Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7634
Title in Portuguese: Efeito do creme de jambu (acmella oleracea) sobre a função sexual masculina e feminina
Title: Effect of extract of Acmella oleracea on male and female sexual function
Author: Regadas, Rommel Prata
Advisor(s): Silva , Lúcio Flávio Gonzaga
Keywords: Spilanthes oleracea
Disfunção Sexual Fisiológica
Sistema Urogenital
Issue Date: 2008
Citation: REGADAS, Rommel Prata. Efeito do creme de jambu (acmella oleracea) sobre a função sexual masculina e feminina. 2008. 72 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: O Jambu (Spilanthes oleracea ou Spilanthes acmella var oleracea ou Acnella oleracea) é uma planta típica da região norte do Brasil, mais precisamente do Pará. É utilizado na culinária paraense, fazendo parte do prato de peixes como o Tacacá, o Pato no Tucupi. Além da utilização na culinária, tem tido outras aplicações, principalmente como analgésica, anti-inflamatória e antifúngica. Recentemente, tem sido utilizado como estimulante sexual em mulheres. Segundo a cultura popular, o aumento da excitação feminina decorreria de uma atividade contrátil (aumento do peristaltismo) na vulva. Entretanto, nenhum estudo bem conduzido foi publicado na literatura médica para confirmar se isso é realmente verdade. O presente estudo teve como objetivo avaliar se a pomada de Jambu realmente aumenta a excitação e o desejo sexual feminino; se ocasiona algum impacto sobre o desejo e a satisfação sexual masculina e, por fim, observar a sua segurança e tolerabilidade. Dois ensaios clínicos randomizados, cruzados e placebo-controlados, foram realizados ao mesmo tempo: um para avaliar os homens que utilizaram o creme e o placebo e outro para avaliar as mulheres. Vinte e dois casais participaram do estudo. Utilizaram, durante as relações sexuais, o creme de JAMBU e o placebo. Foram avaliados separadamente, por questionários auto-aplicáveis, antes e após a utilização de cada pomada. Os questionários utilizados foram o Índice Internacional de Função Erétil (IIEF) e o Índice de Funcionamento Sexual Feminino (FSFI). A média de idade foi de 43,3 anos para os homens e de 40,5 anos para as mulheres. Verificou-se que, após o tratamento, o desejo e a satisfação sexual mensurados no grupo Jambu foram significantemente maiores que o observado no grupo Placebo, nos homens (P = 0,0008 e P = 0,0006, respectivamente). O desejo e a excitação sexual na mulher mensurados no grupo Jambu também foram significantemente maiores que o observado no grupo Placebo (P = 0,0006 e P = 0,0005, respectivamente). Igualmente, apenas no grupo Jambu, houve um aumento significante sobre o desejo e a satisfação sexual nos homens e sobre o desejo e a excitação nas mulheres, após o tratamento quando comparado aos valores basais (P = 0,0002 e P = 0,0003) e (P = 0,0001 e P = 0,0008, respectivamente). O mesmo não ocorreu com o placebo. Não foi constatada diferença estatisticamente significante em relação à alteração no tempo ejaculatório (P = 0,7768) entre os grupos placebo e Jambu. Também não foi constatada diferença estatisticamente significante em relação à dor ou desconforto após a utilização das pomadas, tanto no grupo masculino quanto no grupo feminino, (P = 0,7728 e P = 1,0000) entre os dois grupos. Conclui-se que o creme de Jambu (Acmella oleracea) aumentou a excitação e o desejo sexual feminino e o desejo e a satisfação sexual masculina durante atividade sexual, quando comparada ao placebo. Não houve alteração no tempo ejaculatório dos pacientes que utilizaram o creme. Os efeitos colaterais foram discretos e cessaram após a sua remoção.
Abstract: The toothache plant (Spilanthes oleracea or Spilanthes acmella oleracea or simply Acmella oleracea) is a well-known herb in Northern Brazil, especially in Pará, where it is referred to as jambu. Though commonly used in the local cuisine in dishes such as tacacá and pato-no-tucupi, it is also widely used to prepare analgesic, antiinflammatory and antifungal medications. Extracts of this plant have recently become popular as a topical sexual stimulant for women. The active substance in the herb, spilanthol, is believed to contract the vulva, but so far no medical study has been published confirming this. In the present randomized, double-blind, placebo-controlled crossover clinical study a cream was prepared from extracts of the toothache plant and tested with regard to its effect on female sexual desire and excitation and male sexual desire and satisfaction and ejaculation time, along with safety and tolerability. Twenty-two blinded couples used cream with and without extract of A. oleracea during two periods of 4 weeks. The participants were aged 43.3 years (men) and 40.5 years (women) on the average and were evaluated individually using self-reported questionnaires (the International Index of Erectile Function and The Female Sexual Function Index) before and after the use of each cream. Compared to placebo, male sexual desire and satisfaction (p=0.0008 and p=0.0006, respectively) and female sexual desire and excitation (p=0.0006 and p=0.0005, respectively) were significantly greater when couples were using the extract. Likewise, male sexual desire and satisfaction (p=0.0002 and p=0.0003, respectively) and female sexual desire and excitation (p=0.0001 and p=0.0008, respectively) only increased in relation to baseline values when couples were using extract. No significant differences were observed between extract and placebo with regard to ejaculation time (p=0.7768), nor with regard to pain and discomfort after intercourse, as reported by both genders (p=0.7728 and p=1.0000, respectively). It may be concluded that cream prepared from extracts of the toothache plant increased female sexual desire and excitation and male sexual desire and satisfaction during intercourse compared to placebo and baseline, without affecting ejaculation time. Side effects were negligible and subsided after completion of treatment.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7634
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCIR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_rpregadas.pdf396,66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.