Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6914
Title in Portuguese: O lugar do nutricionista nos núcleos de apoio à saúde de Fortaleza
Title: The place of the nutritionist in the nuclei of support to health from Fortaleza
Author: Rodrigues, Diana Cris Macedo
Advisor(s): Bosi , Maria Lúcia Magalhães
Keywords: Atenção Primária à Saúde
Pesquisa Qualitativa
Nutricionista
Issue Date: 2012
Citation: RODRIGUES, D. C. M. O lugar do nutricionista nos núcleos de apoio à saúde de Fortaleza. 2012. 225 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: A problemática alimentar e nutricional na contemporaneidade, o perfil epidemiológico e nutricional brasileiro, a assunção da Segurança Alimentar e Nutricional e do Direito Humano à Alimentação Adequada como prioridade de Estado e a necessidade do fortalecimento das ações de atenção nutricional na ESF, como parte essencial do cuidado integral em saúde nas RAS, são os principais fundamentos que justificam a inclusão da área estratégica de alimentação e nutrição na proposta NASF. A inserção do nutricionista nesta proposta intenta contribuir para a qualificação das ações neste âmbito de atenção, mediante a realização de um trabalho interdisciplinar, compartilhando práticas e saberes com as equipes de SF. O objetivo deste estudo foi compreender percepções dos nutricionistas atuantes nos Núcleo de Apoio à Saúde da Família de Fortaleza acerca de sua inserção na Estratégia Saúde da Família. Trata-se de uma investigação orientada pela abordagem qualitativa, ancorada em fundamentos epistemológicos da fenomenologia e hermenêutica. Com o intuito de acessar a produção subjetiva dos nutricionistas utilizamos a entrevista em profundidade, elegendo, na medida do possível, o procedimento não diretivo. A categorização do material empírico nos conduziu a três eixos centrais: 1) Inserção na ESF; 2) Percepções acerca do contexto; 3) O Nutricionista na ESF. Cada eixo foi desdobrado em diferentes dimensões. Os achados revelaram que o NASF configura-se como mais uma oportunidade de emprego surgida, no qual as profissionais tem estruturado seu processo de trabalho assumindo majoritariamente uma prática individualizante e tecnicista, com escassa reflexão acerca de sua atuação. O SUS e a ESF apresentam-se como serviços de saúde restritos para pobres, revelando o quão pouco está disseminada a discussão sobre a política de saúde entre os trabalhadores que a operacionalizam. Nesse contexto, a realização de atividades em âmbito coletivo intentando prevenir doenças é considerada a principal atribuição do NASF. Os achados permitem concluir que o NASF tem organizado seu fazer majoritariamente a partir da assistência direta ao usuário, realizando um trabalho desarticulado da equipe de SF. As interfaces percebidas entre NASF e ESF relacionam-se à prevenção de doenças, sendo quase ausente a menção ao suporte pedagógico às equipes de SF. Industrialização, padronização, desterritorialização do comer, armadilhas da indústria de alimentos na publicidade e incoerências entre modos de vida vendidos pela mídia e as condições de vida de grande parte dos usuários e a epidemia da obesidade são as principais questões alimentares e nutricionais presentes nos territórios assistidos pelas profissionais. Nesse cenário, grande parte das profissionais concebe o lugar do nutricionista na prevenção e tratamento de doenças e agravos relacionados à alimentação, tendo suas ações destinadas à mudança de hábitos alimentares por meio de uma educação nutricional voltada a trocas alimentares destinadas a racionalizar os recursos disponíveis em prol do consumo de alimentos mais saudáveis. Nesse sentido, os achados apontam uma postura alheia das profissionais frente ao ideário do projeto da Reforma Sanitária brasileira e aos princípios das políticas de SAN, apontando as distâncias entre suas atuações e as reais necessidades de saúde da população assistida.
Abstract: The food and nutritional problems in the contemporary world, the epidemiological and nutritional profile in Brazil, the assumption of the Food and Nutritional Security and the Human Right to Adequate Food as a priority of state and the need of strengthening actions of nutritional care in the Strategy of Family Health (FHS) as an essential part of integral health care in the Networks of Health Care, are the main reasons that justify the inclusion of the strategic area of food and nutrition in the Center for Family Health Support (CFHS) proposal. The insertion of the nutritionist in this proposal intends to contribute to the qualification of the actions in this area of care, by conducting an interdisciplinary work, sharing knowledge and practices with teams from Family Health. The aim of this work was to understand perceptions of nutritionists who work in CFHS in Fortaleza concerning its inclusion in the FHS. It is a research oriented by a qualitative approach, grounded on epistemological foundations of phenomenology and hermeneutics. In order to access the subjective production of nutritionists it was used the in-depth interview, choosing to the possible extent, the nondirective procedure. The categorization of the empirical material led us to three central axes: 1) Insertion at FHS, 2) Perceptions about the context, 3) The Nutritionist at Family Health Strategy. Each axis was split into different dimensions. The findings revealed that the CFHS appears as another job opportunity arose, in which professionals have structured their work process taking a largely individualistic and technical practice with little consideration on their performance. The Unique System of Health and FHS present themselves as health services restricted to poor people, revealing how little the discussion on health policy is widespread among the professionals who operate the services. In this context, carrying out activities in a community attempting to prevent diseases is considered the main task of the CFHS. The findings show that the CFHS has organized its doing mostly from direct assistance to the user, carrying out a work disjointed from the Family Health team. Interfaces perceived between the CFHS and FHS relate to disease prevention, being almost absent the mention to the pedagogical support to the Family Health teams. Industrialization, standardization, dispossession of eating, the traps of the food industry in advertising and inconsistencies between lifestyles sold by the media and the living conditions of most users and the epidemic of obesity are major issues present in food and nutrition territories assisted by professionals. In this scenario, most professionals conceive the place of the nutritionist in the prevention and treatment of diseases and disorders related to food, and his actions are dedicated at changing eating habits through a nutrition education focused on food exchanges aiming to rationalize the resources available in favor of consumption healthier foods. Accordingly, the findings indicate the professionals posture against the ideology of the project of Brazilian Health Reform and the principles of Food and Nutritional Safety policies, pointing out the distances between their actions and the current health needs of the population assisted.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6914
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_dcmrodrigues.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.