Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7312
Title in Portuguese: Efeito do pré-tratamento com l-alanil glutamina e precondicionamento isquêmico em modelo de isquemia : reperfusão de membros pélvicos em ratos
Title: Effect of the pre-treatment with l-alanyl glutamine and ischemic preconditioning in an ischemia : reperfusion model of hind limbs in rats
Author: Landim, Emanuel Rocha
Advisor(s): Vasconcelos, Paulo Roberto Leitão de
Keywords: Glutamina
Precondicionamento Isquêmico
Traumatismo por Reperfusão
Issue Date: 2008
Citation: LANDIM, Emanuel Rocha. Efeito do pré-tratamento com l-alanil glutamina e precondicionamento isquêmico em modelo de isquemia : reperfusão de membros pélvicos em ratos. 2008. 70 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: No presente trabalho, estudaram-se os efeitos da l-alanil glutamina (Ala-Gln), do precondicionamento isquêmico (PCI) e das duas técnicas concomitantemente sobre a lesão pulmonar provocada por isquemia e reperfusão (I/R) causada por pinçamento da aorta infra-renal em ratos. Foram utilizados 60 ratos machos Wistar, randomizados em cinco grupos (n = 12) divididos em dois tempos (n = 6): Grupo Simulado, Grupo I/R, Grupo PCI + I/R, Grupo Ala-Gln + I/R, Grupo Ala-Gln + PCI + I/R. Tempos: T1 (4h de isquemia) e T2 (4 horas de isquemia e 1h de reperfusão). Todos os grupos receberam solução salina previamente, menos os grupos pré-tratados com Ala-Gln que receberam o dipeptídeo e solução salina em igual volume. Foi utilizado o modelo de pinçamento da aorta infra-renal com 4 horas de isquemia e 1 hora de reperfusão. Determinaram-se as concentrações de mieloperoxidase (MPO) pulmonar, substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e glutationa reduzida (GSH) no sangue e pulmão para avaliar os grupos em estudo. O teste de Kolmogorov-Smirnoff mostrou distribuição normal dos dados. Dados expressos como média acompanhada pelo seu desvio padrão (Média ± DPM) sendo realizado teste t de Student. Para análise comparativa simultânea de três grupos utilizou-se o teste Anova com pós-teste de Tukey. Em todos os casos foi adotado o nível de significância de p<0,05. Houve elevação das concentrações de MPO pulmonar tanto no grupo submetido à isquemia quanto no grupo que realizou a I/R. Ocorreu redução significante das concentrações de MPO pulmonar nos grupos submetidos à isquemia pré-tratados com Ala-Gln e com PCI. Na avaliação dos grupos que sofreram I/R não foi observada alteração nas concentrações de MPO nos grupos pré-tratados Ala-Gln ou PCI. O grupo pré-tratado com as duas técnicas apresentou aumento significante da MPO nos tempos estudados. A Ala-Gln como pré-tratamento isolado reduziu TBARS plasmático na isquemia e o aumentou no pulmão na I/R. Já no pulmão durante isquemia e no plasma na I/R houve redução da GSH. O PCI como pré-tratamento isolado elevou o TBARS pulmonar na I/R e reduziu a GSH pulmonar na I/R. A associação da Ala-Gln e PCI acresceu o TBARS plasmático na isquemia, também o elevando no pulmão e músculo na I/R. Já a GSH, com os dois pré-tratamentos, sofre redução plasmática na isquemia e pulmonar na I/R, com elevação plasmática na I/R. O presente estudo demonstra que tanto o pré-tratamento com Ala-Gln como o PCI protegem contra a lesão isquêmica à distância, em modelo murino de pinçamento da aorta infra-renal quando avaliado MPO pulmonar. O mesmo não ocorre na lesão por I/R. Não há benefício, e sim agravamento de lesão à distância pulmonar, na associação dos dois pré-tratamentos ao mensurar a MPO pulmonar.
Abstract: The present work determined the effects of pre-treatment with L-alanyl glutamine (Ala-Gln) and ischemic preconditioning (IPC), alone and in combination, against lesions caused by I/R by clamping the infrarenal aorta in rats. Sixty Wistar rats were distributed into five groups (n = 12) divided into two times (n = 6): Control, Group I/R, Group IPC + I/R, Group Ala-Gln + I/R, Group Ala-Gln + IPC + I/R. Times: T1 (infrarenal-aorta clamping ischemia-4h); T2 (ischemia-4h plus reperfusion-1h). Pulmonary myeloperoxidase (MPO) and plasma TBARS concentrations were measured. Data expressed as mean ± standard-deviation, analyzed by Student’s t-test and ANOVA/Tukey’s post-test. P-values < 0,05 were considered significant. Increased MPO concentrations in ischemic group and in I/R group occurred as compared to control. Reduction in MPO concentrations happened in ischemic groups pre-treated with either Ala-Gln or IPC. I/R induced no change in MPO concentrations in groups pre-treated with either Ala-Gln or IPC. Pre-treating with the two procedures showed increased MPO at both times studied. Reduction in TBARS concentrations occurred in Ala-Gln pre-treated group, whereas significant elevation was observed when Ala-Gln and IPC were associated in ischemic animals. Ischemia/reperfusion induced elevation of plasma TBARS. Pre-treatment with either Ala-Gln or IPC protects against distant pulmonary lesion due to ischemia. The same did not occur in I/R lesion. Combining the two procedures aggravated inflammation indicated by increased MPO concentrations. Elevated TBARS concentrations in ischemic animals pre-treated with the two procedures indicate increased lipid peroxidation, whereas pre-treatment with Ala-Gln induced decreased TBARS concentrations.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7312
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_erlandim.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.