Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7051
Título: Gestantes infectadas pelo HIV : análise das condutas utilizadas na prevenção da transmissão vertical do vírus da imunodeficiência humana (HIV) em Fortaleza, Ceará no período de 1999 a 2001
Título em inglês: HIV infected pregnant women : analysis of approaches used in the prevention of vertical transmission of human immunodeficiency virus (HIV) in Fortaleza, Ceará in the period 1999-2001
Autor(es): Cavalcante, Maria do Socorro
Orientador(es): Kerr , Ligia Regina Sansigolo
Coorientador(es): Ramos Junior, Alberto Novaes
Palavras-chave: HIV
Gestantes
Vigilância Epidemiológica
Data do documento: 2003
Citação: CAVALCANTE, M. S. (2003)
Resumo: Nos últimos 20 anos a epidemia da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) vem acometendo de maneira crescente a população de mulheres em todo o mundo. Nesse contexto, a transmissão vertical do HIV surge como um dos desafios para a saúde pública. Vários estudos confirmaram a eficácia da zidovudina na redução da transmissão vertical. No Brasil, desde 1996 iniciaram-se as recomendações para utilização do protocolo do ACTG 076. No Ceará, essas ações foram sistematizadas a partir de 2000 sem, entretanto, serem submetidas à avaliação. O objetivo deste estudo foi identificar gestantes infectadas pelo HIV e analisar as condutas profiláticas utilizadas no período de 1999 a 2001 em Fortaleza, Ceará. A partir do relacionamento de bancos de dados do Laboratório Central de Saúde Pública e do Sistema de Informação de Nascidos Vivos, dados complementares foram obtidos com posterior busca ativa em prontuários. Foram identificadas 138 mulheres infectadas pelo HIV que tiveram seus filhos em maternidades públicas e conveniadas de Fortaleza. A subnotificação encontrada no estudo foi de 70,3% dos casos. Apenas 47,5% das mulheres que frequentaram pré-natal tiveram a oportunidade de realizar de forma correta todas as etapas da profilaxia para a prevenção da transmissão vertical, incluindo as condutas no recém-nascido. Quanto ao enceramento dos casos das 138 crianças nascidas, 37,0% tiveram perda de seguimento. Diante dos resultados, conclui-se que ainda há perdas significantes na realização das condutas profiláticas e um elevado percentual de perda no seguimento das crianças expostas, contribuindo para o desconhecimento da prevalência da transmissão vertical do HIV. Enfatiza-se a necessidade de otimização das ações de vigilância e de intervenção para a implementação dessas ações.
Abstract: In the last 20 years the human immunodeficiency virus (HIV) infection epidemic is presenting all over the world in a growing way the women’s population. In that context, the HIV transmission from mother to infant appears as one of the challenges for the public health. Several studies are confirming the effectiveness of zidovudine in reduction of HIV transmission from mother to infant. In Brazil, since 1996, the recommendations of the ACTG 076 protocol have begun. In Ceara, the actions were systematized starting from 2000 without, however, being submitted to evaluation. The purpose of this study was to identify pregnant women infected by HIV and to analyze different ways to prevent HIV transmission from mother to infant in the period from 1999 to 2001 in Fortaleza, Ceara. In a first stage, from the databases relationship of the Public Health Central Laboratory and from the Newborn Information System with subsequent active search in subject medical records. After these two stages, 138 women infected by HIV that had their children in public maternities of Fortaleza were identified. The sub-notification found in this study was 70.3% of the cases. Only 47.5% of the pregnant women that accomplished prenatal had the opportunity to accomplish in a correct way all of the stages of the prophylaxis for the prevention of HIV transmission from mother to infant, including the conducts in the newborn. As for the closure of the 138 born children’s cases, 37.0% had continuation loss. According to the exposed, we come to the conclusion that there are still losses in the accomplishment of all stages of prophylactic conducts and loss in the exposed child’s following up, damaging the knowledge of the reduction in the HIV transmission. The need of optimization of surveillance and intervention actions is emphasized for the implementation of those actions.
Descrição: CAVALCANTE, Maria do Socorro. Gestantes infectadas pelo HIV : análise das condutas utilizadas na prevenção da transmissão vertical do vírus da imunodeficiência humana (HIV) em Fortaleza, Ceará no período de 1999 a 2001. 2003. 130 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7051
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_mscavalcante.pdf796,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.