Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6966
Título: Vinte anos de suplementação de vitamina A no Ceará : estudo da cobertura, do efeito na morbidade infantil e dos aspectos políticos, nutricionais e socioeconômicos associados
Título em inglês: Twenty years of supplementation of vitamin A in Ceará : study of coverage, the effect on infant morbidity and the political aspects, nutritional and socioeconomic factors associated
Autor(es): Rocha, Hermano Alexandre Lima
Orientador(es): Correia , Luciano Lima
Palavras-chave: Vitamina A
Cobertura de Serviços Públicos de Saúde
Morbidade
Data do documento: 2012
Citação: ROCHA, H. A. L. (2012)
Resumo: Estima-se que a carência de vitamina A atinja atualmente 250 milhões de pré-escolares. Destas, de 250.000 a 500.000 se tornam irreversivelmente cegas, e metade desse número evolui para o óbito nos primeiros 12 meses seguintes, após a perda da visão. A defici-ência de vitamina A ainda é a principal causa de cegueira infantil no mundo. Os efeitos mais divulgados da suplementação de vitamina A são a redução da gravidade de episódios de diar-reia e de infecções de vias aéreas superiores. A redução da mortalidade total em crianças atra-vés da suplementação é identificada em grupos populacionais de extrema pobreza e com alta prevalência de diarreia. A suplementação periódica de vitamina A em crianças é o método recomendado pela Organização Mundial de Saúde para a correção desta deficiência nutricio-nal, e a suplementação com altas doses é efetiva, suprindo a carência por vários meses. Neste trabalho, objetiva-se observar a prevalência da suplementação de vitamina A em cinco perío-dos distintos, entre 1987 e 2007, medindo o impacto que esta suplementação causa na morbi-dade, e, através da série histórica, observar a importância dos programas de suplementação nos níveis de vitamina A populacionais, bem como os fatores socioeconômicos e biológicos que levaram a esta suplementação em cada período e nível nutricional. Os estudos utilizados como base foram do tipo transversal de base populacional, com abrangência estadual, estu-dando uma amostra representativa da população de crianças pré-escolares do Ceará, de cerca de duas mil crianças em cada ano. O estado do Ceará se caracteriza como um dos mais pobres do país. Fez-se análise inicialmente descritiva, seguida por análise bivariada e multivariada. Ao se analisar a prevalência de suplementação no estado do Ceará nos períodos estudados, pode-se observar uma tendência de aumento na distribuição das megadoses, variando de 9,6% a 65,8% de cobertura, porém com flutuações devido a mudanças na política de distribuição de vitamina A. Pode-se observar também que o impacto da suplementação na redução das mor-bidades tem se tornado cada vez menor. Além disso, observa-se que a suplementação pode estar associada com maior frequência de morbidades, mesmo quando esta é corrigida para a alimentação rica em vitamina A (RC 1,8, IC95% [1,204-2,956]). Viu-se que os fatores mais impactantes na adesão a suplementação são os associados a cuidados em saúde e os socioeco-nômicos (RC 1,7, IC95% [1,416-2,274]). Verificou-se diminuição da inequidade na cobertura de vitamina A. Conclui-se que os programas políticos são essenciais para a cobertura, que os cuidados em saúde são os fatores de maior importância para a frequência da suplementação, e que esta tem benefício controverso na redução de morbidade.
Descrição: ROCHA, Hermano Alexandre Lima. Vinte anos de suplementação de vitamina A no Ceará : estudo da cobertura, do efeito na morbidade infantil e dos aspectos políticos, nutricionais e socioeconômicos associados. 2012. 87 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/6966
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_halrocha.pdf1,56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.