Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7055
Título: A demanda de um centro de referência nacional para hanseníase no nordeste brasileiro : por que o excesso de pacientes?
Título em inglês: The demand for a national reference center for leprosy in northeast Brazil : why the excess patients?
Autor(es): Ferreira, Maria Lucy Landim Tavares
Orientador(es): Kerr , Ligia Regina Sansigolo
Palavras-chave: Hanseníase
Atenção Primária à Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Data do documento: 2009
Citação: FERREIRA, M. L. L. T. (2009)
Resumo: Até 2000, o controle da hanseníase no Brasil foi verticalizado. Desde então, o processo de descentralização dessa doença deu início a ações que priorizaram o nível primário de atenção à saúde. Entretanto, a assistência ainda permanece centralizada em algumas unidades de saúde, como o Centro Nacional de Referência em Dermatologia Sanitária D. Libânia (CDERM), em Fortaleza, Ceará. O referido centro responde por 84% da detecção dos casos de hanseníase do Município. O objetivo deste estudo foi investigar os fatores associados à demanda excessiva de casos, em nível secundário de atenção, representado por esse centro de referência. Um estudo transversal foi realizado com 600 usuários, selecionados aleatoriamente nos ambulatórios do CDERM. Foram coletados dados socioeconômicos e demográficos sobre o conhecimento da doença e a percepção dos serviços. Oitenta e dois por cento dos participantes tinham baixa situação socioeconômica, 90% vieram encaminhados por outras unidades de saúde e 87% tinham a forma multibacilar. Sessenta e nove por cento receberam atendimento prévio em outras unidades de saúde, 49% jamais ouviram falar de hanseníase, 24% referiram sentir medo da doença ou terem sofrido discriminação, 39% dos usuários referiram que o atendimento ininterrupto no horário do almoço favorece a permanência no CDERM, 57% e 27%, respectivamente, referiram que a medicação complementar nunca faltou no CDERM e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Sessenta e um por cento consideraram que o compromisso dos profissionais no CDERM foi ótimo, contra 14% nas UBS. Os atores relatados pelos usuários, especialmente logísticos e de qualidade de atendimento e dos profissionais, poderiam explicar a concentração de usuários nesse centro de referência.
Abstract: Until 2000, the Leprosy control in Brazil was a vertically integrated program. After this date, the program was considered a priority for primary care. However, the program remained centralized in some reference centers such as the D. Libânia National Reference Center for Sanitary Dermatology, located in Fortaleza, Ceará, Brazil (CDERM), responsible for 84% of the case detection in this municipality. The goal of this study was to investigate the factors associated with use of these services, and the potential for integration into primary health care. A cross-sectional survey was conducted with 600 users randomly selected in the outpatient clinic of the CDERM with the objective of determining the factors associated with demand for these services. Social, economic and demographic data, knowledge about the disease and perception about the services were collected. Eighty two percent of the participants had low social and economic status, 90% were referred from other health units; 87% had the multibacillary form. Sixty-nine per cent reported previous visits to other health units (HU). Fortynine per cent have never heard about leprosy, 24% reported fear of being discriminated against or suffering discrimination. Complementary medication was never missed for 57% treated in the CDERM and for 27% in other HUs. The commitment of the professionals was considered exemplary by 61% in the CDERM and by 14% in the other HUs. These facts reported by users, especially logistic ones and those related to the quality of the assistance and of the professionals might explain the concentration of users in this reference center.
Descrição: FERREIRA, Maria Lucy Landim Tavares. A demanda de um centro de referência nacional para hanseníase no nordeste brasileiro : por que o excesso de pacientes?. 2009. 113 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7055
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_mlltferreira.pdf5,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.