Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7604
Title in Portuguese: Validação dos resultados de enfermagem estado de deglutição e prevenção da aspiração em pacientes após acidente vascular cerebral
Title: Validate the nursing outcomes related to the state of swallowing and the prevention of aspiration in patients after stroke
Author: Oliveira, Ana Railka de Souza
Advisor(s): Araújo, Thelma Leite de
Keywords: Aspiração Respiratória
Acidente Vascular Cerebral
Estudos de Validação
Issue Date: 2013
Citation: OLIVEIRA, A. R. S. Validação dos resultados de enfermagem estado de deglutição e prevenção da aspiração em pacientes após acidente vascular cerebral. 2013. 254 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Teve-se como proposta construir e validar as definições conceituais e os referentes empíricos dos Resultados de Enfermagem (RE) relacionados ao Estado da deglutição e à Prevenção da aspiração em pacientes após acidente vascular cerebral (AVC). Estudo metodológico, realizado em três etapas: análise de conceito, validação por especialistas e validação clínica. Para a Análise de Conceito, realizou-se Revisão Integrativa, com acesso on-line a seis bases de dados: Pubmed, Cinahl, Scopus, EMBASE, Web of science e Lilacs, bem como dissertações e teses disponibilizadas no site da CAPES e na BDTD. Na busca utilizaram-se os descritores: Deglutition, Deglutition Disorders e Stroke e sua sinonímia em português. Após leitura crítica e aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foram obtidos 29 artigos, cinco dissertações e uma tese. O conceito em estudo inicialmente foi a “Deglutição”, e os atributos críticos: conteúdo oral (alimento, líquido ou saliva); estímulos motor e sensitivo; fase oral, faríngea e esofágica; e transporte da boca até o estômago. Foi elaborado um caso modelo e um caso contrário e identificados antecedentes e consequentes para Deglutição no contexto de pacientes com AVC. Ao final da etapa, foram identificados 14 indicadores para o Estado da deglutição e revisada a sua definição. O conceito de aspiração já havia sido estudado, e não foi ressubmetido à Análise de Conceito. Assim, para o RE Prevenção da aspiração foram identificados seis indicadores e revisados o título e a definição. Ao final da Análise de Conceito, construiu-se um instrumento de avaliação dos dois RE com seus indicadores, definições conceituais e referentes empíricos. Após avaliação por Comitê de Ética em pesquisa, o instrumento foi submetido à apreciação de 14 profissionais. Os dados da apreciação foram compilados no programa Excel e analisados pelo SPSS versão 20.0. A maioria dos juízes era do sexo feminino (85,71%), enfermeiros (92,86%), com tempo de formação de 6,64 anos (±6,72), trabalhavam no Ceará (92,86%). Os especialistas propuseram revisão em todos os indicadores e definições para melhor atender aos critérios da psicometria; agrupamento dos indicadores Produção de saliva e Manutenção do conteúdo oral na boca; exclusão dos indicadores Formação do bolo alimentar, Número de deglutições e Mudança na qualidade da voz, por considerarem que eram possíveis de serem avaliados por outros indicadores, e a elaboração do indicador Utiliza sondas gástricas e enterais de forma adequada. Exceto o último indicador, os demais foram validados clinicamente em 81 pacientes com AVC, os quais eram avaliados por duas duplas de enfermeiros, uma com instrumento com as definições construídas e a outra com instrumento sem definições. As avaliações foram comparadas pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse, teste de Friedman e pela Diferença Mínima Significante. A dupla com definições apresentou concordância total na avaliação dos resultados. Apenas o indicador Refluxo nasal foi avaliado de forma similar pelos dois grupos. A análise de cluster demonstrou agrupamento preferencial dos indicadores do RE Prevenção da aspiração respiratória. Diante desses achados, recomenda-se a continuação do processo de validação destes resultados para confirmar o agrupamento dos seus indicadores, bem como sua validação para condições clínicas diferentes do AVC.
Abstract: The study aimed to build and validate the conceptual definitions and empirical referents of nursing outcomes (NO) related to the State of swallowing and the Prevention of aspiration in patients after stroke. This is a methodological study carried out in three stages: concept analysis, validation by experts and clinical validation. The concept analysis was performed by integrative literature review through online access to six databases: PubMed , CINAHL , Scopus , EMBASE , Web of science and Lilacs, and dissertations and theses available on the website of CAPES and BDTD. The following descriptors were used: deglutition , deglutition disorders and stroke and their synonyms in Portuguese. After a critical reading and the application of inclusion and exclusion criteria, 29 articles, five dissertations and one thesis were obtained. Initially the concept of study was “Swallowing” and its critical attributes: oral content (food, liquid or saliva), motor and sensory stimulation; oral, pharyngeal and esophageal phases; and transport from the mouth to the stomach. A case model and a opposite case were elaborated and antecedents and consequential for swallowing in the context of stroke patients. At the end, 14 indicators were identified for the swallowing state and its definition was reviewed. The concept of aspiration has already been studied and it was not submitted again to the analysis concept. Thus, for the NO Prevention of aspiration, six indicators were identified and their titles and definitions were revised. After the concept analysis, a tool was built with the concepts and empirical references of both NO. After evaluation by the Research Ethics Committee, the tool was submitted to 14 professionals. The date were compiled in the Excel software and analyzed by the SPSS software version 20.0. According to the sample profile: most experts were female (85.71%), nurses (92.86%), graduated in an average of 6.64 years ago (± 6.72), working in Ceará (92.86%). The experts proposed revision for all the indicators and definitions in order to fit the psychometrics criteria, clustering the indicators Saliva production and Maintains food in mouth; exclusion of the indicators Bolus formation, Number of swallows and Changes in voice quality. The changes happened because the experts considered the possibility to evaluated those indicators by other indicators; and the development of the indicator Uses gastric and enteral tube properly. With the exception of the last indicator, the others were clinically validated in 81 patients with stroke, who were evaluated by two pairs of nurses, one with the tool with the definitions built and the other without the definitions. The evaluations were compared by intraclass correlation coefficient, Friedman test and Minimum Significant Difference. The pair of nurses with the definitions presented total agreement on the evaluation of the results. Only the indicator Nasal reflux was evaluated similarly by both groups. The cluster analysis showed preferential grouping of indicators to the NO Prevention of aspiration. Then, it is recommended the continuation of the validation process of these results in order to confirm the grouping of its indicators, as well as its validation for clinical conditions other than stroke.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7604
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tese_arsoliveira.pdf1,92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.