Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7796
Título: Avaliação clínica e funcional no pré e pós-operatório de pacientes portadoras de defecação obstruída por retocele e prolapso mucoso retal, submetidas ao procedimento “trrems”
Título em inglês: Clinical and functional evaluation at the pre- and post operation of patients with obstructed defecation syndrome by rectocele and mucosa prolapsed treated by TRREMS procedure
Autor(es): Leal, Vilmar Moura
Orientador(es): Regadas, Francisco Sérgio Pinheiro
Palavras-chave: Constipação Intestinal
Retocele
Data do documento: 2009
Citação: LEAL, V. M. (2009)
Resumo: Síndrome de Defecação Obstruída (SDO) pode ser produzida por alteração funcional (anismus) ou por alterações anatômicas, especialmente retocele e prolapso mucoso retal. Várias técnicas cirúrgicas vêm sendo utilizadas no tratamento da retocele, com vias de acesso transvaginal, perineal ou transanal, aquelas mais utilizadas por ginecologistas e a transanal por coloproctologistas, isto em função das pacientes recorrerem a especialistas diferentes, dependendo da predominância dos sintomas, sendo apresentados resultados semelhantes. O objetivo deste estudo foi avaliar os resultados do tratamento cirúrgico de pacientes portadoras de SDO por retocele e prolapso mucoso retal, submetidas à ressecção transanal da retocele e mucosectomia com um grampeador (procedimento “TRREMS”. Foram avaliadas 35 pacientes, sendo uma nulípara e as demais multíparas, com idade média de 47,5 ±10,83 anos (31 – 67), portadoras de retocele e prolapso mucoso retal interno, sendo 13 (37,10%) com grau II e 22 (62,90%) com grau III. Os parâmetros avaliados foram os escores de defecação obstruída e de constipação, o índice funcional para continência assim como a avaliação da dor, satisfação com o resultado e com a função sexual e realização de defecografia no pré e no pós-operatório. O escore médio de SDO de 10,63 no pré-operatório reduziu significativamente para 2,91 no pós-operatório (p = 0,000). O escore médio de constipação de 15,23 no pré-operatório reduziu significativamente para 4,46 no pós-operatório (p = 0,000). O índice funcional médio para continência, de 2,77 no pré-operatório reduziu significativamente para 1,71 no pós-operatório (p = 0,000). A dor no primeiro dia pós-operatório, avaliada através da escala visual analógica (EVA) apresentou valor médio de 5,23 reduzindo para 1,20 no oitavo dia (p = 0,000). A satisfação com o resultado do tratamento, avaliada também através da EVA, ao final do primeiro mês foi 79,97, no terceiro 86,54, no sexto 87,65 e no décimo segundo 88,06. Também se obteve elevação significativa, entre os valores médios de 42,91 no pré-operatório e 70,41 no sexto mês de pós-operatório, para a satisfação sexual avaliada através da EVA (p = 0,000). A defecografia demonstrou redução significativa do tamanho médio da retocele de 19,23 mm ± 8,84 (3 – 42) para 6,68 mm ± 3,65 (0 – 17) na fase de repouso e de 34,89 mm ± 12,30 (20 – 70) para 10,94 mm ± 5,97 (0 – 25) na fase evacuatória quando comparado o pré com o pós-operatório (p = 0,000) (P=0,000) respectivamente. Procedimento “TRREMS” é uma técnica segura, eficiente e produziu resultados anatômicos e funcionais satisfatórios e níveis reduzidos de complicações pós-operatórias.
Abstract: Obstructed defecation syndrome (ODS) can be induced by functional changes (anismus) or anatomical abnormalities, especially rectocele and rectal mucosal prolapse (RMP). Several surgical techniques with transvaginal, perineal or transanal access have been used in the treatment of rectocele. The first two are more commonly used by gynecologists, the last one is favored by proctologists. Depending on the prevalence of symptoms, patients may go to either specialist with the same result. The objective of the present study was to make a clinical and functional evaluation of patients submitted to the TRREMS procedure (transanal repair of rectocele and rectal mucosectomy with a single circular stapler) as treatment for ODS caused by rectocele and RMP. The study included 35 female patients (34 of whom multiparous) aged 47.5±10.83 years (31–67) diagnosed with ODS caused by RMP-associated rectocele grade II (n=13; 37.1%) or grade III (n=22; 62.9%). The study parameters included SDO and constipation scores, functional continence index, sexual function and treatment outcome satisfaction and pre- and postoperative defecographic measures. The average preoperative ODS score (10.63) was significantly reduced after surgery (2.91) (p=0.000). The average constipation score fell from 15.23 to 4.46 (p=0.000). The average functional continence score decreased from 2.77 to 1.71 (p=0.000). Between the first and the eighth postoperative day, the average visual analog scale pain score fell from 5.23 to 1.20 (p=0.000). Using the same scale, satisfaction with the treatment outcome was 79.97, 86.54, 87.65 and 88.06 at 1, 3, 6 and 12 months, respectively, and the average sexual function satisfaction was 42.91 (19–70) and 70.41 (39–97) before and after surgery, respectively (p=0.000). On defecography, average reductions in rectocele size were from 19.23±8.84 mm (3–42) to 6.68±3.65 mm (0–17) at rest and from 34.89±12.30 mm (20–70) to 10.94±5.97 mm (0–25) during evacuation (both p=0.000). The TRREMS procedure is a safe, efficient technique associated with satisfactory anatomical and functional results and reduced levels of postoperative pain and complications.
Descrição: LEAL, Vilmar Moura. Avaliação clínica e funcional no pré e pós-operatório de pacientes portadoras de defecação obstruída por retocele e prolapso mucoso retal, submetidas ao procedimento “trrems”. 2009. 81 f. Tese (Doutorado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7796
Aparece nas coleções:DCIR - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_vmleal.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.