Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7070
Title in Portuguese: Núcleo de Apoio a Saúde da Família(NASF) como componente do cuidado em saúde mental : perspectivas de profissionais da estratégia saúde da família
Title: Nucleus Support for Family Health (NASF) as a component of mental health care : perspectives of professionals family health strategy
Author: Santos, Roseléia Carneiro Dos
Advisor(s): Bosi , Maria Lúcia Magalhães
Keywords: Atenção Primária à Saúde
Programa Saúde da Família
Saúde Mental
Issue Date: 2012
Citation: SANOS, R. C. dos. Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) como componente do cuidado em saúde mental : perspectivas de profissionais da estratégia saúde da família. 2012. 175 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) tem como objetivo ampliar a abrangência e o escopo das ações da atenção básica no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Em consonância com as atuais mudanças no modelo de atenção à saúde mental defendido pelo SUS e tendo em vista o aumento do número de casos relacionados à temática, a proposta NASF elege a Saúde Mental como uma das áreas estratégicas de atuação do programa. Considerando a necessidade de acompanhar as experiências em curso no cenário nacional, a presente investigação objetivou compreender, sob a perspectiva de uma equipe Saúde da Família (SF), o lugar do NASF no cuidado em saúde mental na atenção básica do município de Fortaleza-CE. Trata-se de uma pesquisa orientada pelo enfoque qualitativo, alinhado à vertente crítico interpretativa, desenvolvida por meio de análise documental, observação livre e entrevistas semi estruturadas, em uma unidade de saúde localizada na Regional III de Fortaleza-CE, englobando todos os trabalhadores de uma das equipes atuantes no serviço. A categorização do material empírico levou a três temas centrais, a saber: A) Compreensões dos profissionais da equipe SF investigada acerca do fenômeno “Saúde Mental”; B) O cuidado em “Saúde Mental” no contexto da atenção básica: a práxis no cotidiano do serviço pesquisado e C) O lugar do NASF no cuidado em “Saúde Mental” na atenção básica. Os resultados apontaram a predominância de uma visão estigmatizada e estereotipada da pessoa com transtorno mental por parte da maioria dos entrevistados, bem como assinalou um processo ainda incipiente de experiências em saúde mental compartilhadas entre profissionais da equipe SF e equipe NASF. Dentre as ações atualmente em curso observamos pouca interação entre os profissionais das referidas equipes, de modo a concluirmos que a reorganização da atenção à saúde, a partir da implantação do NASF, vem enfrentando dificuldades de diversas naturezas no cenário investigado. Apesar disto, reconhece-se que o processo se encontra em andamento, sendo de grande relevância para o fortalecimento das ações de saúde mental do município a garantia da existência de espaços coletivos de discussão, planejamento, pactuação e avaliação dos processos de trabalhos conjuntos, ampliando assim, a capacidade resolutiva das ações de saúde sob responsabilidade da Estratégia Saúde da Família (ESF).
Abstract: The Centers for Family Health Support (CFHS) aims to expand the breadth and the scope of the actions of primary care in the Unified Health System (UHS) in Brazil. Aligned with current changes in the model of mental health care advocated by (UHS) and considering the increasing number of cases related to the topic, the CFHS proposal elects Mental Health as one of the strategic areas of operation of the program. Considering the need to monitor ongoing experiments in the national scenario, this research aimed to understand from the perspective of a Family Health Team (FHT), the place of CFHS concerning the mental health care in primary care in Fortaleza-CE. This research is characterized for having a qualitative approach, aligned to the critical interpretive perspective. It was developed through documentary analysis, observation and semi structured interviews in a health care establishment located in the third region of Fortaleza, covering all staff in one of the in service teams. The categorization of empirical data led to three main themes which are: A) understanding of professionals in a FH team investigated about the phenomenon of "Mental Health"; B) The "Mental Health" care in the context of primary care: the everyday practice in the investigated service and C) The place of (CHFS) in terms of care concerning "Mental Health" in primary care. The results indicate the predominance of a stigmatized and stereotyped vision of the person with a mental disorder by the majority of the respondents. It also marked a process of incipient mental health experiences shared among the professionals of health as well as the staff on the team of FH and CFHS. Among the currently ongoing actions there was little interaction among practitioners of those teams, so we concluded that the reorganization of health care, based on the implementation of CFHS, is facing different kinds of difficulties in the scenario investigated. Nevertheless, it is recognized that the process is already occurring and it is of great importance to the strengthening of the mental health services of the city to guarantee the existence of collective spaces of discussion, planning, pact and evaluation of the process of team work, thus extending the resolution capability in health actions under the responsibility of the Family Health Strategy (FHS).
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7070
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_rcsantos.pdf2,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.