Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7488
Título: Características do disclosure ambiental de empresas brasileiras potencialmente poluidoras: análise das demonstrações financeiras e dos relatórios de sustentabilidade do período de 2005 a 2007
Autor(es): Rover, Suliani
Borba, José Alonso
Murcia, Fernando Dal Ri
Palavras-chave: Meio Ambiente
Desenvolvimento sustentável
Data do documento: 2009
Citação: ROVER, S.; BORBA, J.A.; MURCIA, F.D.R. (2009)
Resumo: Este artigo objetiva identificar as características do disclosure voluntário ambiental de empresas brasileiras. Para tanto, analisaram-se as Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFPs) e os Relatórios de Sustentabilidade (RS) de 2005 a 2007 de empresas abertas com ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), pertencentes a setores de alto impacto ambiental. As características analisadas, com base na análise de conteúdo, compreendem a classificação de evidência, o tipo de notícia, a referência temporal e a localização da informação. Os resultados demonstram que nos três anos, as 57 empresas da amostra evidenciaram 6.182 sentenças ambientais, sendo 73% divulgadas nos RS e 27% nas DFPs. Enfatiza-se que a maior parte da evidenciação é declarativa, do tipo positiva e com referência temporal não especificada. Conclui-se que a pesquisa corrobora a Teoria da Divulgação Voluntária, uma vez que as empresas divulgaram voluntariamente poucas informações negativas a respeito de suas práticas ambientais.
Abstract: This paper aims to identify characteristics of Brazilian companies’ voluntary environmental disclosure. The research was driven through an analysis of Standardized Financial Statements (Demonstrações Financeiras Padronizadas -DFPs) and Sustainability Reports (Relatórios de Sustentabilidade -RS) from 2005 to 2007. The analyzed group is composed by Brazilian companies whose stocks are listed in Sao Paulo Stock Exchange (Bolsa de Valores de São Paulo- BOVESPA) and belong to the high environmental impact sector. The authors use the qualitative approach of Content Analysis to search and analyze parameters like “type of evidence”, “type of news”, “temporal reference” and “location of the disclosure”. Results show that companies, over the period of analysis, disclosed 6.182 sentences related to environmental questions, 73% of them published in their RS and 27% in their DFPs. It is perceived that the largest part of analyzed disclosure is declarative and positive and doesn’t have specified temporal references. It is concluded that the research corroborates the Voluntary Disclosure Theory, since companies voluntarily did not disclose much negative information about their environmental practices.
Descrição: ROVER, S.; BORBA, J.A.; MURCIA, F.D.R. Características do disclosure ambiental de empresas brasileiras potencialmente poluidoras: análise das demonstrações financeiras e dos relatórios de sustentabilidade do período de 2005 a 2007. Contextus: Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza, v. 7, n. 1, p. 23-36, jan./jun. 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7488
ISSN: 2178-9258
1678-2089
Aparece nas coleções:FEAAC - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_art_srover.pdf298,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.