Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7990
Title in Portuguese: Validação do modelo mesoscópico de tráfego do SCOOT para o desenvolvimento de redes viárias urbanas microssimuladas
Title: Validation of the mesoscopic traffic model of SCCOT to support the development of urban traffic microsimulation models
Author: Aquino, Eduardo Araújo de
Advisor(s): Castro Neto, Manoel Mendonça de
Keywords: Transportes
Trânsito urbano
Engenharia de tráfego
Métodos de simulação
Issue Date: 28-Aug-2012
Citation: AQUINO, E. A. Validação do modelo mesoscópico de tráfego do SCOOT para o desenvolvimento de redes viárias urbanas microssimuladas. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Um das maiores dificuldades na construção de redes viárias urbanas microssimuladas reside na coleta dos dados de tráfego para as fases de calibração e validação. Porém, a cidade de Fortaleza dispõe de uma importante ferramenta de mesossimulação que, além de controlar o tráfego urbano em tempo real, estima indicadores de tráfego: sistema SCOOT – Split Cycle Offset Optmisation Technique. Este sistema, implantado em várias cidades do mundo, controla e modela o tráfego na região mais adensada da área urbana de Fortaleza, baseando-se na coleta contínua de ocupação veicular sobre os seus mais de 900 laços detectores espalhados pela cidade. No entanto, por se tratar de valores simulados, carecem de verificação antes de serem utilizados. O objetivo geral deste trabalho é desenvolver e implementar uma metodologia para validação do modelo de simulação mesoscópica do SCOOT, tendo em vista o uso de seus dados no desenvolvimento de modelos de microssimulação do tráfego, tendo como estudo de caso o sistema em operação em Fortaleza. Por meio de experimentos, foram investigados os efeitos de dois fatores no erro de estimação: a calibração do parâmetro SATO e o tempo de percurso médio entre o laço detector e a faixa de retenção. Os resultados mostram que estes dois fatores afetam a qualidade da modelagem das variáveis volume, atraso veicular e número de paradas. Os resultados desta pesquisa contribuem no sentido de oferecer uma metodologia de validação que permita um melhor uso dos dados fornecidos pelo SCOOT.
Abstract: One of the main difficulties in the development of urban traffic microsimulation models is the collection of traffic data for calibration and validation. However, the city of Fortaleza has an important mesosimulation tool that, in addition to controlling urban traffic in real time, estimates traffic variables: the well-known SCOOT system. This system, implemented in cities around the world, controls and estimates traffic in the densest urban area of Fortaleza, based on the continuous detection of vehicle occupation on its more than 900 detectors spread throughout the city. However, because these data are simulated, they require validation before being used. The main aim of this work was to develop and implement a methodology to validate the mesoscopic simulation model of SCOOT, so its data can be used in the development of traffic microsimulation models, having as a case-study the system operating in Fortaleza. Based on experiments, the effects of two factors in the estimation error were investigated: the calibration of the parameter SATO, and the average travel time between the loop detector and the stop-bar. The results show that these two factors affect the quality of the prediction of volume, delay and number of vehicle-stops. These results contribute with a validation methodology that allows a better use of the data provided by SCOOT.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7990
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DET - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_eaaquino.pdf5,38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.