QUEIROZ, Anaiara Lucena. Avaliação das glomerulopatias em pacientes acompanhados no serviço de nefrologia do Hospital Geral de Fortaleza. 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6883
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_alqueiroz.pdf1,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.