Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/695
Título: Do analógico ao digital: as transformações na produção dos instantâneos fotográficos do cotidiano
Título em inglês: From the analog to the digital: transformations in the the production of the family snapshots
Autor(es): Araújo, Camila Leite de
Orientador(es): Paula, Silas José de
Palavras-chave: Álbum de Família
Fotografia Analógica
Fotografia Digital
Esfera Pública
Memória
Family Snapshots
Analog Photograph
Digital Photograph
Public Sphere
Memory
Álbuns de Fotografias
Arquivo Fotográfico
Fotografias - Coleções Privadas
Arquivo Familiar
Data do documento: 2010
Citação: Araújo, C. L.; Paula, S. J. (2010)
Resumo: Os álbuns analógicos do cotidiano nos permitem uma memória sobre um passado. Dentro deles guardamos imagens de pessoas queridas e de instantes ritualísticos. As máquinas digitais, por sua vez, possibilitam uma extensa produção fotográfica que resulta em posturas diferenciadas diante da câmera e arquivos digitais extensos. Uma das consequências dessa visualização da existência é o constante registro dos momentos íntimos, ao mesmo tempo, os jovens legitimaram a fotografia digital como sua verdadeira ferramenta de identidade e de comunicação, caracterizando tanto a si, como à imagem contemporânea, pela hibridez e efemeridade. Assim, a contemporaneidade passou a ser caracterizada por imagens heterogêneas e de estilos visuais não classificados tipologicamente. Além disso, com a tecnologia digital surgiram as redes de socialização virtual, como facebook, orkut, fotolog e flickr que ampliaram ainda mais a complexidade deste processo e passaram a expor momentos privados em espaços públicos. Mitchell (1992) trouxe para o discurso científico que lida com imagens e texto a expressão “virada pictórica” (Pictorial Turn), argumentando que as imagens ao nosso redor transformam não só o mundo e as identidades, mas têm um papel cada vez mais importante na construção da realidade social. Isto determina que o instantâneo não deva ser compreendido como mera repetição e reciclagem de modelos passados; mas que precisa lidar com novas questões advindas com o processo contemporâneo de negociação e contestação, da representação dos sentidos e do prazer. Na tentativa de perceber as transformações que os instantâneos contemporâneos sofreram com a passagem do analógico para o digital, e assim compreender as especificidades materiais, estéticas e sociais do ato fotográfico digital e analógico, realizamos uma análise comparativa entre dois álbuns familiares: um analógico e um digital.
Abstract: The analog photo album allows us a memory of a past, within those archives we keep the picture of our beloved ones and the moments that we socially choose to represent us. Digital cameras, on the other side, provide an extensive photographic production which results in differentiated postures before the camera and extensive digital archives. One consequences of this visualization of existence is the constant recording of intimate moments, while the young legitimized digital photography as their tool of identity and communication, both featuring themselves and the contemporary image as transience and hybridity. Therefore, the contemporary is characterized by heterogeneous images with visual styles not classified topologically. Furthermore, with the digital technology arose the social virtual communities like facebook, orkut, fotolog and flickr expanded more the complexity of the process and began to exhibit the private moments in a public space. Mitchell (2005) brought to the scientific discourse which deals with imagery and text, the term “Pictorial Turn”, arguing that the images around us transform not only the world and identities, but have an increasingly important role in the construction of the social reality. This determines that the snapshot should not be understood as a mere repetition and recycling of past models, but has to deal with new issues emerging from contemporary process of negotiation and contestation, representation of the senses and pleasure. In an attempt to understand the transformations that the snapshots suffered from the transition from analog to digital, and thus understand the specific materials, aesthetic and social aspects of digital and analog photographic act, we performed a comparative analysis between two family albums: one analog and one digital.
Descrição: ARAÚJO, Camila Leite de; PAULA, Silas José de. Do analógico ao digital: as transformações na produção dos instantâneos fotográficos do cotidiano. 2010. 146f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, Fortaleza-CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/695
Aparece nas coleções:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_Dis_CLARAUJO.pdf19,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.