Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7175
Title in Portuguese: Corpografias em dança contemporânea
Author: Gadelha, Rosa Cristina Primo
Advisor(s): Lins, Daniel Soares
Keywords: Corpo
dança
Balé(Dança) - Aspectos sociais
Dança moderna - Aspectos sociais
Issue Date: 2010
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Gadelha, R. C. P.; Lins, D. S. (2010)
Abstract in Portuguese: Esse trabalho de pesquisa tem por objetivo problematizar as relações entre a dança contemporânea e suas corporeidades. Tendo em vista que na dança contemporânea o corpo ocupa um lugar central, notadamente na criação em dança, não sendo nem objeto, nem determinado por um sujeito, mas tornando-se ele mesmo “sujeito de sua dança”, busca-se tomar a noção de “corpo-dançante contemporâneo” em diversas dimensões conceituais. Daí corpografias, como mapas de intensidades, cujos lugares trabalhados pela dança contemporânea se definem como uma tentativa de mostrar outros corpos do corpo. Nesse sentido, a primeira parte do trabalho engendra-se numa base teórica para refletir o corpo na dança contemporânea a partir do conceito de “agenciamento”. A questão será assim direcionada a buscar o lugar particular que ocupa o corpo-dançante no agenciamento contemporâneo. Diferentes razões tomarão o tempo de examinar o corpo-dançante como centro do ato criativo na dança contemporânea. Mais largamente, trata-se de mostrar como pela dança, o corpo pode atingir um estado criativo. A segunda parte, portanto, tem como intuito pensar o corpo-contemporâneo como seu território de criação, como prática do corpo. Na terceira parte, busca-se mostrar como esse corpo-dançante, pelos seus movimentos e qualidades de corpos, perturba a idéia de corpo conhecida habitualmente através das noções de espaço e de tempo. Esse corpo que recusa a organização no organismo, se afirmando como vibração, é analisado enfim na última parte. Aí, Self-Unfinished, trabalho coreográfico de Xavier Le Roy, conduz a uma inversão da imagem do corpo orgânico: perversão da fisionomia, do lugar das coisas, da função dos órgãos, do excesso e do defeito das partes. Trata-se de corpografias traçadas como o contrário da ação, o aspecto ignorado do espaço, o reverso de nossas esperas, o oposto do que deve ser visto. Uma obra coreográfica que desestabiliza a geografia corporal, agitando as lógicas espaciais e ópticas, bem como constituindo um público que se confronta com uma realidade conflituosa, nele se fazendo corpografias em deslocações.
Description: GADELHA, Rosa Cristina Primo. Corpografias em dança contemporânea. 2010. 243f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Sociologia, Fortaleza (CE), 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7175
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGS - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010-TESE-RCPGADELHA.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.