Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8137
Title in Portuguese: Contribuição de isótopos ambientais na identificação de interação água subterrânea/água superficial na Bacia Hidrográfica do Rio da Prata/MA
Author: Barros, João Filomeno
Advisor(s): Santiago, Maria Marlúcia Freitas
Keywords: Física da matéria condensada
Oxigênio-18 e deutério
Águas subterrâneas
Bacias hidrográficas
Oxigênio-18 e deutério
Issue Date: 2013
Citation: BARROS, J. F. Contribuição de isótopos ambientais na identificação de interação água subterrânea/água superficial na Bacia Hidrográfica do Rio da Prata - MA. 2013. 115 f. Tese (Doutorado em Física) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: Os isótopos ambientais oxigênio-18 e deutério, excelentes traçadores das águas, foram utilizados como ferramentas na identificação de interação água subterrânea/água superficial na Bacia Hidrográfica do Rio da Prata - Maranhão. Estes isótopos guardam o efeito de processos físicos, como evaporação, podendo ser utilizados para identificar a origem das águas subterrâneas. Foram georreferenciados 19 pontos distribuídos na Bacia Hidrográfica do Rio da Prata, 02 no lago, 02 nascentes, 14 poços tubulares e uma cacimba, para coleta de amostras no período seco e no período chuvoso e análise isotópica e hidroquímica; também foram coletadas e analisadas isotopicamente águas de chuva da bacia hidrográfica. Com a análise dos isótopos, oxigênio-18 e deutério, nas chuvas foi determinada a Reta Meteórica Local δD = 7,8 δ18O + 9,4 (‰ VSMOW). As águas das nascentes mostram a composição isotópica média igual à das águas das chuvas mais intensas (δ18O = -3,46‰ ) e as do lago apresentaram os valores mais altos por efeito do processo de evaporação. As águas amostradas nos poços tiveram as mais largas faixas de valores nas duas coletas; observou-se que a maioria dos valores apresentou-se na faixa das chuvas mais intensas em 2012, ou seja, o sistema aquífero por eles explotado é recarregado por este tipo de chuva. Foram medidos também os parâmetros condutividade elétrica e pH e feitas medidas químicas dos íons maiores. Os valores da condutividade elétrica mostram dois grupos de poços, 11 poços com médias de 68 ± 33 (µS/cm) e 04 poços, (P3, P10, P11 e P12) com valores numa faixa muito superior, com média de 278 ± 65 (μS/cm). A área está situada em região costeira, mas não foi encontrada intrusão salina pela água do mar.
Abstract: The environmental isotopes oxygen - 18 and deuterium, excellent tracers for water , were used as a tool to identify the interaction of groundwater/surface water in the basin Hydrographic of the Rio da Prata - Maranhão. These isotopes retain the effect of physical processes such as evaporation, and may be used to identify the source of the groundwater. Were georeferenced 19 points distributed in the Watershed of the Ri o da P rata , 02 in the lake, 02 spri ngs, 14 drilled wells and one dug well to collect samples in the dry season and in the rainy season and for isotopic analysis and hydrochemistry; were also collected and analyzed isotopically rainwater, co llected in the area of the river basin. With the analysis of isotopes oxygen - 18 and deuterium in rainfall, it was determined the local meteoric water line δ D = 7.8 δ 18O + 9.4 (‰ VSMOW). The spring waters have average isotopic composition of the more intense rainfall ( δ 18 O = - 3.46 ‰) and lake ́ waters have higher values due to the effect of the evaporation process. Sampled from the wells have the widest ranges of values in both sampling campaigns , it is observed that most of the values are in the range of the most intense rains in 2012; in other words , the aquifer system exploited is recharged by this type of rain. It was identified surface/groundwater interaction only in the samples of one well. We also measured the parameters electrical conductivity and the pH and analyzed the major ions. The values of e lectrical conductivity show two groups of wells, 11 wells with an average of 68 ± 33 (μS/cm) and 04 wells (P3, P10, P11 and P12) with much higher values, averaging 278 ± 65 (μS/cm). The area is in the coastal region , but no saline intrusion by seawater was detected
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8137
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DFI - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tese_jfbarros.pdf2,38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.